Guias de Viagem e Arte

 
 
ago 17 2010

Primeiro Jantar em Dublin – Telenovela Eire

Café no Museu Arqueológico Nacional: 2,60€
Café da manhã Irish: 6€
Chegar em “casa” e ter uma feijoada preparada pelos amigos: não tem preço.

video: turomaquia_2010

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

7 Comentários

  1. Mari Campos - Pelo Mundo

    Que delicia de video! Aproveitem MUITO a viagem irlandesa, com ou sem mais feijoada 😉

    responder
  2. Armando Camargo

    Por que não veio bolacha para mim ?A veia ja detonou o chocolate….Ooooo dá para melhorar os videos, principalmente, os ar livre, por causa do barulho do vento, tem horas que fica inaudível.Se tu comeu feijoada, nós comemos pastel na janta.Bjs

    responder
  3. Cris Campos

    Estou adorando Pati!!! :DFeijoadinha, que delícia!! E pelo que você falou do povo Irish ser tão friendly, eu tenho essa mesma impressão com os irlandeses que eu conheci por aqui. Beijos, boa Irlanda pra vocês!!

    responder
  4. Natalie

    E essa carinha de fome? :DA feijoada estava com uma cara super boa.

    responder
  5. Anonymous

    Ola Pat e Tom que bom ver vcs sempre cpm apetite! Pat convite os dois para que eles venham a Curitiba, para comer feijoada ou bacalhoada do sr Edison. Bjos(não esqueça da minha revista de tricot)Vica

    responder
  6. Patricia de Camargo

    Mari, obrigado pelos teus comentários nos capítulos da telenovela Eire!!!Mando, o vento por aquelas bandas era intenso!!!Cris, o povo era mais que amável, foi uma das gratas surpresas do périplo irlandês.Natalie, estava deliciosa, e a minha cara de louca congelada no video!!! hehehebeijos a todos

    responder
  7. Maria lucas

    Ah que saudades da Irlanda e de vocês,meus queridos.Estao nos devendo uma visita no Rio de Janeiro.?

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O que é isso? Uma estação de trem basiquinha 😂😂 Qual foi a estação de trem mais bonita que você já conheceu?

#atocha #trem #madrilovers #tremEspanha
  • O entardecer da janela do nosso quarto de hotel. Como alguém abandona esse lugar? 
Mas amanhã não tem jeito, porque uma cidade monumental nos espera no sul 🙆🏼‍♀️ #madridview #madrilovers #hotelview #hotelesdeensueño #madri
  • Pelas ruas de Madri 💁🏽‍♀️ #street_photography #madrilovers #madrid🇪🇸 #espana🇪🇸
  • Desfrutando de uma visão 360 graus de Madri, onde? No nosso hotel. Para descobri-lo, clique no link da bio 💁🏽‍♀️ #viewmadrid #madrilovers #espanha🇪🇸 #hotelcomvistas
  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad

Follow Me!