Guias de Viagem e Arte

 
 
set 14 2010

Bistrô com nome e sobrenome em Curitiba – Sel et Sucre

Conversando com os amigos, foi unânime a indicação do Bistrô Sel et Sucre. Numa bela quinta-feira pós feriadão me mandei com uma amiga de longa data para o descolado e simpático local.
Bistrô Sel et Sucre - Curitiba
De cara já gostei era bonito e estiloso sem ser presunçoso, e o atendimento nota 1000. O espaço é justo, mas cheio de charme, repleto de detalhes. Como os pequenos vasinhos com dois cravos em cada mesa.
Bistrô Sel et Sucre - Curitiba
O menu com entrada, prato principal e sobremesa custa R$ 36,00R$ 59,60. Há umas seis opções de entradas,  sete de pratos principais, sem contar a possibilidade do filé mignon grelhado com muitas opções de  molhos e acompanhamentos. Confesso que não memorizei as sobremesas, porque há muito tempo o doce já não é meu ponto fraco. A bebida é paga à parte, fui de limonada suiça.
Bistrô Sel et Sucre - Curitiba
Bistrô Sel et Sucre - Curitiba
A entrada de folhas verdes com crocante de queijo com molho de mostarda, e um canudinho de massa folhada bem fininha recheado com queijo de cabra, estava muito boa. Já o prato principal estava dos deuses. Entre as diferentes opções, escolhi um dos carros-chefe, o boeuf bourguignon. Uma receita tradicional francesa que a chef Kika Mauder, que estudou no Instituto Paul Bocuse deu uma repaginada. Não me arrependi, a carne estava divina e estava servida em cima de um molho de agrião, com batatinhas, cenoura e cebola de acompanhamento.

Bistrô Sel et Sucre - Curitiba

Bistrô Sel et Sucre - Curitiba
Bistrô Sel et Sucre - Curitiba

A sobremesa era um macarron gigante, que me lembrava mais um brownie acompanhado de leite condensado e morango. Eu que não sou muito fã do creme brulée, provei a sobremesa da Márcia e tive uma revelação naquele exato momento – não é que eu não gostava da tal sobremesa francesa, é que não havia provado um verdadeiro e leve brulée.

Bem, nem preciso falar que adorei e que é uma excelente opção para comer comida de chef a bom preço em Curitiba. Para os que curtem pato, existe um menu com o dito cujo, que sai por R$ 45,00R$ 59,60 (atualizado janeiro/2014). Além disso, o bistrô vende pratos sob encomenda como caneloni de pupunha, tomates frescos e manjericão por R$ 60,00 ou o filet de peixe assado em crosta de pistache e castanhas com molho champagne e legumes crocantes por R$ 80,00, ambos pratos servem 4 pessoas. Sem contar os macarrons e outras delícias vendidas a pronta-entrega.
Bistrô Sel et Sucre - Curitiba
Bistrô Sel et Sucre - Curitiba

Informação prática:
Endereço: Al. Presidente Taunay, 396 – Batel
Tel.: (0xx41) 3077-6647
Aceita cartão de crédito
Abre das 11:00 às 18:30 horas
Site: http://www.seletsucre.com.br/

fotos: turomaquia_2010 y Marcia Nambu

8 Comentários

  1. Simone

    huuum, que dica saborosa e local charmoso! Vou ver se passo lá um dia desses, tá anotado aqui. Ironia total: alguém que está morando atualmente na Espanha me dando dica de restaurante aqui em Curitiba! ;-)Nossa, olhando os últimos posts… sua visita aqui está sendo bem gastronômica! =D Casa Di Bel é ótima mesmo e a empada do Caruso também, embora tenha dúvidas sobre ser a melhor, pois tem as da "Empada Brasil" que são maravilhosas tb! (carne seca com catupiry #ficaadica)Ah! E lá no centro agora tem o Taishô Express, que além da boa comida tem uma decoração e QUADROS muito bacanas nos 2 andares! (eu e meu marido que criamos, hehehe 😉

    responder
  2. Felipe

    Nossa,essas fotos me deram água na boca !E o lugar é realmente maravilhoso.Ah,já comi pato ,adorei ,muito bom mesmo.Abraços

    responder
  3. Clarissa Comim

    Em novembro vou estar em Curitiba novamente e com certeza vou experimentar esse restaurante! Adorei tudooo!

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Simone, eu estava lendo sobre o Empanada Brasil, mas desta viagem ñ vou conseguir provar. Os posts da Casa di Bel e do Caruso eu fiz na viagem anterior.Já anotei o Taisho Express para a próxima vinda à cidade.Felipe que legal que temos um depoimento deste prato!!!Clarissa, ainda vou postar mais algumas dicas!Beijos

    responder
  5. Anonymous

    Não sei quase nada de Curitiba, mas eu lembro que Ricardo Freire em um dos artigos falou sobre a cidade. Eu acho que era algo assim que era uma cidade muito civilizada, culta, tranquila. Eu não sei se esse lugar, mas as fotos da cidade me lembro do texto de Ricardo.Delicioso jantar…uuhhmmm!Carmen

    responder
  6. Luisa

    Jà vi que a proxima vez que for pra Curitiba, vou passar meus dias comendo! Um monte de novidade boa para experimentar e os classicos pra matar saudades… Dureza… 🙂 Bjs

    responder
  7. Roberto

    Simplesmente divino, elegante e comida requintada, preparada como verdadeiras obra de arte.Parabéns!

    responder
  8. Patricia de Camargo

    Estou indo para Curitiba em março e espero postar mais novidades sobre a cidade!beijos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Pessoas, pessoas, pessoas ... mesmo num mundo polarizado, são os encontros que marcam nossa existência, enfim que nos fazem felizes. Hoje graças a minha amiga Leidinara do @curitidoce conheci a Kitsten do @travelandabroad que me fez essa foto, que revela como eu sou em dias em que os encontros deixam minha alma leve, leve ... Brigaduuuu Kitsten e Lola 🥰

#fotografamadrid #madri #museoreinasofia #photoshoot #hapiness
  • Olha a quantidade de pássaros no lago do  Parque del Retiro 😱

O clima está meio maluco. Choveu, fez sol, frio, nem tanto, tá parecendo Curitiba 😂

#parquedelretiromadrid #madridlovers❤️ #roteiromadri
  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes

Follow Me!