Guias de Viagem e Arte

 
 
fev 08 2012

De Los Angeles a San Diego – Roteiro pela Costa Oeste Americana

eua-roberta
No dia seguinte fomos conhecer o Teatro Egípcio. Inaugurado em 1922, foi o primeiro teatro construído para as estréias dos filmes. Depois as crianças foram com o Ricardo em um museu chamado: Believe it or not ( coisas bizarras),e sabe o que? Adoraram.

Então, partimos para o Griffith Park. Passeio incrível!! Muitas trilhas para caminhar, e Observatório de Los Angeles!!!!! Você enxerga o Pacífico, a placa de Hollywood e toda a ciadade. Para saber tudo o que parque oferece, que inclui até um zoológico, dá uma olhada neste site: http://www.laparks.org/dos/parks/griffithpk/
Image00031 Image00033
Image00036
ro-parque-1

Do parque para San Diego. Ficamos no Hampton Inn. Adoramos, novinho, com bom café da manhã. Deixaram até protetores auditivos no quarto…kkkkkk , passava uma linha de trem na rua de trás.

Fomos a um supermercado incrível, com bom preço e muita variedade, Ralph’s. Aproveitamos para lavar a nossa roupa num hotel ao lado. Pois o nosso não oferecia este serviço. Pagamos U$2,50 cada máquina.

Mas antes das questões práticas, fomos ao Zoológico de San Diego (www.sandiegozoo.org). Primeiro demos uma volta com o ônibus do zoo, para conhecer de forma geral. Tem também a opção do teleférico . Com criança pequena é melhor levar o carrinho, pois se anda bastante. O mais legal foi ver o panda, o koala e o urso polar. Os animais ficam bem próximos e são super bem tratados. As lanchonetes são caras, sanduíches em torno a U$ 9,00. Os banheiros estavam impecáveis. Ingressos: U$ 42,00/adulto e U$ 32,00/criança.
Image00042
Image00043
Image00045
Image00044

Texto e fotos: Roberta Mari Garcia

A Roberta está contando ( no estilo Turomaquia, ou seja, tintim por tintim) tudo sobre sua viagem aos Estados Unidos. Começamos pela Costa Oeste, veja o primeiro post aqui. Mas ainda falta muita coisa, sem contar o pulo para a Flórida!

Para você saber quando será publicado o próximo post desta viagem, é só curtir a nossa página lá no Facebook. Como? Clicando aqui.

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O que é isso? Uma estação de trem basiquinha 😂😂 Qual foi a estação de trem mais bonita que você já conheceu?

#atocha #trem #madrilovers #tremEspanha
  • O entardecer da janela do nosso quarto de hotel. Como alguém abandona esse lugar? 
Mas amanhã não tem jeito, porque uma cidade monumental nos espera no sul 🙆🏼‍♀️ #madridview #madrilovers #hotelview #hotelesdeensueño #madri
  • Pelas ruas de Madri 💁🏽‍♀️ #street_photography #madrilovers #madrid🇪🇸 #espana🇪🇸
  • Desfrutando de uma visão 360 graus de Madri, onde? No nosso hotel. Para descobri-lo, clique no link da bio 💁🏽‍♀️ #viewmadrid #madrilovers #espanha🇪🇸 #hotelcomvistas
  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad

Follow Me!