Guias de Viagem e Arte

 
 
set 20 2013

Road-trip desde Bilbao

Num dos dias que estivemos por Bilbao, alugamos um carro para conhecer alguns lugares próximos à cidade, mas que eram complicados para chegar de transporte público. Foi um dia memorável, que começou na pré-história e acabou numa igreja medieval em uma pequena ilha. Pegamos chuva e tivemos problemas com a câmara. Resultado? Fotos medíocres, e por isso as fotos do post não são nossas 🙁 E estive muito pensando se publicar este post ou não, por este tema. Mas me divirto tanto neste dia, que seria muito egoísmo guardá-lo só para mim! Com vocês, “meu tesouro” 😉
Road-trip desde Bilbao
Para ver o mapa em Google Maps, clique aqui.

Road Trip desde Bilbao | 1a. parada: Cuevas de Santimamiñe

Pré –história na veia. Desde 2008 as cavernas são Patrimônio Mundial da Humanidade. A arte é do paleolítico, do período Magdaleniense (mais ou menos 13.000 a.C.). Há quase 50 pinturas rupestres. Mas atualmente estas pinturas apenas podem ser vistas através de um percurso em 3D, para evitar que se deteriorem. Também se vê uma parte do sítio arqueológico logo na entrada da caverna.

Importante: é necessário reservar a visita, o jeito mais fácil é por e-mail – santimamine@bizkaia.net Eles respondem rapidinho.Abre todos os dias, das 10:00 às 13:30 e das 15:00 às 19:00 horas. A entrada custa 5€. Crianças até 6 anos não pagam.

Para chegar: estrada em direção à Guernica, para não entrar na cidade pegar a direção para as Playas/Lekeitio pela BI-635, e depois a BI-2238. E por fim a BI-4244. No local há estacionamento.
Site: http://www.bizkaia.net/home2/Temas/DetalleTema.asp?Tem_Codigo=2326&idioma=CA&bnetmobile=0&dpto_biz=4&codpath_biz=4|295|2321|2326

Road trip desde Bilbao | 2a. parada: Bosque de Oma

Imagina um bosque com uma intervenção artística genial, isso é o que verá nesta parada.
Road-trip desde Bilbao
Foto de Ik

O artista vivia pertinho, Agustín Ibarrola, e criou esta obra entre os anos de 1982 e 1985. Ela fala da relação homem – natureza. Este ano anunciaram que irão restaurar a obra, num projeto de 3 anos.
Road-trip desde Bilbao
Foto de Dominik Morbitzer

O percurso para ver todas as intervenções é de mais ou menos 7,4 km, mas é bem fácil porque o desnível máximo será de 204 metros. Para vê-lo com calma, o ideal é reservar 2 horas.
Bosque de Oma Road-trip desde Bilbao
Foto de Roberto Arnaiz e de 1unamayu

Para chegar: está bem pertinho das Cuevas de Santimamiñe, a 2 km. Não se paga nada para entrar no bosque. Neste link, pode descarregar um audioguia gratuito para a visita.

Road Trip desde Bilbao | 3a. parada: Reserva de Urdaibai – Mundaka

Vamos em direção à Reserva da Biosfera – Urdaibai, que é uma área de descanso para os pássaros migratórios que vivem entre Europa e África. É super legal ir parando para apreciar o estuário e até entrar por alguma das estradinhas menores para ver mais de perto.
Mundaka, Urdaibai
Foto de Esti Alvarez

Do bosque até Mundaka são mais ou menos 19 km. Turisticamente, a cidade é conhecida pelos surfistas, que chegam por lá para enfrentar-se à sua onda esquerda. Que é considerada a melhor de Europa em sua categoria, e uma das melhores do mundo de maneira geral.
Olatuarekin jolasean (Mundaka)
Foto de Joseba Barrenetxea Altuna

Mundaka é um povoado marinheiro que está junto à desembocadura do braço de mar (ría) e em plena Reserva da Biosfera. Ótimo lugar para comer algo ou se já fez um picnic (como nós!), tomar aquele café esperto antes da última parada deste roteiro.

Road Trip desde Bilbao | 4a. parada: San Juan de Gaztelugatxe

A 11 km de Mundaka, outra parada surpreendente, lembra que começamos na pré-história, passeamos por obras contemporâneas, atravessamos uma Reserva Mundial da Biosfera e agora chegamos à Época Medieval. Esta pequena ilha de nome impronunciável que está na sua frente, abriga uma ermita do século 10, San Juan de Gaztelugatxe.
San Juan de Gaztelugatxe
Foto de Gorka Valencia

Para chegar à ermita deverá cruzar uma ponte do mesmo século (10), e depois subir 321 degraus. Passando pelas cruzes que simbolizam a Via Crucis. E por que esta igreja aqui? Diz a lenda que São João Batista (San Juan) chegou navegando na costa vasca, e que deixou suas marcas em vários lugares, entre eles esta ilha.
Subida. San Juan de Gaztelugatxe
Foto de _IBaNe_

Em 1978 a igreja sofeu um incêndio, portanto muito do que se vê foi reconstruído após esta data ? É difícil encontrá-la aberta! Mas já que você subiu, cumpra a tradição de badalar o sino 13 vezes, claro que após pedir um desejo 😉 Tem uma cordinha que sai do sino até a fachada, dá para badalar mesmo com a igreja fechada! Já li que seriam 3 vezes, mas por via das dúvidas mandei ver as 13! Também verá a marca dos pés de San Juan, coloque seus pés sobre ela para ter saúde.

Para chegar: a forma mais fácil é pegar um caminho que sai da BI-3101 (esta estrada une Bermeo com Bakio). Estacione o carro junto ao Restaurante Eneperia, e a direita verá o caminho sinalizado para a a ermita.

Daqui voltamos para Bilbao, porque apenas alugamos o carro por 1 dia. Mas quem vai continuar a viagem motorizado, a dica é seguir viagem para Cantábria. Para Bilbao são apenas 35 km. O roteiro todo, incluindo a volta a Bilbao compreende 107 km.

Veja todos nossos posts de BILBAO

Busque e reserve seu hotel em BILBAO, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto \o/ Clique aqui, e durante a compra escolha o cupom de desconto que melhor se ajuste à sua viagem!

Siga a gente no Instagram, clicando

8 Comentários

  1. Carina-Senzatia

    Quando eu visitei a região, há muito tempo atrás, também peguei dias feios… heheh
    Acredito que não seja uma região muito ensolarada. 🙂

    Beijos, Pat!

    responder
  2. helo

    pat, acabei de fechar passagens pra pascoa 2014 em bilbao!!! eba!!!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oba Helô, o norte é o must!

      responder
  3. AboutBC

    Como siempre una entrada magnífica

    De Santimamiñe a Gaztelugatxe. Visitando la Reserva de la Biosfera del Urdaibai
    http://bit.ly/1bNvFNP

    responder
  4. Marina Herz

    Adorei teus posts sobre o norte da Espanha e nos animamos a conhecer a região. Quantos dias devo programar em Bilbao? É uma boa opção ficar nesta cidade e fazer outros bate/ volta? Temos 7 dias. Será que fica muita coisa ir até Santiago de Compostela? Vamos viajar em julho. Tks. Marina

    responder
    • Patricia de Camargo

      Marina, vocês vão alugar carro?

      responder
  5. Mayte Scaravelli

    Olá, estou programando a minha viagem para essa região para o mês de Setembro! Gostaria de saber o que mais podemos ver nas covas? Eu vi algumas fotos que parece ser uma caverna, mas não encontrei nada falando sobre a caverna, apenas das pinturas. Ainda que a gente não possa ver as pinturas, acha que valeu a pena?

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Mayte, se você gosta de espeleologia, vale muito a pena, porque o recurso do 3D está bem feito. Mas se for visitar com crianças pequenas acho que pode ser demasiado longa a visita para elas!
      Um abraço

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Publiquei a última parte do guia de leitura desse mês. Lembre que nosso bate-papo sobre ele vai rolar no dia 27 de fevereiro às 19:30 horas no YouTube - Patricia de Camargo. Ah, é o guia vc encontra no www.turomaquia.com 🤓

#lendoarte #seurat #nationalgalleryoflondon #pontilhismo #historiadaarte #artemoderna #issoearte
  • Sentados no chão do café da Galeria degli Uffizi tomando um aperol spritz após a visita. E você acha que a gente tá com cara de infeliz?! 😂😂 Esse é um baita museu, mas que tem um café minúsculo, então não tivemos muita alternativa e estávamos mortos depois de 6 horas entre obras 🤷🏽‍♀️ Qual foi o café ou restaurante que você mais curtiu dentro de um museu?

#galeriadegliuffizi #firenzelovers #artmuseum #museu #italyart
  • Mostro pouco minha cidade por aqui. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é resolver essa pendência 🥳 
#laspalmasdegrancanaria #vegueta #grancanarialovers🖤 #canaryislands
  • Dica Londres: vai para a cidade até 15 de março? Visite a exposição temporária de Dora Maar no Tate Modern. ⁣
⁣
Está simplesmente maravilhosa. Perfeita para você entender como ela passou de atuar como fotógrafa para grandes revistas de moda a ser uma dos bastiões do surrealismo. É claro que falam da sua relação com o Picasso, mas fiquei sabendo lá que ela além de fotografar todo o processo de desenvolvimento do Guernica, também deu algumas pinceladas no quadro e que Picasso se inspirou em uma de suas obras para colocar aquela lâmpada olho no quadro que virou símbolo da luta contra a guerra.⁣
⁣
Para entrar na coleção do Tate você não paga nada, mas as exposições temporárias são pagas. Essa custa 13 libras e vale cada centavo! Evite os finais de semana quando os londrinos também vão em massa ao museu.⁣
⁣
#doramaar #tatemodern #londresmuseu #oqueveremlondres #exposiçoesquevalemapena #artemoderna #historiadaarte #surrealismo
  • Dica de Londres: Sky Garden - Vista bacanuda e gratuita. Numa cidade em que a maioria dos mirantes são caros, é quase uma dádiva ;) ⁣
⁣
O Sky Garden fica na City of London e para subir basta com reservar pelo site: https://skygarden.london/booking ⁣
⁣
Como tem uma varanda aberta, no inverno faz frio lá em cima, por isso vá preparada(o)!⁣
⁣
Hoje por exemplo, dia 03/02 já estão abertas as reservas até 1/03. Lá em cima dá para comer alguma coisa, beber um drink. Abre de segunda a sexta das 10:00 às 18:00 horas. Nos finais de semana e feriados, das 11:00 às 21:00 horas.⁣
⁣
#skygardenlondon #mirantelondres #londresdesdecima #londonlovers #londonviews
  • Dica de Londres: na real essa dica quem me deu foi a clarissa do @dondeandoporlondres. Estava fazendo umas pesquisas em Londres e ela me disse que devia ir a Guildhall Art Gallery. Sai do Sky Garden e fui caminhando até o centro administrativo da City of London. O lugar em si já tem uma atmosfera difícil de explicar. Mas vamos lá, você vem andando entre arranha-céus, passa por edifícios neoclássicos da Justiça e de repente entra numa espécie de praça com um chão lindo e edifícios que te abraçam na sua escala. Ou seja, são grandes, mas depois de passar pela selva de pedra, parecem casas, se é que você me entende ;)⁣
⁣
Como todos os grandes museus londrinos, a entrada é gratuita. Exceto, quando abriga exposições temporárias. Primeira surpresa: os restos arqueológicos da cidade romana: Londinium, construída no século 1 d.C. e que chegou a ter entre 20.000 e 30.000 habitantes. No subsolo do Guidhall Art Gallery poderá ver alguns dos restos arqueológicos numa montagem prá lá de didática.⁣
⁣
As salas da galeria abrigam pintura vitoriana, ou seja, produzida entre 1837 e 1901, durante o reinado da Rainha Vitória. São vários estilos, pois essa denominação é temporal. As pinturas estão divididas por tema que te mostram como era a sociedade da época. ⁣
⁣
Assisti parte de um tour gratuito e se você tem um inglês intermediário, acho que valeria a pena dar uma olhada se no horário da sua visita não tem nenhum acontecendo. ⁣
⁣
Uma das peças-estrela do museu é "La Ghirlandata", pintura pré-rafaelita de Dante Gabriel Rossetti. Mas que infelizmente está sendo restaurada nesse momento. Mas mesmo assim, vale a pena a visita. Calcule entre 30 minutos e 1 hora para a visita. ⁣
⁣
#guidhallartgallery #londonmuseum #londonlovers #prerafaelita #pinturavitoriana #artlondon

Follow Me!