Guias de Viagem e Arte

 
 
mar 26 2014

Road Trip pela Europa – Albânia #roadtripEuropa

Albânia

12/08 – ALBÂNIA
Cruzamos a fronteira entre Grécia e Albânia no dia 12/08 e nos impressionou a beleza natural do país. Estávamos tão tranquilos desfrutando da paisagem, e de repente quando ainda faltavam 180 km para Tirana, a estrada simplesmente terminou \o/

Andamos uns 20 km em uma “pseudo-estrada” de terra, pedras, buracos e compartilhando nosso “espaço vital” com vacas, galinhas, crianças em bicicleta, ovelhas, ou seja, realmente uma aventura, me senti num filme de Indiana Jones.
Albânia
Albânia
Albania GPS

Depois destes quilômetros a coisa melhora 🙂 Principalmente nos povoados junto à fronteira com Grécia. Parte da Albânia está em reconstrução, há entulhos, casas e edifícios por terminar, outros abandonados. E desde a estrada se pode ver o rastro de explosões (morteiros ou bombas) que continuam por aí! Pelo caminho há muita gente vendendo frutas e bebidas (como no Brasil). Antes de chegar à Tirana passamos por uma cidade chamada FIER. Que me lembrou as cidades praianas brasileiras.

No dia 13/08 fomos ao centro de Tirana, a maior cidade de Albânia, que foi fundada em 1614 por Sulejman Pasha, convertida em capital em 1920. É uma capital nova com muito concreto, bons edifícios e vias amplas, muito comércio, mas poucos atrativos turísticos.
Albania Bandeira
Albania
Visitamos a Praça Skanderbeg, o Bazar, o Museu Histórico Nacional, a Ópera, a Mesquita Et`hem Bey, a Pirâmide, a Catedral Ortodoxa, e outros monumentos interessantes como o Memorial Comunista (PostBllok ) e o fragmento do Muro de Berlim.
Albânia Albania Muro de Berlim
No final da tarde pegamos a estrada rumo à Macedônia, passando por Kosovo, e nesta ocasião encontramos estradas excelentes.
Albania saindo do pais
Albânia

argumento, texto e fotos: Daniele Leoz – 2013

Para ler o primeiro post da série, clique aqui.
Seguinte post: Macedônia

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

1 Comentário

  1. Luiz Antonio

    Que viagem linda. Estou pensando viajar entre Albânia, Macedônia e Kososo. Você disse que as estradas são boas. E a imigração? E é possível o transito de carro alugado entre esses 3 países? Há muitos postos de combustíveis?
    Muitoi obrigado

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Pelas ruas de Madri 💁🏽‍♀️ #street_photography #madrilovers #madrid🇪🇸 #espana🇪🇸
  • Desfrutando de uma visão 360 graus de Madri, onde? No nosso hotel. Para descobri-lo, clique no link da bio 💁🏽‍♀️ #viewmadrid #madrilovers #espanha🇪🇸 #hotelcomvistas
  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia

Follow Me!