Guias de Viagem e Arte

 
 
out 30 2008

Ilhas Gregas: Santorini – Segunda Parte

Depois da “cuchillada” que foi o drink para sair do choque, resolvemos que o melhor era fazer algum passeio. Várias agências anunciavam passeios à caldeira que está em frente à Thira com banho nas águas quentes e dizem medicinais de Hot Springs, visita a Oia e pôr-do-sol desde um barco. Mas na verdade nós estávamos mais para relaxar do que sair correndo de um lado para o outro, e foi o melhor porque no dia seguinte conhecemos um casal (de quem eu vou falar mais adelante …) que realizou o passeio e disse que não era lá essas coisas, que a parte mais legal era andar pela caldeira. Mas vou dizer uma coisa, se querem ver paisagem vulcânica prá valer venham as Canárias!!! Não é propaganda enganosa, e amanhã vou dar um amostra (risos).

Voltando ao nosso passeio. Decidimos ir por nossa conta e risco para Red Beach. Fica no sul da ilha …
Red Beach - Santorini
Voltamos a estação de ônibus que está em Thira e pegamos o ônibus para Akrotiri, foram uns 30 minutos. A ida e volta custa 3,40€ por pessoa. Descemos e fomos caminhando até a praia. Na verdade são praias com paredões vulcânicos: uma preta, outra vermelha e a última é branca.Não vá apenas “ver” Red Beach, leve tua toalha, traje de banho e desfrute! A água é super limpa, e tem uns barzinhos e restaurantes alucinantes nesta parte da ilha, muito mais legais que em Thira ou Fira (como normalmente se diz em português e espanhol).

Olha que graça este restaurante com esta mesa praticamente no lindo mar azul esverdeado grego. E os preços não eram absurdos, havia menus de almoço com peixe e mariscos por 10 e 15€ por pessoa. Desça até Red Beach com uma garrafinha d´água porque lá embaixo não tem barzinho de praia. E a descida e subida não é digamos assim super acessível. A praia tem um ambiente ótimo, muita gente jovem e bonita, e como em todas as ilhas muitos italianos!

Red Beach

Para ver como chegar até a praia assista ao vídeo do final do post …

Na hora de pegar o ônibus fique esperto, a compra do bilhete você faz já dentro do ônibus, assim entra quem puder (risos) Não tem fila ou preferência (risos) Desculpa tanta risada, mas é hilário porque não é a típica cena que um tem na cabeça quando pensa em ilha grega. Se for de lua-de-mel ou algo do gênero, alugue um carro. O pessoal também aluga bastante estes quadriciclos.
transporte santorini

Voltamos para Thira porque queríamos ver o super, ultra famoso pôr-do-sol de Santorini … mas isso vou contar no sábado …

A noite estávamos exaustos e mortos de fome, fomos ao “fervo” do centro de Thira, que é simplesmente lotado de restaurantes, para ver no que dava. Ufa! Escolhemos bem, por pura sorte de principiante entramos no The Greeks. Fomos atendidos por um inglês que já havia morado aqui na nossa ilha, senhor deus do amor, que coincidência!!! Atendimento 10! Comida honesta e saborosa! Gastamos um pechincha para a ilha, com gorjeta – 28,25€ para duas pessoas. Aprovado!
Restaurante em Santorini
Pela noite, caminhe pelas ruelas de Thira e arrededores, é muito legal. Você vê muita gente, e o mar está sempre contigo!

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Cuchillada: significa facada
Fotos e video: turomaquia_2008

3 Comentários

  1. Claudia Pimenta

    oi patricia!fazendo propaganda das canárias, né? isso mesmo! e assim fico com mais vontade de lhe conhecer (risos)! bjs, querida!!!

    responder
  2. Luisa

    Oi Patricia,Sabe que o seu primeiro post sobre Santorini me deixou ressabiada… Tive a impressao de que Santorini jà foi um dia, em algum lugar no passado, uma ilha linda e hj nao passava de mais um caro tourist trap…Acho que foi sò o choque inicial mesmo! Pelo jeito, Santorini acabou se revelando um um lugar delicioso… Ou nao? To curiosa pra ler sobre o por-do-sol!Oba! Um post pra mim!! Valeu!!Bjs

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Claudia, pouco a pouco vou mostrar as Canárias e você ficará com vontade de conhecê-las jejejeLuisa, sim senhora, um post para ti! E as conclusões sobre Santorini vamos deixar para um pouco mais adiante (risos), mas acho que depende muito do que você espera e no meu caso o fato de morar em uma ilha também condiciona e muito meus juizos de valor!Beijos as duas

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!