Guias de Viagem e Arte

 
 
set 23 2006

A chegada a La Rioja (A Saga do Caminho 7)

Acordamos cedo, já não via a hora de sair da pocilga. Foi uma noite tremenda …
Caminho de Santiago

Neste dia fizemos 32 Km, de Los Arcos à capital da Comunidade Autônoma de La Rioja – Logroño. Passamos por Torres del Río, e entramos em Viana. Esta cidade foi fundada no século XIII, e possui muitas construções históricas. Uma delas é esta Igreja – Santa María, com portadas côncavas e repletas de relevos. Nesta igreja está enterrado o filho do Papa Alejandro VI – César.

Os Borgia eram de Valencia e foram grandes personagens históricos (e um tanto quanto depravados!). Esta para estrear por aqui um filme que vai contar um pouco da história dos Borgia.
Caminho de Santiago

De Viana a caminho de um outro estado español. As comunidades autônomas são mais ou menos como nossos estados. Chegamos a Logroño e claro que já não havia lugar no albergue, mas tchan, tchan, tchannnnnnnnn, tinhamos uma reserva na Residência Universitária. Acontece que a residência estava a 1,5 Km da entrada da cidade. Este último kilômetro foi difícil, e cheguei me arrastando.
Caminho de Santiago Caminho de Santiago

Gostei muito de Logroño, apesar de meu estado catastrófico (hehehehehe). A cidade tem 135.000 habitantes. Já foi palco de muitas batalhas em todos os sentidos, por exemplo em 1572 tornou-se a sede do Tribunal da Santa Inquisição. Aonde em 1610, quarenta mulheres que viviam perto das cavernas de Zugarramundi foram julgadas e doze foram condenadas à fogueira por bruxaria. Atualmente, realizam-se festas nestas cavernas, relembrando estas mulheres que provavelmente apenas se reuniam para comer e dar boas risadas, mas que foram condenadas por práticas demoníacas.

Este é apenas um dos vários episódios desta capital da terra do vinho. La Rioja é sinônimo de bom vinho espanhol. Quando se entra nesta comunidade, as videiras ganham protagonismo. Por todos os lados, e o caminho de Santiago passa por dentro de diversas fazendas vinícolas. É uma paisagem única e deliciosa! E é melhor aproveitar cada minuto, porque em breve sairemos de La Rioja e entraremos na enorme Castilla-León.
Siga a gente no Instagram, clicando
Posts relacionados:
Tudo que é bom … (de Saint-Jean-Pied-De-Port a Roncesvalles)
Dificuldades … (de Roncesvalles a Zubiri)
Eu x Eu (de Zubiri a Cizur Menor)
Perdão e Reflexão (de Cizur Menor a Puente de la Reina)
Eu necessito … (de Puente de la Reina a Estella)
Da fonte de vinho a pocilga (de Estella a Los Arcos)

Imagens: turomaquia_2006

4 Comentários

  1. Astroyorch

    A mi la llegada a Logroño se me hizo muy dura. Yo hice exactamente la misma etapa: Los Arcos-Logroño, y el tramo de bajada al final me dejó las rodillas para el arrastre… De todas formas, recuperarse es más fácil ante un buen vino.Muchos besitos desde TenerifeJorgePD.,- Ya deposité la tesis en la Comisión de Doctorado de la Universidad.Fecha de defensa provisional: 18 de Diciembre

    responder
  2. Astroyorch

    Ah, se me olvidaba… En Noviembre vamos al Womad (Ani y yo). Espero que nos veamos, y así conoces a mi churri…

    responder
  3. Silvia Oliveira

    Sabe o que me impressiona? Sua capacidade de sair sorrindo em to-das as fotos! Além do texto ser atraente e conquistador, as fotos são só emoção e alegria!Beijos!

    responder
  4. Morgana

    Patrii!!!Não me admiro que cada um que lê sua história se facina e lê cada palavra com a mesma cede com que se estivesse caminhando os 800km. A expectativa torna-se semelhante aos capítulos finais das novelas…Apenas hoje que fui ler sua saga e estou adorando todas as histórias! Me lembra muito quando assistíamos suas aulas em que cada dia era uma nova inspiração, uma novidade a conquistar todo mundo.Agora espero a continuação de tudo isso e acabarei me obrigando a entrar aqui freqüentemente para não perder as novidades assim que escrevê-las…HeheheTudo isso, de certa forma, me inspira, e muito… e vc sabe para que!Planejar e realizar!!! Viajar! Conhecer! Viveeer!Beijooooos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Pessoas, pessoas, pessoas ... mesmo num mundo polarizado, são os encontros que marcam nossa existência, enfim que nos fazem felizes. Hoje graças a minha amiga Leidinara do @curitidoce conheci a Kitsten do @travelandabroad que me fez essa foto, que revela como eu sou em dias em que os encontros deixam minha alma leve, leve ... Brigaduuuu Kitsten e Lola 🥰

#fotografamadrid #madri #museoreinasofia #photoshoot #hapiness
  • Olha a quantidade de pássaros no lago do  Parque del Retiro 😱

O clima está meio maluco. Choveu, fez sol, frio, nem tanto, tá parecendo Curitiba 😂

#parquedelretiromadrid #madridlovers❤️ #roteiromadri
  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes

Follow Me!