Guias de Viagem e Arte

 
 
dez 10 2018

Hotel bom e barato para ficar em Paris | Ibis Styles Paris 16 Boulogne

Aquele pedido que sempre aparece por aqui: indica um hotel bom e barato para ficar em Paris. A cidade já foi mais impraticável. Mas continua sendo caro se hospedar no burburinho e naqueles arrondissements que te permitem conhecer praticamente a cidade caminhando, pegando um que outro metrô.Hotel bom e barato para ficar em Paris | Ibis Styles Paris 16 Boulogne

Nesta última viagem, testei dois hotéis 3 estrelas para você. Localizados em direções diametralmente opostas e de duas redes. O primeiro foi o Ibis Styles Paris 16 Boulogne, da rede Accor.

Hotel bom e barato para ficar em Paris | Ibis Styles Paris 16 Boulogne – Reserva e Localização

Este Ibis Styles se encontra num bairro residencial e caro de Paris. O bairro abriga a maioria dos consulados e embaixadas da capital, bem como o estádio do Paris Saint-Germain. Portanto se você vai assistir um jogo por lá, pode ser uma grande alternativa.

Como você pode ver pelo mapa, não é um bairro central (é o 16).
Hotel bom e barato para ficar em Paris
Mas tem uma estação de metrô do ladinho, a Porte de Saint-Cloud, onde chega a Linha 9. Desta estação, você demoraria para chegar de metrô:
– a Torre Eiffel: 26 minutos;
– ao Museu do Louvre: 28 minutos;
– ao Arco do Triunfo: 25 minutos;
– as Galeries Lafayette: 27 minutos;
– a Montmartre: 34 minutos;
– ao Marais: entre 35 e 40 minutos.
Hotel bom e barato para ficar em Paris
Realizei a reserva através de um consolidador em outubro, para duas noites em novembro. Ou seja, sem muita antecedência. E verifiquei que muitos hotéis em Paris são ligeiramente mais baratos nos finais de semana.

Hotel bom e barato para ficar em Paris | Ibis Styles Paris 16 Boulogne – O Atendimento

O atendimento foi em todo momento amável e eficiente. Solicitamos uma troca de quarto porque pedimos duas camas e nos deram uma cama de casal. A troca foi rapidamente realizada pelo atendente da noite.

A conexão à Internet merece um 10. Rápida e sem interrupções. Aliás dos 4 hotéis que testei desta vez, foi a melhor de todos.

Numa das noites desci à recepção para tomar algo e espairecer um pouco. Pedi uma taça de champagne Taittinger, que custou 8€. E o recepcionista me trouxe uns amendoins e quando terminei, uma embalagem de docinhos. Estava sozinha e foi gentil, mas me deixou bastante à vontade, o que se agradece.

Hotel bom e barato para ficar em Paris | Ibis Styles Paris 16 Boulogne – O Quarto

Pequeno e sem muito charme. Estava com a Ledinara e foi complicado que as duas pudéssemos abrir nossas malinhas medianas. O espaço entre as duas camas era mínimo. E entre a minha cama e a janela, praticamente inexistente.
Hotel bom e barato para ficar em Paris
Hotel bom e barato para ficar em Paris
No banheiro uma ducha efeito chuva, de bom tamanho. Mas nada de shampoo e outras amenities, apenas o sabonete líquido na pia e na ducha.

Nada de armário, apenas 4 prendedores com cabides em uma das paredes do quarto. Uma pequena mesa de trabalho e uma televisão.

Para uma família com crianças pequenas, acho que seria meio caótico. A não ser que você reserve um quarto como este:
Hotel bom e barato para ficar em Paris
Hotel bom e barato para ficar em Paris
Mas para um casal é um espaço bastante manejável. É o tipo de quarto para tomar uma ducha e dormir. Se você é daqueles que curte o hotel, não é para você.

Hotel bom e barato para ficar em Paris | Ibis Styles Paris 16 Boulogne – Vantagens e Desvantagens

Vejamos primeiro a parte boa, ou seja, as vantagens:

– preço, pagamos 158,40€ por duas noites com café da manhã pelo quarto duplo. Portanto, seria 39,60€ por dia/por pessoa. Ao que se deve somar 1,40€ de taxa municipal. Todos os hotéis cobram este imposto e ele varia de acordo com a categoria do alojamento. Este preço é excelente para Paris;

– café da manhã, que boa surpresa, era excelente. Máquina de café à vontade, ou seja, nada de café sem graça americano, café de verdade. E outra coisa que não é nada comum, suco de laranja natural, com aquelas máquinas que espremem a laranja na hora. Grande diversidade de produtos, de croissants gostosos a docinhos, ovos, bacon e frutas. O café da manhã normalmente está incluído nas diárias dos Ibis Styles.

– amabilidade do pessoal da recepção, afinal gente quer tratar com gente. Quem está de férias e fora de sua zona de conforto, precisa chegar no hotel e se sentir no mínimo confortável.
Hotel bom e barato para ficar em Paris
Hotel bom e barato para ficar em Paris

Desvantagens:

– não dá para fazer nada caminhando, você vai usar o metrô para tudo. Sendo que os deslocamentos mínimos serão de 20 minutos;

– achei o quarto mais básico que a maioria dos Ibis Styles que já visitei;

– se você não conseguir uma diária como a minha, que me pareceu justa, acho melhor ir atrás de outra opção.

Para reservar este hotel ou ver mais comentários, clique aqui.

Planeje aqui sua viagem para PARIS

Veja todos nossos posts de PARIS, clicando aqui

Planejamento ViagemBusque e reserve seu hotel em PARIS, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Planejamento ViagemLembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países europeus. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Guia Louvre
Siga a gente no Instagram, clicando

Hotel bom e barato para ficar em Paris | Ibis Styles Paris 16 Boulogne – o Vídeo do Meu Quarto

O vídeo não tem nenhuma edição, vou fazer um vídeo sobre hotéis em Paris e colocarei aqui. Mas decidi mostrá-lo assim mesmo, porque tive que usar as fotos oficiais do hotel, já que você não vai acreditar, mas esqueci de fazer as fotos ou as perdi 🙁

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Pessoas, pessoas, pessoas ... mesmo num mundo polarizado, são os encontros que marcam nossa existência, enfim que nos fazem felizes. Hoje graças a minha amiga Leidinara do @curitidoce conheci a Kitsten do @travelandabroad que me fez essa foto, que revela como eu sou em dias em que os encontros deixam minha alma leve, leve ... Brigaduuuu Kitsten e Lola 🥰

#fotografamadrid #madri #museoreinasofia #photoshoot #hapiness
  • Olha a quantidade de pássaros no lago do  Parque del Retiro 😱

O clima está meio maluco. Choveu, fez sol, frio, nem tanto, tá parecendo Curitiba 😂

#parquedelretiromadrid #madridlovers❤️ #roteiromadri
  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes

Follow Me!