Guias de Viagem e Arte

 
 
out 22 2008

O que se ouvia por aqui: Elefantes

Um belo dia de 2003 escutei uma música na televisão espanhola, que não saia da minha cabeça. Descobri que era de um grupo que chamava Elefantes, e que a canção era “Que yo no lo sabía”. Conta as sensações geradas por um encontro inimaginável, com alguém que lhe inunda de alegria, alguém que lhe faz sentir imensamente feliz …

Pura poesia a forma que se canta este amor que te invade de uma tranquilidade, de uma paz de espírito, e que te provoca uma vontade absurda de ser melhor pessoa …

Mais tarde na FNAC de Barcelona comprei um disco deste grupo catalão, que tocou junto de 1994 a 2006, quando dissolveram o grupo. O vocalista seguiu carreira solo, a maioria das canções eram escritas por ele, quer dizer, 90%. O seu nome é Shuarma, e foi ele quem deu nome ao grupo, e quando perguntaram o motivo da escolha, ele simplesmente respondeu:

Elefantes? Por quê? Penso em porque estamos fazendo tudo isso. Penso na necessidade vital de fazer canções. Em outras culturas se associa ao elefante com todo o relacionado à alma, é um animal sagrado, assim que Elefantes será isso. Um grupo com alma.

Que yo no lo sabía,
quién me lo iba a decir,
que solo con tu sonreír
inundarías todo mi ser de alegría.
Y yo no lo sabía,
que me podía encontrar
algo tan dulce como tú.
Eres lo más bonito que he visto en mi vida.
Y yo no lo sabía,
y si me vuelvo loco es al sentir
que hay tantas cosas que vivir,
y yo sin ti no lo sabia.
Por la calle no hago mas que sonreír.
Y es que todo el tiempo estoy pensando en ti.
¿que le voy a hacer?
Es curioso como hay días en los que
todo es magia, todo es arte y ya lo ves,
no puedo callar,
ni dejar de ser el loco que esta
rendido aquí a tus pies.
Y yo no lo sabía….
Aunque hable la gente solo oigo tu voz.
Completamente borracho por tu amor,
¡Que pesado estoy!
Pero es que tampoco me quiero callar.
Mas bien al contrario, yo quiero gritar
que soy muy feliz si estas junto a mi.
Te quiero a morir. Estoy loco por ti.

Nesta versão que vocês escutaram, eles cantam com Antonio Vega, outro peso pesado da música espanhola, mas isso será assunto para outro post!

Quer ver o trabalho en solitário de Shuarma, dá uma olhada nestes dois videos de suas novas canções, ou dá uma passada no site oficial do cantor.

Te esperaré – Shuarma

El niño que fui ayer – Shuarma

Amanhã mais cultura espanhola, e desta vez será de “lamber os beiços” (risos)

Música: http://www.goear.com
Videos: YouTube
Letra música: www.elefantes.net

Tags Technorati: , ,

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

3 Comentários

  1. Claudia Pimenta

    oi patricia! bacana conhecer música de outros povos… acho bárbaro! bjs, querida!

    responder
  2. IES Siete Palmas

    Hola Patricia, buen grupo, buena canción y buen gusto musical.Samuel

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Claudia eu também adoro e por estou postando esta temática todas as semanas! E se sair algo no BRasil me avisa!Samuca, gracias por los alagos jejejejejeMil besos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Olha a quantidade de pássaros no lago do  Parque del Retiro 😱

O clima está meio maluco. Choveu, fez sol, frio, nem tanto, tá parecendo Curitiba 😂

#parquedelretiromadrid #madridlovers❤️ #roteiromadri
  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes
  • Fim da San Silvestre! Foto tirada por um amigo querido, Federico. Agora partindo para a casa da minha sogra e vc onde vai passar essa noite?

#sansilvestrelaspalmas #anonovo2020 #laspalmasdegrancanaria #running

Follow Me!