Guias de Viagem e Arte

 
 
mar 18 2016

Fallingwater ou a Casa da Cascata de Frank Lloyd Wright

Uma das casas mais famosas do mundo já tem mais de 75 anos de idade. No momento de sua construção rompeu com tudo que se conhecia até então, obra de um homem que é conhecido como o pai da “arquitetura moderna” – Frank Lloyd Wright.
casa da cascata 1
casa da cascata 2
Bem é certo que nasceu graças a super confluência de fatores: o arquiteto certo + ajudantes fenomenais + um proprietário com dinheiro e aberto ao novo.
casa da cascata 3
Edgar Kaufmann era proprietário de umas terras de relevo irregular, com quedas d´água e umas cabanas que estavam prtaicamente se caindo. Como era um lugar de veraneio da família, pediu a Wright um projeto para construir uma casa mais confortável para que pudesse passar aí algumas temporadas. Ele imaginava, como metade da torcida do flamengo, que o arquiteto ia construir a casa embaixo de uma grande cascada. Que nada, o Wright colocou a casa exatamente em cima.

Frank Lloyd Wright disse a Edgar J. Kaufmann: “Quero que viva com a sua cascata. Não quero que a veja, mas que seja parte integrante da sua vida”.

casa da cascata 4
Dois pontos que quero destacar:
1. O arquiteto integrou à casa ao meio, e não fez com que o meio “se integrasse” ao seu desenho. Que em outras palavras, na maioria das vezes, significa: DESTRUIR!
2. A influência da arquitetura japonesa, onde um ambiente interage com outro.

Até 1963 a Família Kaufmann utilizou a casa, quando doaram o lugar ao Western Pennsylvania Conservancy. Desde 1964 é possível visitá-la, é uma espécie de museu. Que oferece diferentes tipos de visitas, desde a mais normal guiada de 1 horinha, até tours que incluem desfrutar do por-do-sol nesta obra-prima.

O vÍdeo mostra uma recriação da casa em computador e dá uma idéia precisa do que é INTEGRAÇÃO. Assista em HD!

Fallingwater from Cristóbal Vila on Vimeo.

Para saber mais sobre a casa, visite o site oficial: http://www.fallingwater.org/

Imagens: http://www.fallingwater.org/ , Mikey Exists e Jason Bechtel

2 Comentários

  1. Carmen

    Esta obra de Frank Lloyd Wright , mimética con la naturaleza, servirá como referencia inspiradora a otros arquitectos. Una obra excepcional, de verdad.

    Me ha parecido muy interesante el vídeo de Cristóbal Vila. Vale la pena verlo.
    Saludos.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Es verdad Carmen, es una referencia hasta hoy en los Cursos de Arquitectura.
      besos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!