Guias de Viagem e Arte

 
 
dez 10 2009

Barcelona – uma introdução (bem) pessoal à cidade

Barcelona é uma mistura louca de Espanha com o resto do mundo. Uma cidade cosmopolita. Mas não a típica cidade que se espera encontrar quando se resolve conhecer o espírito espanhol.É como quando um estrangeiro chega a Curitiba, pretendendo ver tudo aquilo que sonha de Brasil. Um pouco frustrante, porque a cidade não obedece esta lógica da brasilidade, o mesmo acontece com Barcelona.

Por isso em uma primeira viagem à Espanha, acho meio estranho apenas incluir a capital catalã. O pessoal fala um castelhano com sotaque próprio, influência do segundo idioma oficial: o catalão. Que aos ouvidos brasileiros, soa como uma mistura de francês, italiano e até de português. Não é muito fácil encontrar um bar com flamenco, e o ambiente é mais formal, até me arriscaria a dizer menos latino.

Cartazes em catalão

Aqui um parenteses. Apesar da Espanha ser um país relativamente pequeno, cada comunidade autônoma é um mundo à parte. Na Idade Média eram reinos separados, que historicamente foram se reunindo por tratados e guerras, mas que levaram consigo estas particularidades, que fazem com que viajar pelo país  pareça com uma viagem dentro da outra.

E é assim com Barcelona, a cidade que soube aproveitar como poucas as oportunidades de sediar uma Olímpiada. Até aquele momento, a cidade nem sequer era turística, e atualmente é uma das mais visitadas! Uma das poucas cidades, onde o escritório de informação turística funciona todos os dias, faça chuva ou faça sol, e sabe que mais? Realmente ajuda ao viajante. O maior deles está na cêntrica Praça de Catalunya, na parte debaixo, assim como o metrô. Lugar para reservar hotéis, espetáculos, passeios, e comprar souvenirs e livros sobre a cidade e Catalunha. Vale a visita!

Olha minha pinta saindo de um congresso em 2003. Ao fundo a Praça Catalunha.

A cidade em certos aspectos parece um pouco plastificada, sei lá, demasiado pensada como se não houvesse espaço para o acaso … Mas esta é uma opinião pessoal, e nem por isso deixo de ir a cidade sempre que posso. É uma cidade deliciosa, até porque também carrega muitas verdades, e uma delas é inegável – é a capital do modernismo espanhol. Lugar de um homem que revolucionou a forma de se “fazer” arquitetura. Que criou algo que mais parece um sonho de arquitetura. Que nos faz lembrar daqueles tempos quando sentávamos frente ao mar para construir castelos de areia, com formas arredondadas e tão parecidas a este mundo ôrganico e vivo que nos rodeia.No próximo post, a obra inacabada deste gênio!

Marca de jóias catalã

Nas Ramblas del Mar

 

O que fazer em Barcelona - Guia (ebook)
fotos: turomaquia_2003_2008_2009

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

4 Comentários

  1. Carol Wieser

    Tenho muita vontade de conhecer Barcelona. Acho que eu gosto de lugares que fogem um pouco dos parâmetros locais…Beijos

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Carol, você que trabalha com design vai enlouquecer na cidade!Beijos

    responder
  3. Alessandra Mosquera

    Barcelona é linda. Na minha opiniao, é a cidade mais bonita da Espanha. Apesar que, como você disse, nao é Espanha de jeito nenhum; é completamente diferente de tudo. É andar na rua e dar de cara com uma obra de arte. É uma cidade cheia de cores. Nao tem nada a ver com o resto, mesmo. Ah sim, a primeira vez que vim a Espanha foi em 2001 e eu comecei justo por Barcelona, hahaha, mas depois fiz outras cidades de trenzao, fui de norte a sul. Saudades daquela época. Amo Barcelona, apesar de tudo (nao sei porque, mas sempre que vou ali me acontece algo ruim).

    responder
  4. Patricia de Camargo

    De acordo em gênero e grau contigo, perfeita descrição.Ui xô e nada de coisas ruins!!!Beijos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Publiquei a última parte do guia de leitura desse mês. Lembre que nosso bate-papo sobre ele vai rolar no dia 27 de fevereiro às 19:30 horas no YouTube - Patricia de Camargo. Ah, é o guia vc encontra no www.turomaquia.com 🤓

#lendoarte #seurat #nationalgalleryoflondon #pontilhismo #historiadaarte #artemoderna #issoearte
  • Sentados no chão do café da Galeria degli Uffizi tomando um aperol spritz após a visita. E você acha que a gente tá com cara de infeliz?! 😂😂 Esse é um baita museu, mas que tem um café minúsculo, então não tivemos muita alternativa e estávamos mortos depois de 6 horas entre obras 🤷🏽‍♀️ Qual foi o café ou restaurante que você mais curtiu dentro de um museu?

#galeriadegliuffizi #firenzelovers #artmuseum #museu #italyart
  • Mostro pouco minha cidade por aqui. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é resolver essa pendência 🥳 
#laspalmasdegrancanaria #vegueta #grancanarialovers🖤 #canaryislands
  • Dica Londres: vai para a cidade até 15 de março? Visite a exposição temporária de Dora Maar no Tate Modern. ⁣
⁣
Está simplesmente maravilhosa. Perfeita para você entender como ela passou de atuar como fotógrafa para grandes revistas de moda a ser uma dos bastiões do surrealismo. É claro que falam da sua relação com o Picasso, mas fiquei sabendo lá que ela além de fotografar todo o processo de desenvolvimento do Guernica, também deu algumas pinceladas no quadro e que Picasso se inspirou em uma de suas obras para colocar aquela lâmpada olho no quadro que virou símbolo da luta contra a guerra.⁣
⁣
Para entrar na coleção do Tate você não paga nada, mas as exposições temporárias são pagas. Essa custa 13 libras e vale cada centavo! Evite os finais de semana quando os londrinos também vão em massa ao museu.⁣
⁣
#doramaar #tatemodern #londresmuseu #oqueveremlondres #exposiçoesquevalemapena #artemoderna #historiadaarte #surrealismo
  • Dica de Londres: Sky Garden - Vista bacanuda e gratuita. Numa cidade em que a maioria dos mirantes são caros, é quase uma dádiva ;) ⁣
⁣
O Sky Garden fica na City of London e para subir basta com reservar pelo site: https://skygarden.london/booking ⁣
⁣
Como tem uma varanda aberta, no inverno faz frio lá em cima, por isso vá preparada(o)!⁣
⁣
Hoje por exemplo, dia 03/02 já estão abertas as reservas até 1/03. Lá em cima dá para comer alguma coisa, beber um drink. Abre de segunda a sexta das 10:00 às 18:00 horas. Nos finais de semana e feriados, das 11:00 às 21:00 horas.⁣
⁣
#skygardenlondon #mirantelondres #londresdesdecima #londonlovers #londonviews
  • Dica de Londres: na real essa dica quem me deu foi a clarissa do @dondeandoporlondres. Estava fazendo umas pesquisas em Londres e ela me disse que devia ir a Guildhall Art Gallery. Sai do Sky Garden e fui caminhando até o centro administrativo da City of London. O lugar em si já tem uma atmosfera difícil de explicar. Mas vamos lá, você vem andando entre arranha-céus, passa por edifícios neoclássicos da Justiça e de repente entra numa espécie de praça com um chão lindo e edifícios que te abraçam na sua escala. Ou seja, são grandes, mas depois de passar pela selva de pedra, parecem casas, se é que você me entende ;)⁣
⁣
Como todos os grandes museus londrinos, a entrada é gratuita. Exceto, quando abriga exposições temporárias. Primeira surpresa: os restos arqueológicos da cidade romana: Londinium, construída no século 1 d.C. e que chegou a ter entre 20.000 e 30.000 habitantes. No subsolo do Guidhall Art Gallery poderá ver alguns dos restos arqueológicos numa montagem prá lá de didática.⁣
⁣
As salas da galeria abrigam pintura vitoriana, ou seja, produzida entre 1837 e 1901, durante o reinado da Rainha Vitória. São vários estilos, pois essa denominação é temporal. As pinturas estão divididas por tema que te mostram como era a sociedade da época. ⁣
⁣
Assisti parte de um tour gratuito e se você tem um inglês intermediário, acho que valeria a pena dar uma olhada se no horário da sua visita não tem nenhum acontecendo. ⁣
⁣
Uma das peças-estrela do museu é "La Ghirlandata", pintura pré-rafaelita de Dante Gabriel Rossetti. Mas que infelizmente está sendo restaurada nesse momento. Mas mesmo assim, vale a pena a visita. Calcule entre 30 minutos e 1 hora para a visita. ⁣
⁣
#guidhallartgallery #londonmuseum #londonlovers #prerafaelita #pinturavitoriana #artlondon

Follow Me!