Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 26 2014

Nonantola, um pedacinho da Emilia-Romagna prá chamar de seu

Nonantola - Emilia Romagna
Sabe aquela música do Erasmo, você precisa é de um homem prá chamar de seu. Em 2014 quando a mulherada já se emancipou (ou deveria!) a gente pode buscar coisas que substituam esta ânsia de possuir algo. Destinos se prestam muito mais a este imaginário do que pessoas, e é muito mais chique, você não acha?

Tenho uma coleção de destinos que pelas razões mais loucas chamo de “meus”. No ano passado a esta categoria se juntou Nonantola. Nascida em 752 quando no local Santo Anselmo Longobardo fundou um mosteiro beneditino. E o santo não era fraco não, porque em pouco tempo o mosteiro se converteu em um dos mais poderosos do norte da Itália.

Para que você entenda esta importância, algumas mudanças de estilo artístico na arquitetura apareceram primeiro aqui, inclusive antes da poderosa Modena (que fica ao lado!). Partituras musicais encontradas no mosteiro ajudaram a entender a história da música! Estamos falando de uma época que uma partitura musical era uma jóia como pode ser hoje um quadro de Picasso. Algo que poucos podem se dar o luxo de ter em casa 🙁

Fora toda esta história que carrega o mosteiro, alucinei de entrada ao ver o tipo de planta da igreja. Que depois descobri que era comum nesta zona, mas que eu nunca tinha visto antes em um templo tão antigo, o altar elevado. Fecho os olhos e consigo sentir a atmosfera daquele lugar, e o amor desenfreado de sua gente por ele. Se me impactou o mosteiro, o que me ganhou foi a paixão daquele povo, daí já não tinha volta, Nonantola você era o que me faltava na minha coleção de lugares prá chamar de meu!
Nonantola - Emilia Romagna
Nonantola - Emilia Romagna Mosteiro de Nonantola - Emilia Romagna
Ok, você não curte velharia, e só simpatia não te convence. Então quem sabe, eu possa te pegar pelo estômago. Vá direto à Piazzeta del Gusto, restaurante tradicionalíssimo onde toda a “pasta” é fresca e produzida ali mesmo. Conheci a incrível Alessandra, responsável pela produção diária. Aliás, você não quer aprender a fazer alguns pratos? No Piazzeta eles oferecem um curso de cozinha, onde o chef Nicola é o professor, e ao final você come o que foi produzido durante a aula.

Tenho que confessar que eu não apreciava muito o mascarpone até comer o servido na Piazzeta, acompanhado por um balsâmico tradicional de Modena. Dio santo, o que era aquilo?! Só a sobremesa já vale a viagem até lá, e o preço também é ótimo para Europa, 6€. Não deixe de provar a pasta local, o passatelo.
Nonantola - Emilia Romagna
Nonantola - Emilia Romagna
Nonantola - Emilia Romagna
Do almoço para uma visita à adega “Cantina Gavioli – Donelli”, que além de uns lambruscos robustos, nada a ver com aqueles doces até a exaustõ, guarda um enorme segredo 😉 um verdadeiro museu da produção do vinho e do automóvel. Teus olhos não vão acreditar na riqueza do que verão. É só pedir com carinho aos donos, que eles mostram! Espero que você tenha sorte de encontrar com o apaixonado e um dos principais responsáveis pela coleção, Giovanni Corradi.
Nonantola - Emilia Romagna
Nonantola - Emilia Romagna
Nonantola - Emilia Romagna
Nonantola - Emilia Romagna
Diz a verdade, tem como não se apaixonar por um lugar como esse? E que lugar, você definitivamente chamaria de seu?

Informação prática
Mosteiro de Nonantola
Curiosidade: também é conhecido como Mosteiro de São Sivestre de Nonantola, porque o Papa Estevão II ofereceu ao lugar as relíquias de São Silvestre.
Entre aqui para ver os horários da visita.

La Piazzetta del Gusto
End.: Via Roma 24
Site: http://www.lapiazzettadelgusto.com/

Cantina Gavioli-Donelli
Um dos ilustres clientes da cantina foi Enzo Ferrari.
A adega pode ser visitada das 10:00 às 13:00 e das 15:00 às 19:30 horas, fecha na segunda-feira.

Para mais informação de Nonantola, visite: http://www.visitnonantola.it/

O Modenatur oferece um pacote interessante de fim de semana na Emilia Romagna, que inclui 1 noite num B&B ou hotel rural próximo à Modena/Nonantola + visita guiada à produção do balsâmico de Modena com degustação + visita guiada à produção do lambrusco com degustação + visita guiada à produção do parmigiano reggiano + classe de cozinha no Piazzeta del Gusto com almoço depois da aula por 150€ (não inclui os traslados). Para mais informações: www.modenatur.it

Veja todos nossos posts da ITÁLIA

Planejamento ViagemBusque e reserve seu hotel em:  Bologna | Milão | Veneza | Roma | FlorençaAssim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Planejamento ViagemLembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países europeus. Fora que, qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Na Blogosfera:
Eu fiz esta visita com a Janice do Solo Traveller e a Kristen do Be My Travel Muse. Veja o post da Kristen sobre a aula de cozinha clicando aqui.

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Estive em Bolonha a convite do Turismo de Emilia Romagna. Mas minhas opiniões aqui são pessoais, e este não é um publieditorial. Para saber mais sobre este convite, leia este post.

7 Comentários

  1. Natalia Itabayana

    Eu amo esses cantinhos despretensiosos que se revelam como pequenos paraísos no meio do caminho na Itália. O país sempre me surpreende, as experiências são intensamente sensoriais, e a cada volta de lá trazemos na bagagem uma riqueza: esse monte de causos pra contar que aprendemos com os locais, que ensinam com muita devoção o que sabem. Eu incluiria no roteiro sem dificuldade!

    responder
  2. Angela Antunes

    Oi, Patricia.Antes de mais nada preciso dizer que adoro seu blog. Sigo sistematicamente e vivo indicando. Bem, em setembro vou passar 15 dias em Florença e fiquei interessada em conhecer esse lugar (Nonantola). Vc sabe como ir de Florença p’ra lá? O trem passa em Modena, e de lá, será que tem transporte?
    Bem desde já, obrigada. Abraços.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Angela, durante esta viagem fui de trem de um lado pro outro. Mas neste dia, fomos as 3 blogueiras de carro 🙁 mas amanhã vou dar uma pesquisada prá ti. E vc me deu a ideia para 2 posts que vou fazer até a próxima semana! Brigaduuu por ser leitora do Turo!
      Um abraço

      responder
  3. Lena

    Ai, Pat!!! Como fazpra ir DJÁ? Dio Santo! Que vontade que me deu! ????

    E olha, se você não curte mascarpone, da próxima vez que estiver na Itália, procure o mascarpone di gorgonzolla. Você não tem noção!! ???? Eu provei em Siena há 20 anos e não esqueço nunca!

    Beijos, ????

    responder
    • Patricia de Camargo

      Lena, vou procurar sim 🙂 Brigaduuu pela dica e pela visita!
      beijos

      responder
  4. Wagner Deczka

    Conheci Nonantola no começo deste mês e fiquei maravilhado com a cidade, com a cultura, o povo e suas histórias é realmente mágico nunca me senti tão em casa em um lugar tão longe da minha própria casa! Chamo de meu com muito amor, pasta, lambrusco e orações!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Wagner, entendo perfeitamente como vc se sentiu em Nonantola 🙂

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Publiquei a última parte do guia de leitura desse mês. Lembre que nosso bate-papo sobre ele vai rolar no dia 27 de fevereiro às 19:30 horas no YouTube - Patricia de Camargo. Ah, é o guia vc encontra no www.turomaquia.com 🤓

#lendoarte #seurat #nationalgalleryoflondon #pontilhismo #historiadaarte #artemoderna #issoearte
  • Sentados no chão do café da Galeria degli Uffizi tomando um aperol spritz após a visita. E você acha que a gente tá com cara de infeliz?! 😂😂 Esse é um baita museu, mas que tem um café minúsculo, então não tivemos muita alternativa e estávamos mortos depois de 6 horas entre obras 🤷🏽‍♀️ Qual foi o café ou restaurante que você mais curtiu dentro de um museu?

#galeriadegliuffizi #firenzelovers #artmuseum #museu #italyart
  • Mostro pouco minha cidade por aqui. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é resolver essa pendência 🥳 
#laspalmasdegrancanaria #vegueta #grancanarialovers🖤 #canaryislands
  • Dica Londres: vai para a cidade até 15 de março? Visite a exposição temporária de Dora Maar no Tate Modern. ⁣
⁣
Está simplesmente maravilhosa. Perfeita para você entender como ela passou de atuar como fotógrafa para grandes revistas de moda a ser uma dos bastiões do surrealismo. É claro que falam da sua relação com o Picasso, mas fiquei sabendo lá que ela além de fotografar todo o processo de desenvolvimento do Guernica, também deu algumas pinceladas no quadro e que Picasso se inspirou em uma de suas obras para colocar aquela lâmpada olho no quadro que virou símbolo da luta contra a guerra.⁣
⁣
Para entrar na coleção do Tate você não paga nada, mas as exposições temporárias são pagas. Essa custa 13 libras e vale cada centavo! Evite os finais de semana quando os londrinos também vão em massa ao museu.⁣
⁣
#doramaar #tatemodern #londresmuseu #oqueveremlondres #exposiçoesquevalemapena #artemoderna #historiadaarte #surrealismo
  • Dica de Londres: Sky Garden - Vista bacanuda e gratuita. Numa cidade em que a maioria dos mirantes são caros, é quase uma dádiva ;) ⁣
⁣
O Sky Garden fica na City of London e para subir basta com reservar pelo site: https://skygarden.london/booking ⁣
⁣
Como tem uma varanda aberta, no inverno faz frio lá em cima, por isso vá preparada(o)!⁣
⁣
Hoje por exemplo, dia 03/02 já estão abertas as reservas até 1/03. Lá em cima dá para comer alguma coisa, beber um drink. Abre de segunda a sexta das 10:00 às 18:00 horas. Nos finais de semana e feriados, das 11:00 às 21:00 horas.⁣
⁣
#skygardenlondon #mirantelondres #londresdesdecima #londonlovers #londonviews
  • Dica de Londres: na real essa dica quem me deu foi a clarissa do @dondeandoporlondres. Estava fazendo umas pesquisas em Londres e ela me disse que devia ir a Guildhall Art Gallery. Sai do Sky Garden e fui caminhando até o centro administrativo da City of London. O lugar em si já tem uma atmosfera difícil de explicar. Mas vamos lá, você vem andando entre arranha-céus, passa por edifícios neoclássicos da Justiça e de repente entra numa espécie de praça com um chão lindo e edifícios que te abraçam na sua escala. Ou seja, são grandes, mas depois de passar pela selva de pedra, parecem casas, se é que você me entende ;)⁣
⁣
Como todos os grandes museus londrinos, a entrada é gratuita. Exceto, quando abriga exposições temporárias. Primeira surpresa: os restos arqueológicos da cidade romana: Londinium, construída no século 1 d.C. e que chegou a ter entre 20.000 e 30.000 habitantes. No subsolo do Guidhall Art Gallery poderá ver alguns dos restos arqueológicos numa montagem prá lá de didática.⁣
⁣
As salas da galeria abrigam pintura vitoriana, ou seja, produzida entre 1837 e 1901, durante o reinado da Rainha Vitória. São vários estilos, pois essa denominação é temporal. As pinturas estão divididas por tema que te mostram como era a sociedade da época. ⁣
⁣
Assisti parte de um tour gratuito e se você tem um inglês intermediário, acho que valeria a pena dar uma olhada se no horário da sua visita não tem nenhum acontecendo. ⁣
⁣
Uma das peças-estrela do museu é "La Ghirlandata", pintura pré-rafaelita de Dante Gabriel Rossetti. Mas que infelizmente está sendo restaurada nesse momento. Mas mesmo assim, vale a pena a visita. Calcule entre 30 minutos e 1 hora para a visita. ⁣
⁣
#guidhallartgallery #londonmuseum #londonlovers #prerafaelita #pinturavitoriana #artlondon

Follow Me!