Guias de Viagem e Arte

 
 
fev 22 2012

Como chegar até Machu Picchu

Há várias formas para chegar a Machu Picchu. A maneira mais clássica é o trem. A Peru Rail oferece vários tipos de trens e horários. A grande maioria dos visitantes opta pelo Vistadome. Mas a companhia oferece outras opções: o Expedition, o Auto Vagón e o Hiram Bingham.

Como chegar até Machu Picchu – Os Trens

O Expedition é o mais simples, mas nem por isso não é um trem charmoso. Os bancos são de tecido, e o lanche servido não é tão substancial como nos demais trens. As janelas são panorâmicas. Sai de Cusco e de Ollantaytambo.
horarios-expedition
Expedition - Trem Peru Rail
comida-expedition

O Vistadome oferece bancos de couro e o brunch servido na ida inclui aperitivos quentes, salada de frutas, doce e bebida quente. Some a isto, o charme do guardanapo de pano, talheres de verdade, nada de plástico. Tudo servido sobre pequenas toalhas de tecido típico andino. As janelas são panorâmicas. Sai de Cusco e de Ollantaytambo.
vistadome-horarios-1
vistadome-horarios-2
Vistadome - Trem para Machu Picchu Vistadome - Trem para Machu Picchu
Vistadome - Trem para Machu Picchu
Vistadome - Trem para Machu Picchu

O Auto Vagón oferece o mesmo lanche do Vistadome, mas as mesas são estilo avião, e não tão espaçosas como no anterior. Servem um brunch na ida. Os bancos são de couro. A lateral do trem é praticamente um grande janelão, mas não oferece as aberturas superiores como o Expedition e o Vistadome. Mas sem dúvida a visão lateral é privilegiada. O grande diferencial do AutoVagon é ser o único que sai de Urubamba. A estação encontra-se dentro do Hotel Tambo Inka. Este trem também sai da estação de Ollantaytambo.
horarios-autovagon
Alto vagón - Peru rail - de Cusco a Machu Picchu
Alto vagón - Peru rail - de Cusco a Machu Picchu

O Hiram Bingham é mais do que um trem que vai te conduzir à Machu Picchu, é uma experiência por si só, e que leva a marca “Orient Express”. Além do percurso no trem de luxo que conta com os seguintes vagões: panorâmico, bar, de poltronas e restaurante. O serviço inclui um brunch na ida e jantar na volta. Subida em ônibus próprio da estaçao de trens até a entrada do recinto. Visita guiada e chá da tarde no único hotel que fica realmente ao lado da cidade inca, o Machu Picchu Sanctuary Lodge. O trem sai apenas de Cusco, e não opera aos domingos.
hiram-bingham-horarios
hiram-bingham1
Hiram Bingham - Peru Rail

Dicas gerais dos trens: alguns horários são mais baratos do que outros. Muita gente apenas passa o dia e retorna a Cusco, assim sendo os trens que saem mais cedo e retornam mais tarde são normalmente os mais caros. A simples regra da oferta x demanda.

Entre janeiro e mediados de abril são realizadas obras de manutenção na via férrea. O que impossibilita que os trens saíam da Estação de Poroy. Peru Rail coloca um serviço de ônibus de Cusco até Ollantaytambo que está incluído no preço. Mas esta ida super cedo de ônibus é meio chatinha, recomendo para quem viaje nestas épocas dormir a noite anterior no Valle Sagrado. Além do bilhete sair um pouco mais barato, você economiza tempo. Caso não encontre um hotel em Ollantaytambo, vários hotéis do vale oferecem traslado à estação de trens pela manhã.

Como chegar até Machu Picchu – Trekkings até Machu Picchu

Também dá para caminhar até lá. Neste quesito também há múltiplas possibilidades, desde a caminhada clássica de 4 dias, que sai de Cusco (U$ 385 a U$ 580), até a que sai diretamente do vale, e que dura 1/2 dias (U$ 270 a U$770). Como o governo controla o número de pessoas nos trekkings, esta é uma opção que deve ser reservada com certa antecedência, principalmente nos períodos de férias.
Trekking to Machu Picchu

A outra possibilidade, é caminhar pela Trilha de Salkantay. Veja a diferença entre as duas (via http://www.machupicchu.com.br):
diferencias-trilhas

Leia os posts que a Malu escreveu sobre sua experiência nesta trilha, clicando aqui.

Como chegar até Machu Picchu – Ônibus Aguas Calientes – Machu Picchu

Todos os trens e o trekking de Salkantay chegam a Aguas Calientes. Dá para subir caminhando até o recinto arqueológico, mas é uma bela caminhada dentro da selva em uma trilha empinada. O mais cômodo e rápido, é pegar o ônibus que sai quase em frente da estação de trens e que te deixa na entrada de Machu Picchu.
Aguas Calientes - Ônibus p/ Machu Picchu

Cruze o rio e passe pela bilheteria, antes de entrar na fila. Cada trajeto custa U$8,00, se vai descer também de ônibus, aproveite e compre a ida-e-volta por U$ 15,50. A frequência é de 15 a 20 minutos.
onibus-aguas-calientes

Existem rotas alternativas de ônibus/trekking desde Cusco, mas que demandam bastante tempo de viagem, entre 20 e 48 horas. Isso mesmo, só para chegar a Águas Calientes. Para ler um relato em inglês, clique aqui.
chegar-a-machu-picchu

Para ler dois relatos em português, clique aqui e aqui.

Veja todos nossos posts do PERU

Busque e reserve seu hotel em: Cusco | Machu Picchu. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste ano de 2016, coloque o código: AFILI2016 . Para ver os descontos em outros meses, clique aqui.

Posts relacionados:
Como é o Tour do Vale Sagrado Inca
Ollantaytambo, uma bela surpresa do Vale Sagrado Inca
Machu Picchu – Primeiras Impressões

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Chamada video 2

fotos: turomaquia_2011
mapa com rotas alternativas: http://www.andeantravelweb.com/peru/destinations/machupicchu/index.html
mapa trilha inca: http://www.innovatravelperu.com/br/trilha-inca-4-dias/
fotos de divulgação com logo: Peru Rail

18 Comentários

  1. Raquel

    Excelente post! Abraços, Raquel

    responder
  2. Aline Ricarte

    Oi Patrícia!
    Muito bom o post!!!! Super explicativo! Adorei! Parabéns!
    Abraços, Aline

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuuu Aline 🙂

      responder
  3. Victor

    Achei muito legal este blog, super!, vale a pena ver para ter como guia, parabéns Patricia.

    responder
  4. GIlberson Cavalcante

    Olá Patricia,

    Eu simplesmente amei seu blog, estou apaixonado e não consigo parar de ler. Bom, no exato momento estou me deliciando com Peru, minha próxima viagem. Está marcada para agosto (espero que o tempo ajude).
    Bom, como não tenho tanto tempo disponível, minha viagem é de apenas 8 dias. Então desejo sua opinião sobre a divisão de dias por cidade.

    Como chego a noite do primeiro dia em Lima, penso o seguinte:
    -D1(noite) e D2
    -Manha de D3 aviao para Cusco, ficar lá D3 e D4
    -Final da tarde de D4 (em Ollantaytambo) pegar trem para MP
    – D4(noite), D5 e D6 em MP
    – D6 a tarde voltar de trem para Cusco pra dormir
    – D7 de manhã pegar voo para Lima
    – D8 de manhã voltar para Brasil

    Baseei-me no que vc postou. Então, o que achas? Consigo fazer uma boa qtde de passeios? Tipo: em Cusco fazer o vale e o city tour?

    Obrigadão pela ajuda e mil parabens

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Gilberson, primeiro brigaduuuu pelas tuas palavras 🙂 É muito legal receber um feedback!

      Vamos ao teu roteiro, dentro do tempo que você dispõe, está ótimo!
      No dia 4 faça o tour do Valle Sagrado e peça para que te deixem em Ollantaytambo, assim vc esconomiza tempo e $ e já parte para MP.
      Avalie bem o de entrar em MP em dois dias porque terá que pagar 2 entradas. Se você acordar bem cedo no dia 5, poderá fazer muita coisa e retornar a Cusco no último trem, e aproveitar o dia 6 para ver mais atrativos dos arredores da cidade, ou até fazer o city-tour neste dia. Porque no dia que chegar a Cusco (D3) é recomendável ñ fazer muita coisa para se adaptar à altitude.

      De qualquer maneira, iria ao médico e pediria algum remedinho para ajudar com o mal de altura, eu ñ fiz isso e me arrependi. Porque sofri bastante!

      Qualquer outra dúvida, é só deixar outro comentário!
      Um abraço

      responder
  5. Dayne Dantas

    Oi Patricia, adorei as dicas, estou me programando para ir a MP, só tenho um probleminha, pouco tempo. Vc sabe me dizer quanto tempo levo de MP a Santiago, no Chile? E os valores das passagens de trem?
    Beijão

    responder
  6. Simone

    Olá, Patrícia. Estou adorando ler seu blog. Suas dicas e seus relatos são ótimos e muito úteis.
    Irei com meu marido para o Peru em agosto e faremos 10 dias de viagem. Gostaria de algumas dicas suas.
    Começarei por Lima, onde pensei em ficar por uns 2 dias no começo da viagem. E, como terei que retornar lá para voltar para o Brasil, pensei em deixar mais 1 dia no final da viagem.
    Ainda estou montando o roteiro e, por enquanto, apenas fechei o passeio em Huayna Picchu/Machu Picchu. Para garantir meu bilhete por lá, fiz a compra antes de fechar o resto de meu roteiro. E, agora, estou no maior perrengue para organizá-lo do jeito mais proveitoso possível 🙁 .
    Minhas dúvidas são as seguintes, pra começar (rsrsr):
    Chegaremos em Lima no dia 09/08, pela manhã.
    Meu bilhete em M.P. está comprado para o dia 15/08. Então, pensei em fazer o seguinte:
    09/08 – Lima – passeio por alguns bairros da cidade
    10/08 – Lima – sítios arqueológicos (será que consigo ver pelo menos uns 2?)
    11/08 – saída para Cusco (pretendemos ir cedo de avião e deixar esse dia para aclimatação, com passeios leves pela cidade)
    12/08 – Cusco – Vale Sagrado
    13/08 – Cusco – vale Sagrado
    * dúvidas: Como dividir melhor esses dois dias para o Vale Sagrado?
    14/08 – saída de trem de Peroy para Águas Calientes
    * dúvidas: 1) vale a pena sair do Vale Sagrado para Águas Calientes ? Ainda não comprei o bilhete e tenho dúvida se é melhor comprar com saída pela manhã ou no final da tarde. O que é melhor, levando em conta que talvez seja melhor aproveitar o dia em Cusco e/ou vale Sagrado, porém, precisarei reservar tempo em Águas Calientes para comprar passagem do ônibus para chegar em M.P. para o dia seguinte? Que hs fecha o local de venda desse bilhete?
    15/08 – Huayana Piucchu/M.P – comprei bilhete para o 1º grupo, das 07 às 10 hs. Pretendo fazer o passeio por M. Picchu durante o resto do dia.
    * dúvidas: 1)os bilhetes de trem com destino a Peroy (mais baratos) estão esgotados para os últimos horários. Só há vagas para o horário das 15:20. Será que dá tempo para fazer todo o passeio por Huayana P./M.Picchu com calma e ainda pegar esse trem? 2) Seria melhor pegar o último trem que sai para Ollantaytambo, já que é mais barato e tenho opção de viajar mais tarde? Neste caso, faria mais 1 dia de tour pelo Vale Sagrado no dia 16/08? É fácil me hospedar, locomover por lá?

    Para o final da viagem, pensei ainda em passar 01 dia em Puno (saindo de ônibus de Cusco para Puno, fazendo bate-volta), que seria no dia 17 e finalizar dia 18 em Lima (meu vôo sai à noite). Vc acha viável ou ficaria muito corrido?

    Ah, vc tem contatos de guias para Cusco (Vale Sagrqado)e para Machu Picchu?

    Bom, como deu para perceber, as dúvidas são várias. Mas, agradeço imensamente as suas dicas.

    Beijos

    responder
    • Patricia de Camargo

      Vamos lá Simone,

      1) Em Lima não deixe de visitar o Centro Histórico de forma independente ou com uma visita guiada: https://turomaquia.com/o-que-fazer-em-lima/

      2) no dia 12 poderia fazer este passeio: https://turomaquia.com/como-e-o-city-tour-em-cusco-da-catedral-ao-incrivel-saqsaywaman/, e no dia seguinte: https://turomaquia.com/vale-sagrado-peru/; agora caso decida sair do Vale Sagrado para Machu Picchu (que vale a pena – Ollantaytambo) deixe este passeio para o dia 14 e faça a outra parte do Vale no dia 13 (salinas de Maray).

      3)sobre dormir no Vale e sair para Cusco, deve ter ônibus mas infelizmente ñ sei te informar; o contrário é legal porque vc pode ficar por lá desde o passeio do Vale, tem muita gente que faz isso.

      4) o melhor depois de MP é dormir outra vez em Cusco até para ter um lugar pra deixar tua mala, para MP ñ dá para viajar com malas, tem um limite de peso no trem. Eu deixei minhas coisas no hotel, e viajei com uma mochila pequena já que dormi uma noite em Aguas Calientes.

      5) no dia de Machu Picchu despertaria o mais cedo possível (abre às 06 da manhã), para pegar o lugar sem a multidão que chega no primeiro trem, e depende do que quiser fazer dá tempo pra fazer tudo mas será cansativo; também pense que o monumento fecha cedo às 17:00 horas. A coisa é que terá que sair de lá às 14:30/14:40, para pegar o ônibus que te levará a Aguas Calientes (que se compra na hora, nem se preocupe na subida) que demora uns 20/25 minutos.
      Chegar 06:00 – para o primeiro UAU
      06:45 estar na fila para HP – leva umas 2 horas e meia
      10:00 fazer uma visita guiada, o tempo depende do que contrate, a minha levou quase 3 horas. O ideal pra ti seria uma personalizada de 2 horas, para que tivesse tempo para ir até a Estrada do Sol, que é muuuito lindo. Voltaria por volta das 14:20, e teria que sair para pegar o ônibus.

      6) todos os passeios guiados contratei com a Setours ou no próprio lugar.

      7) se volta de MP para Cusco no dia 15, poderia ir para Puno no dia 16 (até com o Ônibus turístico ou com o trem que levam 10 horas no percurso); dia 17 faria o passeio pelo lago; e voltaria dia 18 para Lima, mas ñ deixe pocuo espaço entre o voo de Puno – Lima e o internacional!

      Na volta me conta como foi!
      beijos

      responder
      • Hélida

        Oi, Patrícia.
        Não entendi o seguinte: se o parque fecha às 17:00 horas, pq a recomendação de sair de lá às 14:30 para pegar o ônibus para Águas Calientes? É o último horário? Podemos subir de ônibus e descer a pé?

        responder
        • Patricia de Camargo

          Olá Hélida, tem ônibus até o último horário do parque, naquele comentário eu recomendei este horário porque a viajante escolheu voltar num trem que saía no meio da tarde. E sim, dá para subir de ônibus e descer a pé, mas como vc vai andar prá caramba no parque eu também desceria de ônibus 🙂

          Beijos

          responder
  7. Diego Vieira

    Olá!
    Gostaria de ter algumas dicas, pois pretendo fazer uma viagem em torno de 20 dias na América do Sul. Quero muito conhecer Santiago, Atacama e Machu Pichu. São locais muito inviáveis para conhecer em apenas uma viagem?

    Excelente blog!
    Parabéns!

    Abraço.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Diego, é muuuita coisa, até porque a logística é complicada. Só é viável se você voar entre os destinos, daí dá prá fazer mas não será uma viagem muito barata. Não tem voo direto do Atacama para Cusco, e nem de Santiago, então obrigatoriamente vc teria que passar por Lima. Uma boa opção seria fazer: Santiago (3 dias) – Atacama (4 dias) – Salar de Uyuni (2 dias) – La Paz (1 dia)- Copacabana (2 dias) – Puno – 2 dias (trem Andean Explorer – https://turomaquia.com/andean-explorer-uma-das-grandes-experiencias-peruanas-%E2%80%93-trem-de-puno-a-cusco/) – Cusco 4 dias – Machu Picchu (1 dia)

      responder
  8. Roberto Silveira

    Ei Patricia !!!! Seus roteiros personalizados, me levou até Londres e Paris, em uma viagem maravilhosa, e com dicas super úteis !!!! E a claro que vc tbm me levará (através de suas dicas) pera esse belo passeio !!!! Muito obrigado e continue nos presenteando com práticas informações !!!! Abraços

    responder
    • Patricia de Camargo

      Olá Roberto,
      que legal ter notícias suas! Vocês vao amar o Peru, umas das viagens mais surpreendentes que eu fiz.

      Abraços

      responder
  9. ILZA

    Novamente, parabens pelas dicas. Estou apaixonada em suas aventuras.
    eu e meu esposo vamos pra cusco em julho. nunca saimos assim e gostaria de uma dica. acha que compramos tudo por agencia ou da pra ir sem comprar? pensei em comprar apenas a ida pra aguas calientes e ingresso pra machu picchu e pro trem tb, ja que disseram que podem nao haver vagas no trem se deixarmos pra comprar la. tenho medo de aventurar indo sem marcar nada e chegar la nao da pra ir em lugar nenhum por falta de ter reservado antes.
    ja temos essa proposta de roteiro (enviada por uma sra junia indicada por um internauta), que voce acha?
    Dia 21 / Julho: Chegada a Cusco e aclimatação
    Dia 22 / Julho: city tour, precisa ser o dia Inteiro ou meio dia dá?
    Dia 23 / Julho: 08:00 passeio vale sagrado, Pisac, mercado, almoço em Urubamba, Ollantaytambo visita e pernoite
    Dia 24 / julho : 6:00 para Machupicchu e à tarde retorno a Ollantaytambo
    Dia 25 / julho: 08h00 Maras Moray e Chinchero, retorno a Cusco.
    20:00 Partida para Puno em ônibus de turismo
    Dia 26 / julho
    04h00 Chegada a Puno,
    07h00 Passeio a Uros / Taquile; 17:00 retorno para a cidade
    20:00 ida para Cusco ônibus turistico

    Dia 27 / Julho :04h00 Chegada a Cusco/ dia livre
    Dia 28 / Julho cedo: Retorno.

    pode me ajudar. abçs

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ilza, vamos lá 🙂
      1) entradas Machu Picchu e o trem, melhor comprar antes. O número de pessoas que pode entrar em Machu Picchu é limitado, por isso a necessidade de comprar antes, e o trem para que possa escolher o melhor horário!
      2) os demais passeios pode comprar todos lá mesmo, sem problemas.
      3) o city-tour costuma ser de meio dia.
      4) na ida ou na volta poderiam pegar o ônibus turístico durante o dia, eu fiz este trajeto de trem, e foi lindo, e me comentaram que há um trem que faz algumas paradas, e que o trajeto é muuuito bonito. Acho meio power duas noites no ônibus, eu dormiria no dia 26/julho em Puno; e faria o passeio da volta durante durante o dia 27/julho.
      5) ñ sei se os passeios para Maras Moray e Chinchero saem de Ollantaytambo, por favor, na volta me conta como foi!

      Beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao
  • Depois de ver a história escancarada diante dos seus olhos em Berlim. De sentir as feridas n’ alma causadas por um muro que separou famílias, amigos, amores. Talvez você necessite de um pouco de barroco e rococó para voltar a ver o lado rosa da vida. Pra isso passa lá no www.turomaquia.com e veja o guia completo para conhecer o palácio de verão de Frederico, o Grande. Um bate e volta perfeito desde BERLIM 🤩

#alemanha #berlinlovers #berlim #sanssouci #barroco #roteiroberlim
  • Não é necessário fé para se emocionar em locais de peregrinação como Fátima. Somente faz falta ter dentro do corpo algo que se acordou chamar empatia.

Vc já visitou algum grande centro de peregrinação? Qual?

Hoje no blog publiquei um guia completo de Fátima, um dos maiores centro de peregrinação mariana do mundo 🌎 
Para ler, guardar ou imprimir 😉 visite o www.turomaquia.com ou clique no link da bio 👀

#santuariodefatima #fatimaportugal #turismoreligioso #3pastorinhos #portugallovers #roteirosturo
  • O Belvedere é um dos atrativos incluídos no Vienna Pass e foi minha primeira visita no dia que utilizei o passe.

Na verdade só visitei um dos edifícios, o Upper Belvedere, para viajar no mundo de Klimt. 
Tinha lido que não se podiam tirar fotos, agora está permitido desde que seja sem flash 😍

#vienalovers #belvedere #viennapass #klimt
  • Porque a vida é feita de detalhes 😘

#goult #provence #roteiroprovence #francelovers

Follow Me!