Guias de Viagem e Arte

 
 
mar 12 2020

Coronavírus e viagens – Cancelo minha viagem?

Enfim, o que é o coronavírus?

Coronavírus EuropaSegundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) os coronavírus (CoV) são uma família ampla e já conhecida, que pode causar desde uma gripe comum ou uma síndrome respiratória aguda grave, como foi o caso do SARS-CoV em 2003.

O vírus atual é novo, ou seja, uma nova cepa que ainda não havia sido encontrada em seres humanos. Ainda não se conhecia nem o vírus e tampouco a doença causada pelo COVID-19. E portanto não existe uma vacina ou remédio que cure de forma definitiva o COVID-19. Apenas se tratam os sintomas.

“¿Existen medicamentos o terapias que permitan prevenir o curar la COVID-19?

Aunque algunos remedios occidentales, tradicionales o caseros pueden proporcionar confort y aliviar los síntomas de la COVID-19, no hay pruebas de que los medicamentos actuales puedan prevenir o curar la enfermedad. La OMS no recomienda la automedicación, en particular con antibióticos, para prevenir o curar la COVID-19. Hay varios ensayos clínicos en curso con medicamentos occidentales y tradicionales. La OMS facilitará información actualizada tan pronto como los resultados de los ensayos clínicos estén disponibles” (Fonte OMS).

Quais são os sintomas mais comuns?

São três: febre, cansaço e tosse seca.

Em alguns casos também se veem: dores no corpo, congestão e corrimento nasal, dor de garganta e diarréia. Todos esses sintomas costumam ser leves e aparecem de forma gradual.

Importante: muitas pessoas sequer saberão que tiveram o vírus porque permanecerão assintomáticas, ou seja, sem sintomas. E 80% se recupera da doença sem necessidade de tratamento especial.

De cada 6 pessoas, uma costuma desenvolver uma doença grave e sérias dificuldades de respirar. Sendo, que a média é de 2% de mortes entre os contagiados.
Coronavírus Europa

O real problema do coronavírus: saturação do sistema de saúde

O real problema do vírus é o contágio em grande escala que leva a uma saturação do sistema de saúde. O que vem acontecendo em Itália.

Um contágio em grande escala implica que um maior número de pessoas necessitarão de internamento e aproximadamente 10%, de UTI. E como você deve imaginar, as vagas de UTI são reduzidas. No momento em que você não se cuida, pode contagiar uma pessoa que vai necessitar dessa vaga que já não existe.

Os hospitais e os pessoal da saúde possuem recursos limitados diante de um vírus que é altamente eficiente. Esse é o problema.

A falta de empatia

Mas o que tenho visto é uma falta de empatia, onde reinam frases: “Não é para tanto, só mata pessoas mais velhas e com doenças prévias”. Agora somos algozes que decidimos quem merece ou não viver? E desculpem, mas ao menosprezar algo porque você não pertence ao grupo de risco, como você chamaria isso?

Uma das diretoras da OMS já afirmou que esse vírus ficará entre nós, mas que numa segunda onda de contágio, provavelmente já teríamos a vacina e o conheceríamos muito melhor. Então, não vejo razão nenhuma para o pânico, apenas para a solidariedade. Se cada um fizesse sua parte, o problema se resolveria muito mais rápido.

Se isso não te convence, pensa no teu bolso. Quanto mais tempo leve para a contenção, mais recessão econômica. E isso vai te atingir sim ou sim, porque lembra Marshall McLuhan e uma coisa chamada aldeia global?

E como se resolve? Além do incremento das medidas de higiene, implementando medidas de restrição da mobilidade. Se o seu país ainda não se posicionou, faça sua parte e reduza sua vida social ao máximo possível. Será que custa tanto?

AT: Nem sempre o contágio em pessoas maiores e o falecimento está relacionado com doenças prévias, leia e se emocione com a história de Luca Carrara que perdeu seus pais em Bergamo. Para ler, clique aqui.

Ou de Teresa, de 47 anos em Nápoles, clicando aqui.

A Europa e o coronavírus?

Até ontem, a maioria acreditava que o vírus havia chegada até a Europa através de Itália, trazido por um contagiado chinês. Mas hoje estão vislumbrando a possibilidade que sua porta de entrada tenha sido Alemanha. Na verdade, isso é importante a nível científico, mas a nível humano, o que realmente importa é o que fazemos para ajudar a controlá-lo o quanto antes.

Itália é o país com o maior número e contágios identificados na Europa. São 12.462 casos e 827 mortes. Mas agora vem a parte que acredito ser a mais importante desse post. O vírus tem baixa letalidade, mas em contrapartida, alto índice de contágio.

Em razão do que desde hoje além de estar em quarentena como um todo, todos os comércios italianos permanecerão fechados, com exceção de supermercados, lojas de alimentação como armazéns e farmácias.
Coronavírus Europa

Medidas restritivas na Espanha

Essa é a única forma de parar a curva ascendente de contágio – medidas de restrição de mobilidade. Tanto que Espanha com 2.900 contágios já começou a implementá-las:
1. todos as escolas e universidades de Madri, País Vasco, Catalunha, Galícia e La Rioja foram fechadas;
2. todos os grandes museus de Madri, como o Prado, Thyssen e Reina Sofía permanecerão fechados sem data para reabrir;
3. os esportes foram suspensos;
4. adiada a maior festa de Valencia, uma perda de econômica de 700 milhões de euros;
5. não estão permitidos eventos com grande número de assistências. Esse número depende de cada comunidade;
6. canceladas todas as consultas médicas, exames e operações que não se considerem urgentes.

Fala-se de um aumento no próximo fim de semana de contagiados em Madri, em razão do tempo de incubação do vírus.

Os principais números de contagiados e mortes na Europa (12/março/2020)

1. Itália: 12.462 | 827
2. França: 2.900 | 84
3. Espanha: 2.277 | 55
4. Alemanha: 2.078 | 25
5. Suiça: 652 | 4
6. Noruega: 632 | 0
7. Dinamarca: 617 | 0
8. Holanda: 503 | 5
9. Suécia: 500 | 1
10. Reino Unido: 459 | 8
11. Bélgica: 314 | 3
12. Austria: 302 | 1
13. Grécia: 99 | 1
14. República Tcheca: 94 | 0
15. Portugal: 78 | 0

Devo viajar?

Quanto mais movimentação, mais risco de contágio. Além do que, em termos de turismo, nos países mais afetados estão fechando museus, monumentos e afins.

A decisão é sua, mas pense que você também pode funcionar como uma via de transmissão do vírus à sua volta à casa. Eu cancelei uma viagem prevista para abril.

Além do que, a OMS já tipificou esse coronavírus (COVID-19) como PANDEMIA e portanto isso afeta aos seguros de viagem. Verifique se o seguro que você costuma contratar vai cobrir gastos caso você seja contagiado.

Também leve em consideração,  se você se sentiria cômodo necessitando internamento num país que não é o seu. E por fim, qual seria o impacto na sua vida, se tivesse que permanecer em quarentena num país estrangeiro ou na volta em seu próprio país.
Coronavírus Europa

Mas quando vai melhorar ou terminar a crise do coronavírus?

Na Espanha falam que o vírus estaria contido, após a tomadas de medidas restritivas, em 1 mês e meio a 4 meses. Portanto estamos falando, do final de abril a mediados de julho.

Mas lembre, esse é um vírus novo, portanto são projeções.

Informação dia a dia sobre o coronavírus

Estou repassando as informações do dia a dia na Europa no:
1. Twitter: https://twitter.com/turomaquia
2. Instagram: https://www.instagram.com/turomaquia/
Também gosto muito do Twitter do jornalista Sandro Fernandes: https://twitter.com/cafecomkremlin

Perguntas e respostas sobre o vírus elaborado pela OMS, clique aqui.

Para informação direta em:
1. Espanha: https://elpais.com
2. Itália: https://www.repubblica.it e Corriere della sera
3. Portugal: https://expresso.pt
4. Mapa do vírus do mundo da Universidade John Hopkins: https://www.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/bda7594740fd40299423467b48e9ecf6

Infógraficos e foto, do Jornal El País.

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

2 Comentários

  1. Mirella Cozzi

    Este post está excelente, parabéns!!!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuu Mirella ?

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Autorretrato em tempo de confinamento. É assim que me sinto, como se fosse apenas olhos.

#autorretrato #feelingsafe
  • Exercícios para a quarentena, que vão te ajudar a manter o corpo saudável. Mas, sobretudo, manter a mente no eixo e acalmar tua alma. ⁣
⁣
link na bio ou entre no www.turomaquia.com E deixe suas recomendações de outros canais de YouTube 😉

#exercicioemcasa #academiaemcasa #corporesano
  • Semana que vem, dia 24 às 19:30 horas temos mais encontro para falar de arte dentro do projeto #lendoarte 2020. Para facilitar a leitura ou para ampliar alguns temas, já está disponível o guia de leitura do Capítulo 5, sobre o qual vamos falar na próxima terça-feira. ⁣
⁣
E aí já leu? Seja sincero, você gosta de Cézanne? ⁣
⁣
Ficou com alguma dúvida após a leitura do Capítulo 5 do livro "Isso é arte?!" do Will Gompertz?⁣
⁣
Link para o guia na bio ou  visite o www.turomaquia.com⁣
⁣
#issoearte #arte365 #cezanne #historiadaarte #arte #posimpressionismo #artemoderna
  • Isso é do século 14 😱

Para mudar um pouco de assunto nesses tempos complicados, nada melhor que ARTE. Descubra uma mulher que ilustrou livros incríveis no século 14 👁‍🗨⁣
⁣
Clique no link da bio ou vá diretamente ao YouTUbe - Patricia de Camargo⁣
⁣
#Top100Elas #artemedieval #historiadaarte #arte365 #arteemulheres #bourgotlenoir
  • Vídeo novo, quanto tempo não publicava sobre viagens. Vou confessar que pensei em parar e apenas realizar vídeos de arte, mas sei lá, como ainda não sei o que fazer, te proponho viajar para meu paraíso canário - FUERTEVENTURA 😍⁣
⁣
YouTube: Patricia de Camargo ou clique no link da bio 🤟🏽⁣
⁣
#fuerteventura #ilhascanarias #espanha #praiasespanholas #canaryislands
  • Nova série no canal, um novo TOP100 no YouTube - Patricia de Camargo e vou colocar o link na bio. Gostaram do tema?

#mulheresearte #historiadaarte

Follow Me!