Guias de Viagem e Arte

 
 
dez 13 2010

O primeiro bed and breakfast a gente nunca esquece: Pinetrees B&B

Muita gente nos dizia que viajar sem GPS na Irlanda era pedir para se perder. Que nada! Foi mais fácil dos que pensávamos. Compramos um mapa Michelin, e nos divertimos a beça escolhendo os caminhos. O primeiro grande desafio, chegar à nossa primeira experiência bed and breakfast em solo irlandês. Em Ballymoney, paramos no Escritório de Informação Turística, pegamos material da região, e a senhora nos explicou como alcançar o Pinetress B&B.

Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte
Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte

Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte

Em menos de 5 minutos estávamos estacionando, a dona sorridente disse: Você deve ser a Patricia, sejam bem-vindos. Como podem sentir, a estada começou bem, e terminou ainda melhor. Durante todo o tempo a gentileza foi impressionante, o trato, sempre presente mas sem incomodar. Acho que estes limites são complicados, e poucas pessoas nasceram com a vocação de “anfitrião”.

Como havia duas habitações vazias, disse que podíamos escolher quaisquer uma das duas, nos deu dicas de atrativos da região e pediu que quando tivessemos um tempinho, escolhessemos o que desejávamos de café-da-manhã. No quarto, o hóspede encontra o menu com diferentes opções para o café. É só ir assinalando tudo que deseja.

Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte

Reserva: fiz através de booking.com. O pagamento foi realizado diretamente no B&B com cartão de crédito. Muitos B&B na Irlanda não aceitam este tipo de pagamento. A página do hotel em Booking indica quais são as opções de pagamento.

Para realizar a reserva deste B&B com booking, clique aqui.

Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte

Localização: a dez minutos andando do centro histórico da cidade. Quando fomos jantar deixamos o carro estacionado e caminhamos sem nenhum problema até o restaurante. Ötima localização para explorar muitos dos atrativos da Causeway Coast e do Condado de Atrim.

Quarto: não era grande, mas a amabilidade da senhora, a limpeza e o tamanho das janelas o tornavam acolhedor. Com televisão plana, aquecedor de água para o chá e café, e banho completo. Aquele cheirinho de lavanda no ar e uma vista linda para o jardim.

Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte
Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte

Internet e serviços: num B&B normalmente os donos moram na mesma casa. Existem partes da casa abertas aos hóspedes e outras privadas. As salas são partes abertas e em muitos casos oferecem folders e catálogos turísticos da região.

Wi-fi está disponível em todo B&B, era um pouco lenta, mas estávamos em uma cidade pequena do interior. Pude subir videos e fazer post.

Café-da-manhã: além de escolher o que quer comer no café, também se escolhe o horário para ser servido na sala de jantar. Depois é so descer e se deliciar!!! Servem o café com os pratos quentes. As torradas são repostas durante a refeição. Sem contar toda a mesa de cereais e iogurtes que fica à disposição do hóspede. Tudo estava absolutamente gostoso e no ponto em que havíamos pedido: bacon crocante, ovo frito com a gema mais durinha. Enfim, um pequeno luxo! Reserve como mínimo meia hora para o cafés-da-manhã na Irlanda, menos seria uma heresia!

Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte
Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte Pinetress B&B - Ballymoney - Irlanda do Norte

Preço: Excelente relação custo x benefício, pagamos 50 libras incluído estacionamento e café-da-manhã.

Endereço: 1 Ishlan Court
Ballymoney – Co.Antrim – N.Ireland
BT53 6QG
Telefone: 028276 67175

Para reservar, clique aqui.
Para ver outros hotéis em Ballymoney, clique aqui.

fotos: turomaquia_2010

3 Comentários

  1. Margarida Nobre

    Olá PatriciaQuando fiz a minha viagem na Irlanda optei sempre por hoteis,porque ainda não conhecia os BB!! Desde que os descobri em Inglaterra ( o primeiro onde fiquei foi em Brighton!)passaram a ser sempre a minha primeira opção…Neste verão fizemos uma viagem de 18 dias na Escócia e ficámos em vários,todos lindos e muito confortáveis…e ainda ganhámos alguns amigos com quem continuamos a manter contacto!É uma fantástica opção de alojamento!bjs

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Oi Margarida,eu também me apaixonei pelos B&B, apenas em um deles que estava mais pra hotel do que para um autêntico B&B não desfrutamos tanto!Beijos

    responder
  3. Urbano

    Excelente post/dica!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!