Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 09 2019

Qual hotel ficar em Veneza – AC Hotel Venezia

Qual hotel ficar em Veneza – AC Hotel Venezia by Marriot – meus critérios de escolha

Como a logística na cidade é complicada e cara, vale a pena dispensar um tempo a mais na hora de decidir qual hotel ficar em Veneza. Nosso hotel era estratégico, chegamos pelo aeroporto low cost de Veneza, conhecido como Veneza Treviso, porque fica na verdade em outra cidade e a 40 km da ilha. O transfer deste aeroporto para Veneza para no Piazzale Roma, portanto buscamos um hotel nessa região.

Outro critério, era o conforto. A primeira vez que visitei Veneza me hospedei em um albergue, tinha 23 anos e um passe do eurailpass nas mãos. Desta vez com o Tom queria curtir outro lado de Veneza, por isso queríamos no mínimo um 3 estrelas boutique ou 4 estrelas.

Na Piazzale Roma encontramos o AC Hotel Venezia by Marriott com uma nota 9,1 no Booking, ou seja, estava na categoria dos “fantásticos”. Reservei no mês de agosto para passar 3 noites, de 28 a 31 de dezembro. O hotel respondeu às minhas dúvidas de forma rápida e eficiente.

Qual hotel ficar em Veneza – AC Hotel Venezia by Marriot – a Localização

A localização é nota 10,0. No Piazzale Roma chegam vários ônibus, tanto do aeroporto de Treviso como do aeroporto principal de Veneza, o Marco Polo. Além do que, é a parada inicial da principal linha de vaporetto da cidade, a Linha 1, que vai por dentro do Grande Canal. Também abriga paradas de outras linhas do “ônibus-barco”.

O hotel está a 550 metros da Estação de Trem Santa Lucia. A única coisa que no meio do caminho tem uma ponte com escadas, a polêmica ponte desenhada pelo espanhol, Santiago Calatrava. A subida é meio pesada com uma mala de 20 quilos, mas você pode pegar um barco táxi até lá sem nenhum problema, ou mesmo o vaporetto.

Só pegamos o vaporetto uma vez para que o Tom tivesse a experiência, porque era bem mais rápido ir caminhando. Para você ter uma ideia dos tempos de caminhada, até:
a) a Piazza di San Marco (a principal da cidade): 1,9 km, uns 25 minutos;
b) Ponte Rialto: 1,8 km, uns 22 minutos;
c) Campo Santa Margherita, com muitos bares e restaurantes: 700 metros, uns 9 minutos;
d) Galeria dell´Accademia, o museu mais importante de Veneza: 1,4 km, uns 17 minutos;
e) Chiesa della Madonna dell´Orto, no coração do gueto judaico: 1,8 km, uns 22 minutos.
Qual hotel ficar em Veneza - AC Hotel Venezia

Qual hotel ficar em Veneza – AC Hotel Venezia by Marriot – atendimento + café/restaurante

O atendimento tanto em recepção como no bar/restaurante foram muito amáveis. Vale a pena investir em Veneza num hotel com recepção 24 horas, são muitos os hotéis em que a recepção apenas funciona até às 20:00 horas. O que complica a vida do viajante que chega mais tarde ou necessita algum serviço.

Por ser um 4 estrelas em Veneza, achei os preços do bar/restaurante excelentes, sem contar que à disposição dos hóspedes se encontravam livros de arte, guias turísticos e jornais. O spritz mais barato que tomei na cidade, foi o do hotel. Paguei 4€, o café também era barato em relação aos preços dos bares.

Faça uma reserva neste hotel, clicando aqui.

Qual hotel ficar em Veneza – AC Hotel Venezia by Marriot – meu Quarto

Achei perfeito, não era enorme, mas estávamos em Veneza! Escolhi um quarto com cama Queen Size porque a metragem do quarto com esta cama e com a King era a mesma. E preferia mais espaço de circulação.

Decoração estilosa, com luzes de leitura que partiam do teto e davam ainda mais charme ao quarto. Televisão grande com muitos canais internacionais. Mesinha de apoio e poltrona para relaxar ou ler. Armário com cofre, tábua e ferro de passar de roupa. Tomadas normais e com entrada USB para carregar eletrônicos.

Um luxo: janelas com vistas para a cidade. Não era para um canal, mas este é realmente um luxo em Veneza. E ainda, o silêncio que reinava de noite.

Banheiro grande com aquela ducha que eu amo, com efeito chuva. Espelho de aumento para se maquiar. Luz no espelho principal que dá aquela levantada na moral quando a gente acorda com a cara inchada de manhã.

Destaque para o serviço de quarto que foi perfeito. Sempre trocavam as amenities que já haviam sido utilizadas, fora que a limpeza em si era ótima. Utilizei o wifi do hotel e funcionou perfeitamente durante toda a estadia. Claro que naquelas horas de pico, às vezes era mais lento, como por exemplo, das 21:00 às 22:00 horas.
Qual hotel ficar em Veneza - AC Hotel Venezia

Qual hotel ficar em Veneza – AC Hotel Venezia by Marriot – relação custo x benefício

Paguei pelas 3 noites pelo quarto duplo com cama Queen Size, 477€, ou seja, 159€ por noite/quarto. O que representaria um valor de 78,50€ por pessoa. Ao que se deve somar a taxa municipal que é cobrada no check-out e é algo normal na Itália. O valor depende da cidade e da categoria do hotel. Neste caso, pagamos 3,50€ por dia e por pessoa.

Eu RECOMENDO este hotel e voltaria a me hospedar sem pensar duas vezes! Portanto, considero que para Veneza a relação custo x benefício era excelente.

Para ver mais opiniões e reservar este hotel, clique aqui.

Planeje sua viagem para ITÁLIA

Veja todos nossos posts da ITÁLIA

Planejamento ViagemBusque e reserve seu hotel em: NÁPOLES | CAPRI | POSITANO | SALERNO | SORRENTO | AMALFI | ROMA | FLORENÇA | MILÃO | BÉRGAMOAssim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Planejamento ViagemLembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Qual hotel ficar em Veneza – AC Hotel Venezia by Marriot – o Hotel em vídeo

Em breve!

2 Comentários

  1. Isabel

    Com 21 dias, Iniciando em Madrid e voltando desde Paris. Esse roteiro: Madrid -> Italia (Roma, Florencia, Veneza) -> Berlin -> Amsterdam-> Francia. Ficaria muito apertado?, acredito que no máximo devo ficar 2 ou 3 noites por lugar.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Isabel, vai ficar muito apertado e corrido. Eu tiraria Berlim e Amsterdam e deixaria para outra viagem.
      Dia 1 – Madrid
      Dia 2 – Madrid
      Dia 3 – Madrid
      Dia 4 – Bate e volta desde Madrid
      Dia 5 – Madrid – Roma
      Dia 6 – Roma
      Dia 7 – Roma – Bate e volta a Pompéia
      Dia 8 – Roma
      Dia 9 – Roma – Florencia
      Dia 10 – Florencia
      Dia 11 – Florencia – Bate e volta a San Gimignano ou alugar um carro para passar o dia no campo toscano
      Dia 12 – Florencia – Bate e volta a Siena
      Dia 13 – Florencia – Veneza
      Dia 14 – Veneza
      Dia 15 – Veneza – dia nas ilhas de Burano, Murano e Torcello
      Dia 16 – Veneza – Paris
      Dia 17 – Paris
      Dia 18 – Paris – bate e volta
      Dia 19 – Paris
      Dia 20 – Paris
      Dia 21 – Paris

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Já viu o novo vídeo da Provence no YouTube - Patricia de Camargo? Estou chocada porque perguntei nos Stories quem tinha assistido o filme do Russell Crowe, “Um Bom Ano” e me senti muito velha 😂😂😂 70% não tinha assistido. E por que perguntei? Porque no novo vídeo aparecem cenários deste filme 😉

#provence #gordes #lugaresdecine #francelovers #russellcrowe
  • Vem “sextar” comigo junto à um dos cenários do filme do Russell 😉 “Um Bom Ano”. Onde? 👉🏽 No YouTube - Patricia de Camargo 😎

#provence #gordes #umbomano #cidadedecinema #francelovers
  • Uma das vistas possíveis de um atrativo mais amado por fora que por dentro, o Padrão dos Descobrimentos em #Lisboa 👉🏽 A entrada custa 6€. 💁🏽‍♀️ Combina com visita ao Mosteiro dos Jerônimo + Torre de Belém + lanche nos Pastéis de Belém e dependendo do horário, caminhada até o #Maat para ver o pôr do sol.

#roteirolisboa #lisboalovers #bairrobelem #padraodosdescobrimentos
  • “Traduzir uma pintura em uma fotografia era um desafio que queria alcançar. Queria respeitar a imagem e a sensação que produzem os mestres, mas necessitava dar uma volta conceitual que pudesse criar uma nova capa visual na imagem original”. 👀 Para saber mais sobre o fotógrafo Freddy Fabris que saltou à fama internacional com uma série de fotografias que ele intitulou: “Renaissance” veja o último post do www.turomaquia.com

#artecontemporanea #artistacontemporaneo #fotografiaartistica #freddyfabrisphotography
  • Por sol neste momento desde o escritório Turomaquia 🙏🏽 #sunset #sunsetlover #laspalmasdegc #grancanarialovers
  • Caminhando sobre uma reserva gigantesca de ocre no novo vídeo da road trip pela #Provence (Clique na bio ou visite o YouTube - Patricia de Camargo). Esta viagem foi genial e é difícil falar gostei mais disso ou daquilo, mas confesso que este dia foi muito especial 😉

#roadtripprovence #roussillon #sentierdesocres

Follow Me!