Guias de Viagem e Arte

 
 
out 21 2009

Hotel Atins – Pousada Rancho do Buna: uma delícia de lugar

Localização: É verdade que em Atins ninguém vai se perder, mas a localização da Pousada Rancho do Buna é show de bola. Se estiver com bagagem pesada avisa para a Mônica ou para o Buna (via e-mail ou telefone) e eles fazem teu traslado da prainha ao hotel. Se a maré está baixa, os barcos não podem atracar atrás da pousada e param numa espécie de prainha que não está longe, mas com um caminho de areia bem fofa.

Reserva: Inicialmente não conseguia entrar em contato com eles via Internet, nem por telefone. Mas isto graças às inundações que o Maranhão sofreu no começo do ano. Ao final, consegui estabelecer uma chamada telefônica e finalizei a reserva por e-mail. Depositei uma caução. Enviei o comprovante bancário via e-mail.

Na hora H: O pessoal da pousada se desdobra pelos hóspedes. Não somente os donos: TODOS. De uma gentileza e educação impressionantes. Sem sombra de dúvida, foi o local com o melhor serviço ao cliente de toda esta viagem. Eles estão sempre pendentes, te chamam pelo nome, querem que você desfrute da estância. Devia ser normal? Deveria, mas todo mundo sabe que infelizmente não é bem assim. Por isso, nada melhor que agradecer a atenção da Mônica, do Buna, do Fernando, da Jô, do Nonato e do Silas!

Quarto: São em verdade chalezinhos com espaço interno enorme, e um pé direito de dar gosto. As camas com suas mosquiteiras, um banheiro enorme, e muito limpo. Não esqueça que estamos dentro de um parque nacional, com natureza por um quilo e exuberante. Portanto, os intrusos somos nós. Mas não vimos baratas, e este tipo de bichos sujos. Porque a limpeza era exemplar. A proximidade do rio, faz que surjam nossos amiguinhos: pererequinhas e sapinhos. Mas eles fazem com que os mosquitos apareçam em menor número. Nós estivemos três dias, e só vi sapos no último dia, e as pererequinhas só vão ao banheiro. É só dar um gritinho que elas desaparecem, espero que não morram enfartadas. Nada do outro mundo, no litoral do sul do Brasil, todas as casas convivem com que aquelas lagartixas branquinhas. É a mesma coisa. Eu sou meio nojentinha, mas voltaria a este lugar sem pestanejar, foi sem dúvida a parte mais genial da viagem.


Ambiente: A maioria dos hóspedes são estrangeiros. Naquele momento de brasileiros, apenas eu e a Manuela, e ademais expatriadas. Os brasileiros normalmente chegam com pacotes e ficam em Barreirinhas. (Vamos mudar isto minha gente!)

A pousada tem uma piscina, onde você poderá se refrescar e desfrutar de sucos naturais ou daquela caipirinha. Na parte de cima da recepção, se pode relaxar em uma espécie de lounge com redes.

Recepção

Internet: nem todos os lugares da pousada tem sinal de celular, assim já entendeu né?!

Restaurante: A comida no Buna é excelente. Começa com o café-da-manhã, tome teu tempo. Não deixe de pedir a tapioca quentinha recheada com queijo e presunto! Agora, o mais bizarro foi comer um spaghetti delicioso naquela parragem. Eu esperava peixes de dar água na boca, camarrões, mas não uma pasta daquela qualidade, aliás feita pelo próprio Buna.

Preço: Ótima relação custo – benefício. Sabe aquela máxima: paguei com gosto, justa neste caso. O chalé duplo custa R$ 110,00. Naquele momento tinham problemas com o cartão de crédito, o pagamento era em efetivo.

No final das contas: O melhor hotel da viagem. Bons quartos, comida saborosa, atendimento cinco estrelas. Querem que você ame a região tanto quanto eles, assim buscam te proporcionar a melhor experiência possível. Possuem um feeling na hora de formar os grupos para os passeios. O tratamento que o Buna e a Mônica dispensam aos demais empregados é digno, humano e até fraternal, e eles devolvem aos hóspedes o que recebem: amizade com profissionalismo.

Dados práticos:
Rua Principal Praia do Atins
Telefones: (98) 3349-5005 / (98) 9616-9646

Tarifas:
Chalé para uma pessoa – R$ 90,00
Chalé para duas pessoas – R$ 110,00
Chalé para três pessoas – R$ 130,00
Chalé para quatro pessoas – R$ 150,00

Site: http://www.ranchodobuna.com.br/

Destaque post:
Hotel em Atins
Lençois Maranhenses

fotos: turomaquia_2009

18 Comentários

  1. Tony

    Eu bem que teria gostado de ter ficado em um lugar assim em Atins!!! Mas acho que o Rancho é recente, não é? Fica a (excelente) dica.

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Não é muito mais recente, mas antes tinha outro nome: Rancho dos Lençois.

    responder
  3. Schnaider

    Qndo fui a Atins chegamos de barco na Pousada do Buna vindos do Cabure, eu e meus amigos nao tinhamos reserva em nenhum lugar no Atins e estavamos com um orçamento menor q nao nos permitia ficar la no Buna 🙁 eles foram super gente boa e nos indicaram acomodaçoes mais modestas no Atins porem nao menos acolhedoras! Certamente voltaria la e ficaria no Buna numa proxima! schnaider (sch_ct@yahoo.com)

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Schnaider, o Buna e cia. ltda. são ótimas e super generosas. Oxalá, todos os hotéis tivessem o atendimento deles!Onde você ficou em Atins?

    responder
  5. Schnaider

    Oi Patricia! Fiquei na Pousada do Pedro Bruno & Maria da Paixao, super simples mas com uma comida bem gostosa! Peixe fresco, tomate da horta, suco de caju direto do cajueiro, tapioquinha com ovo de manha… yummy! Paguei R$ 30,00 com cafe da manha e jantar. Quarto limpo com cama, mosquiteiro, mesa, cadeira, ventilador, espartano mas super ok! Banheiros limpos! 😉

    responder
    • Karine

      Olá Schanaider!!

      Fiquei bem interessada na pousado do Seu Pedro Bruno em Atins, mas não estou conseguindo o n do telefone, ou outro contato. Agradeço se puder me ajudar.

      Abraço karine

      responder
    • Juliana

      Alguem tem o contato Pousada do Pedro Bruno & Maria da Paixao?

      responder
  6. Patricia de Camargo

    Valeu pela dica Schnaider! Te espero mais vezes no Turomaquia!

    responder
  7. Anonymous

    Oi Patricia,sou Jô do Rancho do Buna.O Buna,eu e nossa equipe,ficamos muito gratos pelo carinho de vcs,As fotos ficaram show de bola .Adorei, fica o convite para que voltem mais vezes.Serao bem vindos. Fica com Deus .Beijinhos da Jô (Rancho do Buna)

    responder
  8. Patricia de Camargo

    Jô, legal que vocês curtiram os posts, mas tudo que escrevi é a mais pura verdade!Beijos

    responder
  9. erika

    eu vou este ano para lá e estava a procura de informações a respeito… vou sozinha e já decidi que ficarei neste rancho… muito obrigada por esta informações e a analise se é valido ir a cabure… foi muito importante para eu tirar algumas duvidas que tinha…parabens pelo depoimentos…

    responder
  10. Patricia de Camargo

    Erika, você vai amar. E na Pousada do Buna eles te colocaram para ir aos passeios com pessoas que acreditam ser as mais adequadas ao teu perfil!Depois passa por aqui para contar como foi!

    responder
  11. Rita

    Olá Patrícia,Muito boas suas dicas, li tudo sobre sua viagem por esse lugar mágico e lindo chamado Lençóis Maranhenses. Irei para lá em junho e minha intenção é ficar ao menos uma noite em Atins. A respeito da Pousada Rancho do Buna, você poderia me informar se o chuveiro é quente?Parabéns pelo blog!

    responder
  12. Patricia de Camargo

    Rita, você vai amar. Não deixe de fazer o passeio ao Poço das Pedras e comer o camarrão do S. Antônio. A ducha é quente! Depois passa por aqui e diz o que você achou!!!Beijos

    responder
  13. Rita

    Poço das Pedras anotado! E o camarão de lá (da Luzia ou do S. Antonio), comentadíssimo por quem já teve o prazer de experimentá-lo, é um dos principais motivos que me levaram a incluir Atins na viagem.Pode deixar que quando eu retornar, passo por aqui para contar como foi!BeijinhosP.S.: Estou adorando os posts de Lisboa, estive lá em novembro passado e cada linha que leio me deixa com mais vontade de voltar. Ah, e você achou um adjetivo que simplesmente serve como uma luva ao Convento do Carmo. De fato, o local é super fotogênico! Obrigada por dividir sua experiência com a gente.

    responder
  14. Patricia de Camargo

    Rita, então tá combinado, te vejo por aqui na volta! E fica a vontade para dar teu pitaco nos posts de Lisboa!Beijos e boa viagem!

    responder
  15. Rita

    Oi Patrícia,Voltei há duas semanas de uma viagem mágica, que começou em São Luís e terminou em Fortaleza, passando pelos maravilhosos Lençóis Maranhenses.Que lugar lindo! Adorei todos os passeios que fiz desde Santo Amaro, Barreirinhas e Atins, onde fiquei na pousada do Buna e visitei a lagoa de que mais gostei (a Mônica, da pousada, falou que o nome da lagoa era "Verde", mas a água estava azul, azul…).Infelizmente, não fui ao Poço das Pedras, mas o camarão não foi olvidado! Comi no restaurante da Luzia e achei delicioso.Obrigada pelas super dicas que você deixou nesta completíssima série sobre os Lençóis. Elas foram de grande valia!Uma informação importante: o aeroporto de Barreirinhas foi interditado em maio deste ano (2010) pela Anac, o que me desapontou muito (snif) porque não pude fazer o sobrevoo.Beijos,Rita

    responder
  16. Patricia de Camargo

    Rita, obrigado pelo feedback, é muito importante que os leitores deixem seus comentários pós viagem para ver se estou no caminho correto, as lacunas, etc.E valeu pela info da interdição do aeroporto.beijos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • La Duquesita⁣
⁣
É uma das “docerias” mais antigas de Madri. Abriu suas portas em 1914 e ficou apenas 9 meses fechada. Quando todo mundo já dava por perdido esse emblemático lugar, veio Oriol Balaguer e reabriu suas portas.⁣
⁣
Oriol Balaguer é um dos mais famosos “chocolateiros” da Espanha, ou como se diz por aqui, “maestros chocolateros”.⁣
⁣
A loja é linda, mas não é só aparência. Os doces são gostosos e nem preciso falar dos bombons, tendo em vista quem é o dono do estabelecimento 😉⁣
⁣
Ele manteve o doce mais famoso da casa, como não, La Duquesita. Um doce de morango.⁣
⁣
Nessa época se passar pela loja, vale a pena comprar um dos panetones premiados do “chef”. Tem o tradicional, o de chocolate e o gianduia (pasta de chocolate com 30% de pasta de avelãs). E este ano também tem panettone de framboesa!⁣
⁣
#madrilovers #foodmadrid #oriolbalaguer #panettone #panettoneMadrid #doceemmadri #ondecomeremmadri

Fotos próprias e de divulgação.
  • Qual é seu drink favorito?⁣
⁣
Na foto estou com o “pear mule”, o novo drink do @200gramos. Leva vodka, pera, suco de limão e ginger beer.⁣
⁣
Beeeem gostoso!

#drinks🍹 #restaurantelaspalmas #laspalmasdegrancanaria🌴 #grancanaria
  • Paris sera Toujours Paris⁣
⁣
É um guia realmente diferente de Paris. Não vai te ajudar a pegar o metrô ou programar o dia a dia da sua viagem. E mesmo assim é incrível para quem busca compreender a cidade.⁣
⁣
Màxim Huerta nos mostra Paris através de seus personagens como Colette ou Joséphine Baker; de seus ofícios, um exemplo? Os “bouquinistes”, os vendedores de livros das “caixas verdes” das margens do Sena.⁣
⁣
Também fala do croissant, da Torre Eiffel, mas sempre trazendo um dado inusitado, contando uma história, porque afinal Màxim é um grande contador de histórias, já falei de outro livro dele no #turolivros⁣
⁣
O livro é lindo, graças as histórias e as ilustrações de Maria Herreros, que são pura arte.⁣
⁣
Dá para ler com um espanhol intermediário.⁣ Não tem edição em português.
⁣
#parislivro #parisbook #oqueler #bookaddict #turolivros #desafioumlivropormes #bookphotos
  • Bar-restaurante (Achado em Madri)⁣
Não estou exagerando, é realmente um achado em Malasaña. ⁣
⁣
Na verdade é um bar-restaurante com um armazém que vende frios, vermut e outras delícias.⁣
⁣
Típico lugar de bairro, frequentado pelos moradores e que oferece boa comida, excelentes vermuts e um atendimento amável.⁣
⁣
Levei meus pais e eles amaram. No final de semana tem que chegar cedo para sentar porque o local é pequeno. ⁣
⁣
Durante a semana, oferecem um prato do dia por 5,50€. Nós fomos de garbanzo con bacalao. Grão de bico com bacalhau. Na Espanha se prepara o grão de bico como a gente faz feijoada. ⁣
⁣
Se quiser acrescentar ao prato do dia, bebida e pão, o valor sobe a 8€. O pão é mara e o vermut muuuito bom, por isso vale a pena acrescentá-los.⁣
⁣
Para ir com amigos e petiscar, há tábuas de frios, colmadas (sanduíches) e conservas. ⁣
⁣
Veja o cardápio inteiro com preços no site oficial: http://lacolmada.com ⁣
⁣
Destaque: atendimento 5 estrelas.⁣
⁣
#madri #madridlovers #madridfood #restaurantesmadri #restaurantesmadrid #foodphoto #foodporn #foodpic @lacolmada
  • Hotel maravilhoso em Madri⁣ 🔝
Gente do céu, apaixonei por um dos hotéis que testei nessa última viagem para Madri. ⁣
⁣
Na verdade, também gostei de outro, que vou postar mais para frente. ⁣
⁣
Mas voltando a esse 4 estrelas incrível que me hospedei em 2 noites diferentes, uma com minha sogra e outra com meus pais.⁣
⁣
Ocupa um edifício histórico que foi o maior arranha-céu da Espanha na década de 1950. Foi remodelado totalmente pela rede RIU e reabriu nesse último verão.⁣
⁣
Mas o que quero destacar é o atendimento prestado por todo o staff, desde a recepção ao senhor que abre a porta. Passando pela senhora que retira os pratos da mesa no café-da-manhã. De tirar o chapéu!⁣
⁣
Os dois quartos que me hospedei tinham uma vista incrível de Madri, com Palácio Real incluído.⁣
⁣
Os hóspedes tem livre acesso a um dos melhores mirantes da cidade. E ainda conta com um piscina (bem pequena), academia, café da manhã com show cook e uma localização fantástica!⁣
⁣
Para ver preços e outras opiniões, clique no link da bio. Por que estou fazendo dessa forma? Se alguém resolver reservar, recebo uma comissão que não onera para nada meu seguidor, mas que é importantíssima para manter o Turomaquia e o Arte 365 navegando! ⁣
⁣
Desenvolver conteúdo de qualidade é caro e demanda muito tempo. Por isso, pequenos gestos como esse, permitem que os criadores mantenham seu trabalho. Não permita que apenas os conteúdos lixo sobrevivam nessa selva digital! É uma compromisso de todos nós!⁣ Vou mostrar o quarto nos Stories!
⁣
#hotelmadri #ondedormiremmadri #hotelmadricentro #hoteldesign #madrilovers #madrid #mirante
  • ⁣
Palmeritas Original, novidade em Madri.⁣
⁣
O dono de uma das melhores confeitarias de Madri e do melhor croissant de framboesa abriu essa “porta” no coração da Gran Via, praticamente na frente da Primark. ⁣
⁣
O responsável? Alejandro Montes e sua casa insígnia? Mama Framboise. ⁣
⁣
Eu escrevi porta porque está pensado para atender o pessoal na rua. Mas também dá para entrar no hotel Hyatt e saboreá-las desde dentro com um cafezinho quente!⁣
⁣
Loja de um único produto, a palmerita, conhecida no Brasil como palmier ou ainda como orelhas de elefante 😋⁣
⁣
Um doce de massa folhada que Alejandro deu um giro de 180 graus criando 12 sabores diferentes, uma mais legal que o outro. Eu provei a “castiza”, ou seja, a palmerita com mais sabor a Madri que leva geléia de morango, chocolate de amoras e pétalas de violeta cristalizada. ⁣
⁣
Crocante, fresca e de sabores surpreendentes. Meus pais também adoraram. ⁣
⁣
💶 O preço? 1,70€⁣
⁣
⏰ Abre de segunda a quarta-feira das 8:30 às 22:00 horas. Quinta e sexta-feira das 8:30 à meia-noite. No sábado das 9:30 à meia-noite e no domingo das 9:30 às 22:00 horas.⁣
⁣
📫 End.: Calle Gran Vía 31, 28013⁣
⁣
Fotos próprias e de divulgação

Follow Me!