Guias de Viagem e Arte

 
 
fev 18 2010

Hotel Sana Rex – Lisboa

Hotel Lisboa


Reserva:
realizada por Internet diretamente no site do hotel. Oferecem preços bastante atraentes, e bem menores daqueles praticados no balcão. O pagamento se realiza no check-out, apesar da introdução dos dados do cartão de crédito, que apenas garantem a reserva.

Localização: um pouco longe do burburinho da cidade. À noite, é tudo meio morto nos arredores do hotel, sem muitas possibilidades de locais para jantar ou tomar algo. A partir da Praça Marquês de Pombal é necessário subir uma encosta durinha, principalmente quando se está com uma mala ou depois de um dia inteiro caminhando. Está ao lado do El Corte Inglês, do Parque Eduardo VII e do Museu Gulbenkian.

Na hora “H”: a recepção era correta, e nos ajudou a conseguir outra diária ao mesmo preço de Internet já que por um lapso na hora de reservar esqueci de uma noite! Já o pessoal que trabalhava no café da manhã era muito amável e prestativo.

Quarto: eu sofro de claustrofobia, e o quarto para mim era muito pequeno. O viajante que leva uma mala grande não terá espaço de abri-la entre a cama e a parede. O banheiro seguia o mesmo padrão de tamanho. E certos detalhes como colocar uma proteção de vidro na banheira ao invés de uma cortininha de plástico fariam toda a diferença. Eu acho meio nojentas estas cortinas de plástico. O mais legal do quarto era a sacada para o Parque Eduardo VII, da qual podíamos vislumbrar a gigantesca árvore de natal lisboeta. O secador de cabelo do banheiro era potente e funcionava bem.

Hotel Lisboa

Hotel Lisboa

Hotel Lisboa

Ambiente: muitas famílias, pelo que imagino que haviam quartos maiores. O local onde está o hotel é super tranquilo, não se escuta nada pela noite.

Internet: wi-fi paga, uma pena. Se podia pagar por hora ou pelo dia inteiro.

Café da manhã: era farto, com um pão mais gostoso do que o outro. Na parte dos quentes, tinhamos batatas, salchichas, ovos mexidos. Em dois dias havia um bolinho de batata delicioso. Vários frios, manteiga com e sem sal, iogurtes, cereais, bolos. A única decepção, os sucos artificiais. Nem o de laranja era natural.

Preço: por internet conseguimos três diárias a 53 euros e duas a 63 euros por um quarto duplo com café-da-manhã.

No final das contas: um hotel 3 estrelas que funciona bem para viagens em que você não estará muito tempo no quarto, e for se locomover de metrô ou taxi. De qualquer maneira para chegar até a boca do metrô você deverá descer uma rua com forte pendente e na volta subir a tal da encostinha! Ideal para quem deseja tranquilidade no entorno do hotel.

Dados práticos:
endereço: Rua Castilho, 169
telefone: +35 1213-882-216
e-mail: sanarex@sanahotels.com
Para reservar, clique aqui.
Para ver outros hotéis em Lisboa, clique aqui.

fotos: turomaquia_2009 y site do hotel (entrada post)

5 Comentários

  1. Viagem Afora

    Patricia,Ótima dica para Lisboa, com bastante detalhe.bjs

    responder
  2. Loo

    Eu sempre tive a idéia de morar em Portugal por um tempo só para conhecer aos poucos toda a Europa. É coisa demais para ver em pouco tempo! O blog de vocês é o máximo, estou sempre dando uma passada por aqui.Bjos!Loo

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Antonio e Ellen, a cad hotel visitado eu faço uma espécie de review.Loo, que legal que você curte o Turomaquia. E sim, tem muita coisa para ver por aqui, vale a pena vir fazer uma pós (ou estudar um idioma) e aproveitar para vivenciar a Europa. Beijos aos três

    responder
  4. Marilia Boos Gomes

    Olá, bom dia!
    Em maio de 2013 eu e dois amigos iniciaremos uma viagem de 40 dias pela França e Portugal. Na verdade, nossa passagem por Lisboa, no início de julho, será para finalizar a viagem pelo fato de viajarmos pela TAP. O hotel reservado foi exatamente este. Entretanto, o valor da reserva foi imediatamente debitado em meu cartão: 780 euros por dois quartos duplos por 6 noites. Não há dúvidas de que o preço é convidativo e nos atraiu. O valor debitado não será reembolsado mesmo com a reserva tendo sido efetuada com um ano de antecedência.
    Acredita que, mesmo com tanta antecipação, tive dificuldade com as reservas? Em alguns hotéis consultados nas proximidades já não havia mais quartos disponíveis! Talvez por ser verão? Quem sabe?
    De qualquer forma, os valores já estão pagos e não temos como desistir. Felizmente, nada de grave em suas informações, pelas quais agradeço em meu nome e em nome de meus amigos.
    Parabéns pelo blog. Tenho me valido muito de todas as sugestões.
    Cordial abraço da Marilia Boos Gomes.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Marília, é estranho mesmo que para maio você tenha tido dificuldades. As vezes, os hotéis não liberam todos os quartos até uma certa época; ou quem sabe no período acontecerá um grande evento.
      Obrigado pelo feedback e espero que o blog continue lhe ajudando 🙂
      Um abraço!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Publiquei a última parte do guia de leitura desse mês. Lembre que nosso bate-papo sobre ele vai rolar no dia 27 de fevereiro às 19:30 horas no YouTube - Patricia de Camargo. Ah, é o guia vc encontra no www.turomaquia.com 🤓

#lendoarte #seurat #nationalgalleryoflondon #pontilhismo #historiadaarte #artemoderna #issoearte
  • Sentados no chão do café da Galeria degli Uffizi tomando um aperol spritz após a visita. E você acha que a gente tá com cara de infeliz?! 😂😂 Esse é um baita museu, mas que tem um café minúsculo, então não tivemos muita alternativa e estávamos mortos depois de 6 horas entre obras 🤷🏽‍♀️ Qual foi o café ou restaurante que você mais curtiu dentro de um museu?

#galeriadegliuffizi #firenzelovers #artmuseum #museu #italyart
  • Mostro pouco minha cidade por aqui. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é resolver essa pendência 🥳 
#laspalmasdegrancanaria #vegueta #grancanarialovers🖤 #canaryislands
  • Dica Londres: vai para a cidade até 15 de março? Visite a exposição temporária de Dora Maar no Tate Modern. ⁣
⁣
Está simplesmente maravilhosa. Perfeita para você entender como ela passou de atuar como fotógrafa para grandes revistas de moda a ser uma dos bastiões do surrealismo. É claro que falam da sua relação com o Picasso, mas fiquei sabendo lá que ela além de fotografar todo o processo de desenvolvimento do Guernica, também deu algumas pinceladas no quadro e que Picasso se inspirou em uma de suas obras para colocar aquela lâmpada olho no quadro que virou símbolo da luta contra a guerra.⁣
⁣
Para entrar na coleção do Tate você não paga nada, mas as exposições temporárias são pagas. Essa custa 13 libras e vale cada centavo! Evite os finais de semana quando os londrinos também vão em massa ao museu.⁣
⁣
#doramaar #tatemodern #londresmuseu #oqueveremlondres #exposiçoesquevalemapena #artemoderna #historiadaarte #surrealismo
  • Dica de Londres: Sky Garden - Vista bacanuda e gratuita. Numa cidade em que a maioria dos mirantes são caros, é quase uma dádiva ;) ⁣
⁣
O Sky Garden fica na City of London e para subir basta com reservar pelo site: https://skygarden.london/booking ⁣
⁣
Como tem uma varanda aberta, no inverno faz frio lá em cima, por isso vá preparada(o)!⁣
⁣
Hoje por exemplo, dia 03/02 já estão abertas as reservas até 1/03. Lá em cima dá para comer alguma coisa, beber um drink. Abre de segunda a sexta das 10:00 às 18:00 horas. Nos finais de semana e feriados, das 11:00 às 21:00 horas.⁣
⁣
#skygardenlondon #mirantelondres #londresdesdecima #londonlovers #londonviews
  • Dica de Londres: na real essa dica quem me deu foi a clarissa do @dondeandoporlondres. Estava fazendo umas pesquisas em Londres e ela me disse que devia ir a Guildhall Art Gallery. Sai do Sky Garden e fui caminhando até o centro administrativo da City of London. O lugar em si já tem uma atmosfera difícil de explicar. Mas vamos lá, você vem andando entre arranha-céus, passa por edifícios neoclássicos da Justiça e de repente entra numa espécie de praça com um chão lindo e edifícios que te abraçam na sua escala. Ou seja, são grandes, mas depois de passar pela selva de pedra, parecem casas, se é que você me entende ;)⁣
⁣
Como todos os grandes museus londrinos, a entrada é gratuita. Exceto, quando abriga exposições temporárias. Primeira surpresa: os restos arqueológicos da cidade romana: Londinium, construída no século 1 d.C. e que chegou a ter entre 20.000 e 30.000 habitantes. No subsolo do Guidhall Art Gallery poderá ver alguns dos restos arqueológicos numa montagem prá lá de didática.⁣
⁣
As salas da galeria abrigam pintura vitoriana, ou seja, produzida entre 1837 e 1901, durante o reinado da Rainha Vitória. São vários estilos, pois essa denominação é temporal. As pinturas estão divididas por tema que te mostram como era a sociedade da época. ⁣
⁣
Assisti parte de um tour gratuito e se você tem um inglês intermediário, acho que valeria a pena dar uma olhada se no horário da sua visita não tem nenhum acontecendo. ⁣
⁣
Uma das peças-estrela do museu é "La Ghirlandata", pintura pré-rafaelita de Dante Gabriel Rossetti. Mas que infelizmente está sendo restaurada nesse momento. Mas mesmo assim, vale a pena a visita. Calcule entre 30 minutos e 1 hora para a visita. ⁣
⁣
#guidhallartgallery #londonmuseum #londonlovers #prerafaelita #pinturavitoriana #artlondon

Follow Me!