Guias de Viagem e Arte

 
 
set 01 2010

Alugando carro na Irlanda: nunca melhor dito – o barato sai caro! (Auto Europe & Sixt)

Infelizmente nesta viagem perdi um pouco da minha fé nos milagres. Nada de rir, é algo sério! Porque o mais bonito de uma pessoa pode ser sua ingenuidade, sua fé sem limites. Em contrapartida, o mais triste é quando algo lhe arrebata este estado de felicidade, e então se descobre: realmente no mundo turístico não existem milagres!

Nossa história, começa em maio quando decidimos alugar com a Auto Europe (site americano) um carro para a viagem à Irlanda. Pagamos antecipadamente a bagatela de 267€ por 12 dias com kilometragem livre, seguro total com franquia de 1.300 € em caso de alguma avaria ou roubo. Imagina pagar 22,25€ ao dia? Irresistível!

Dirigindo na Irlanda

Resolvemos pegar o carro no aeroporto e assim devolvê-lo no mesmo lugar no último dia da viagem, por duas razões: era o mais cômodo e existia uma taxa para devolução em locais diferentes. Acontece que o único dia da viagem que passei mal foi exatamente quando retiramos o carro. Eu meio enjoada e o Tom pendente de mim, resultado? Não prestamos atenção nos detalhes, e todo mundo sabe onde o diabo mora!

A Auto Europe não tem carros próprios, é uma consolidadora de “rent a car”, como a booking ou a edreams funcionam com os hotéis. Em cada destino eles tem acordos com distintas companhias. Desta vez, o acordo era com a Sixt.

Dirigindo na Irlanda

Até aí tudo tranquilo. O problema começa quando a atendente pede um cartão para garantia do carro (que é normal!) e nos pergunta se queremos ampliar nosso seguro, para que em caso de qualquer problema não tivessemos que pagar a tal da franquia. Como na Irlanda se dirige pela esquerda, e o Tom nunca havia tido esta experiência, achamos prudente pagar 147€ a mais por esta comodidade. Só que ao final não foi esta quantidade que pagamos, mas só nos demos conta no penúltimo dia da viagem. Dei sem querer com a nota fiscal do carro, que colocava 300,06€. O quê?!!! Sim, senhores: trezentos euros! Como assim?

Haviam cobrado 30€ porque atravessamos a fronteira com a Irlanda do Norte. Mais 25,00€ porque pegamos o carro no aeroporto. Os 147,96€ que ao final era a única coisa que nos haviam nos comunicado e que estávamos de acordo. Em cima disto se aplicavam os impostos. Quer dizer, nem os 147 eram ao final 147! O pior? Sem dar nenhuma opção de devolver o tanque cheio, nos cobraram a gasolina sem possibilidade de devolução. Durante a viagem enchemos o tanque com 43€. Mas claro a companhia nos cobrou 57,60€ mais 12,10€ de VAT (imposto), ou seja, 69,70€.

O aluguel ao final saiu por 560€, ou seja 47,26€/dia. O preço continua sendo bom, mas esta sensação que te enganaram é horrível! A Sixt tem menos culpa no cartório mas deveriam ter explicado o que estavam cobrando. Quando devolvemos o carro é que ficamos sabendo o que significavam alguns valores, e tampouco neste momento foram atenciosos.

Dirigindo na Irlanda
Moral: melhor é saber desde o princípio o que se paga e por que se paga! Ou mais simples: o barato sai caro! (risos)

Porque começar uma nova série contando o pior que nos passou? Para alertar aos leitores, para que não lhes passe o mesmo. E ao fim e a cabo para deixar claro que “sempre há uma pedra no caminho”, e acho que não devemos transformá-la em uma montanha que arrase com nossa viagem. Uma pedra é só uma pedra, no nosso caso foi a locação do carro, mas nem por isso deixamos de qualificar Irlanda como uma terra mágica e esta viagem como inesquecível!

12 Comentários

  1. Beatriz

    É Patrícia…acontece nas melhores famílias! A verdade é: quem vai reparar nesses pequenos detalhes quando está curtindo uma viagem? Ninguém! Ainda bem que não atrapalhou o passeio à Linda Irlanda!!!Beijocas,Biawww.biaviagemambiental.blogspot.com

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Beatriz, é verdade, quem repara! E a viagem foi tão legal que contabilizamos isto como um gasto a mais, e um aprendizado, dificilmente alugamos outra vez com a AutoEurope, porque sempre o preço deles não é o final!beijos

    responder
    • Silvia

      Olá Patricia, estava pesquisando blogs pela internet q falam sobre viagem pra Irlanda e me deparei com seu Blog, e fiquei intigada com seu post, pq já aluguei com a Auto Europe e nunca tive problemas, pelo contrario! Se você aceitou outros seguros na retirada do veículo diretamente no balcão, a culpa não é da Auto Europe. Se vc der uma olhada nos termos de condição da reserva, eles falam q você nao deve aceitar nenhum seguro extra na locadora e aceitando, eles nao sao responsaveis. Não vejo onde a Auto Europe possa ser responsável….acho q a Sixt sim foi que te enganou…pq vendou seguro q vc não precisava. Enfim, essa é minha opinião!

      responder
      • Patricia de Camargo

        Silvia, obrigado por contar sua experiência!
        Um abraço

        responder
  3. Oscar

    As duas ultimas vezes que estivemos na Alemanha alugamos carro com a sixt e nunca tivemos nenhum tipo de problema… So fiquei curioso.. Como eles souberam que voces haviam cruzado a fronteira com a irlanda do norte?

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Oscar, também já tinha alugado na Sixt na Alemanha. O problema aqui foi que alugamos com a AutoEurope, e a Sixt era o 3o. em discórdia, neste caso o atendimento ñ foi tão bom como o costume. Nesta situação o consumidor se sente meio "sem pais, sem mãe"!Eles nos perguntaram se íamos cruzar a fronteira, respondemos que sim, e cobraram sem dizer nada. Isto me parece um pouco feio!Fiz o post para alertar sobre o alugar através de uma consolidadora. Nós já decidimos que vamos direto à empresa locadora da próxima vez!beijos

    responder
  5. Marta FG

    Olá Patrícia,

    Também tive uma situação menos feliz agora com o aluguer do carro, neste caso também foi com a Auto-Europe e Sixt (coincidência ou não). Aquando da chegada ao aeroporto à Malta já tinha previamente alugado e pago o carro (baratinho e com reembolso total de franquia) mas fizeram-nos um up-grade do carro (2X) e no lugar do Peugeot 207 deram um Peugeot 407. Aí tudo bem mas recebemos o carro só à noite e tivemos de pagar um extra de 16€ por ser fora de horas (20.20H). Quando levantamos o carro verificamos que o depósito de combustível não estava completamente cheio mas aí tudo bem (afinal, estávamos de férias)e não custava encher no final o carro. No dia seguinte, de manhã, qual não foi o nosso espanto quando vimos que a nossa “banheira” se encontrava um bocado degradada, com um pedaço do farolim partido, a carroçaria um pouco danificada, enfim….um stress. Voltamos ao aeroporto para explicar a situação mas o rapaz do aluguer disse-nos que no fim logo viam os estragos no carro, o que não aconteceu. No final, o carro foi entregue sem mais assunto, principalmente depois de ver que a maioria dos carros em Malta estavam “tocados”.

    Enfim, experiências!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Marta, brigaduuu pelo feedback!

      responder
  6. Miguel Figueiredo

    Quando vou ao banco e me pedem para assinar primeiro leio tudo. Afinal estão a mexer com o meu dinheiro. A este tipo de pessoas que fazem difamação a uma rent a car só lhes posso chamar de pouco inteligentes porque ao recorrer a um site de internet que não nos dá a cara temos que ler os termos e condições para evitar este tipo de surpresa.. é por isto que só alugo directo com a Avis ou Goldcar. Ao menos com eles explicam me tudo muito bem. E fazer seguros é algo que só a experiência e anos de alugueres nos ajuda a saber que só com a companhia que entrega o carro. Pois há sempre letras pequenas nessas empresas de internet que dizem que dias de carro parado e taxas de tratamento não estão incluídas. Só isso custa mais que qualquer seguro local. Isto é um conselho..

    responder
  7. Deyse Ribeiro

    Patricia, tinha comentado na página errada, repito aqui.
    Patricia,
    Uma vez aluguei um carro na croácia, seguro mínimo.
    Estacionamos o carro, fomos para a praia, retornamos e tinha um arranhão (juro mínimo)e meu marido disse – ah, ta dentro da franquia! – e quando devolvemos no aeroporto, prestes a embarcar o funcionário vê o arranhão e diz: – São 370 euros!
    Sim, nos cobraram 370 euros porque, mesmo dentro da franquia, nos deveríamos ter chamado a policia e feito o boletim de ocorrência, mesmo que fosse por um arranhão de terceiros no estacionamento!!!!!
    Lição aprendida, antes de alugar um carro, ja pergunto como devo me proceder em casos como esses, e cada companhia tem um procedimento diferente!!!
    Portanto, conselho de amiga, pergunte antes tudo!!!
    abs

    responder
  8. Andreza

    Boa Noite!
    Tenho uma curiosidade, o valor que aparece no site da Auto Europe em reais quando a gente faz a cotação, e o mesmo que eles cobram no cartão de crédito, mais iof e mais taxa cambial ou não ?
    Ficaria muito agradecida se puder responder meu email porque viajo em breve e estou pensando em alugar o carro com eles para retirar em Orlando.
    Obrigada.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Andreza, eu contratei na Espanha, entao ñ tenho como te responder tua pergunta 🙁 meu problema com eles é que na hora de retirar o carro se quiser seguro total o valor sobe quase 50%!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Dica Madri: como prometi hoje lhes deixo a dica de um hotel econômico na cidade. Queria fazer um vídeo como o de Londres, mas acontece que perdi várias imagens dessa última viagem, só me sobrou essa foto de "look do dia" no quarto 😂⁣
⁣
Peguei umas fotos de divulgação, mas lhes comento que são de quartos duplos, o meu era individual e era bem menor. Mas tinha janela para o pátio interno do hotel, mas por exemplo não havia porta do quarto para o banheiro. Em contrapartida era ótimo porque tinha ducha efeito chuva, cafeteira e cápsulas de café, madalenas de cortesia, ar-condicionado, pisos e madeira, televisão, espaço para trabalhar, mas tudo isso bem condensado 😉⁣
⁣
O hotel está num edifício antigo mas com elevador ao lado do Museu do Romanticismo, ou seja, a localização é fantástica! Duas paradas de metrô estão próximas: Alonso Martínez e Tribunal.⁣
⁣
👁‍🗨 Para ver mais fotos e outras opiniões, clique no link da bio 🤟🏽⁣
⁣
#hotelMadri #madrilovers #hotelBBBEuropa #hotelBBB #hotelemMadri #turoMadri
  • Dica Londres: caminhada recomendada inclusive para sedentários 😂 1,3 km entre o Southbank Centre a Tate Modern junto às margens do rio. Essas imagens são de janeiro, imagina num dia lindo de sol e com um calorzinho?!⁣
⁣
Almocei com a @helorighetto no Ping Pong do Southbank e de lá fui sozinha demoradamente até essa meca da arte moderna e contemporânea. lembrando que a entrada no museu é gratuita, exceto para as exposições temporárias. Mas sempre sugiro uma doação por mínima que seja, já que a união faz a força e manter um centro de arte como esse é caro prá dedéu.⁣
⁣
E aí, qual é tua caminhada favorita em Londres? É apta para todas as idades? Conta prá mim na caixa de comentários 😘⁣
⁣
#londonlovers #caminhadaLondres #oquefazeremLondres #turoLondres #mapadelondres
  • Paguei 60 libras a diária nesse hotel localizado do lado da Abadia de Westminster #londonlovers #hotelbbblondon #hotellondres
  • Publiquei a última parte do guia de leitura desse mês. Lembre que nosso bate-papo sobre ele vai rolar no dia 27 de fevereiro às 19:30 horas no YouTube - Patricia de Camargo. Ah, é o guia vc encontra no www.turomaquia.com 🤓

#lendoarte #seurat #nationalgalleryoflondon #pontilhismo #historiadaarte #artemoderna #issoearte
  • Sentados no chão do café da Galeria degli Uffizi tomando um aperol spritz após a visita. E você acha que a gente tá com cara de infeliz?! 😂😂 Esse é um baita museu, mas que tem um café minúsculo, então não tivemos muita alternativa e estávamos mortos depois de 6 horas entre obras 🤷🏽‍♀️ Qual foi o café ou restaurante que você mais curtiu dentro de um museu?

#galeriadegliuffizi #firenzelovers #artmuseum #museu #italyart
  • Mostro pouco minha cidade por aqui. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é resolver essa pendência 🥳 
#laspalmasdegrancanaria #vegueta #grancanarialovers🖤 #canaryislands

Follow Me!