Guias de Viagem e Arte

 
 
jun 16 2009

Escapadas desde Curitiba

Você quer fazer umas viagens curtas a partir de Curitiba? Existem algumas execelentes opções daquele tipo bate e volta. Mas em alguns casos o ideal seria dormir uma noite no outro destino e retornar no outro dia à capital.

Descida de trem ao litoral
A escapada clássica desde Curitiba é a viagem de trem até o litoral. Um passeio por precipícios impressionantes em uma linha férrea do século 19. Na época muitos engenheiros disseram que não se poderia construir a tão necessária via entre Curitiba e o litoral. Foram contratados 9.000 homens, e mais ou menos a metade morreu durante a construção que levou 5 anos. A primeira viagem aconteceu no dia 2 de fevereiro de 1885. O trem levou 9 horas para cumprir o itinerário. Hoje leva de 3 a 5 horas, dependendo do seu destino final.


Num dia de inverno com bastante neblina

Diariamente você pode ir até Morretes. O trem sai às 8:15 e chega em Morretes às 11:15 horas, e no domingo o trem vai até Paranaguá, onde chega às 13:15. Eu desceria em Morretes, provaria o prato típico por excelência do Paraná – o barreado, e pegaria um ônibus de linha para voltar à Curitiba.


O teste para ver se o barreado está no ponto de certo de farinha!

 


Morretes é uma graça, com muitas lojas ótimas de souvenirs

Ou quem sabe um parente ou aquele super amigo curitibano não te busca em Morretes e vocês voltam de carro pela linda Estrada da Graciosa. Esta era a via onde se escoava a produção agrícola até a construção da estrada de ferro. No inverno, a neblina pode atrapalhar o passeio de trem, mas mesmo assim vale a pena.


Na estrada da Graciosa

Parque Estadual de Vila Velha
Outro passeio bate-e-volta legal é o Parque Estadual de Vila Velha. Mas para que não seja um programa de índio, alugue um carro. Porque ir de Ônibus até Ponta Grossa, e depois pegar outro ônibus até lá me parece um pouco complicado até pelos poucos horários oferecidos.


Alguns dos arenitos …


O arenito mais famoso – a taça!

Vila Velha é um clássico para qualquer criança que cresceu em Curitiba. Se este for o seu caso, em algum momento da sua vida você visitou o parque com seus pais ou com a escola. Se você tem mais de 30 anos, fique sabendo que a infra-estrutura melhorou muito. O que tornou famosa Vila Velha foramas formações rochosas que lembram pessoas, animais e objetos – os conhecidos arenitos. A mais de 340 milhões de anos aqui se depositou uma grande quantidade de areia, que depois do degelo e da ação constante do vento foi erosionando até surgirem estas formações avermelhadas.


Em uma das trilhas dos arenitos

Você deixa teu carro em um estacionamento ao lado do centro de visitantes, e um ônibus te leva até o começo da trilha. Depois pega novamente o ônibus para ir até as Furnas e a Lagoa Dourada. Eu compraria o pacote completo para ver as três atrações. As furnas são crateras de até 100 metros, e depois de passar por elas vocè chega à deliciosa Lagoa Dourada com uma paisagem de pinheiros ao fundo. Este é um lugar bem especial, que poderia atrair mais visitantes, primeiro se tivesse um site, e segundo se oferecesse mais serviços ao viajante.


Cartaz do parque sobre as furnas

 


Na Lagoa Dourada

Blogosfera: Veja o post detalhado da Carol sobre Vila Velha, no Travel Forever.

Canyon Guartelá
Se você sair cedinho de Curitiba, depois de Vila Velha pode aproveitar o carro e ir até outro encontro com a natureza. A poucos quilômetros se encontra o sexto maior canyon do mundo e o maior do Brasil – Guartelá. Para aproveitar tudinho que o parque oferece, mais interessante seria dormir em Tibagi, que está a 17 Km do parque, Curitiba está à 215 Km! A Malu nos deixou duas opções legais de hospedagem:

“Em Tibagi tem um hotel mto legal e não é caro…dá uma olhada: http://www.hotelitagy.com.br

Mas se vc quiser ver o Canyon de um outro ângulo tem tbm a Pousada Itaytyba…de lá é possível ver a Cachoeira da Ponte de Pedra de frente, e dentro desta fazendo tem algumas trilhas para algumas cachoeiras…dá uma olhada: http://www.itaytyba.com.br”.


Foto Jeffrey Shimizu

Ilha do Mel
Outro passeio a partir de Curitiba, mas que não dá para fazer no estilo bate-e-volta, é a Ilha do Mel. A única praia paranaense que aparece no último livro do Ricardo Freire se encontra nesta ilha. Ir e voltar é uma loucura! Você pode ir de ônibus até Pontal do Sul e pegar um barco que te deixa em meia hora na Ilha do Mel. Atualmente a oferta de pousadas e pensões cresceu bastante.


Mapa Ilha do Mel

Informações práticas:
Trem para o litoral
Tarifas:
Econômico – 72,00
Turístico – 92,00
Executivo – 133,00
Litorina – 216,00
Litorina Luxo – 290,00
Há preços reduzidos para crianças
Visite o site da empresa que fez a linha:http://www.serraverdeexpress.com.br/
Para saber mais sobre o trem de luxo: http://www.greatbrasilexpress.com.br/home/

Vila Velha
Horários:
8:00 às 17:30, a bilheteria fecha às 15:30 horas
Tarifas:
18,00 (25,00) – para as três atrações: Arenitos, Furnas e Lagoa Dourada
8,00 (10,00) – Furnas e Lagoa Dourada
10,00 (15,00) – Arenitos
O preço entre parênteses é para estrangeiros. Maiores de 60 anos e crianças até 6 anos não pagam.

Canyon Guartelá
Horários:
Quarta a domingo das 08:00 às 18:00 horas
Tarifa: gratuito
Para fazer a trilha das inscrições ruprestres, agende antes no telefone: 0800-643-1388

Ilha do Mel
Site com horários dos barcos e opções de hospedagem: http://www.ilhadomelpreserve.com.br/

Para ver todos os posts de Curitiba, clique em: https://turomaquia.com/tudo-sobre-curitiba-indice/

Para comprar nosso guia de Curitiba, clique na imagem 🙂 Para saber mais, clique aqui.

Produtos Turomaquia

Imagens:
fotos turomaquia_2005 e 2007
Mapa trem: http://www.serraverdeexpress.com.br/
Mapa Ilha do Mel: http://www.specialparana.com/images/mapailhadomelsml.jpg
Guartelá – Jeffrey Shimizu – http://www.pbase.com/digitaljeff/image/4313916

12 Comentários

  1. SÍLVIA OLIVEIRA

    Voltando ao planeta Terra. Câmbio. hohohoho. Adorei as escapadelas partindo de Curitiba. Tenhos dois posts emperrados (o do Canyon e Vila Velha…) se a gente demora muito para blogar depois da viagem… parece que empaca, né! Preciso ressucitá-los a qualquer hora! Que fotos de Vila Velha!!!! Luxo! Beijos!

    responder
  2. Claudia Pimenta

    oi patricia! deve ser uma ótima pedida… preciso fazer (risos)! ah, ameeei a primeira foto… incrível! bjs, querida!

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Silvinha cambio, recepção realizada (risos) Você tem toda razão não dá pra demorar para blogar! Assim, nada de a qualquer hora Vilha velha e Guartelá já!!!!!Beijos

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Claudia, você já realizou o passeio de trem??? Caso a resposta seja não, vá urgentemente para Curitiba!Beijos

    responder
  5. Viniart

    Olá Patrícia a idéia da ilha me parece algo fantástico para passar um tempo um pouco mais longo, coisa de dois ou tres dias, e o passeio de trem me encantou, pela idéia de viajar de trem neste lugar.Parabéns pela postagem !!Beijos

    responder
  6. Patricia de Camargo

    Vini, o legal é realmente ficar no mínimo uns dois dias na ilha. E o passeio de trem é muito, mas muito dez, tem este lance que você falou do trem e imagine isso com muitas pontes e tuneis ao meio e um pedaço de mata atlântica!Beijos

    responder
  7. Carol Wieser

    Deste passeios todos, ainda não conheço e estou louquinha pra ir é o Canyon Guartelá. Tô cantando o maridex, mas não tivemos muitos finais de semana disponíveis esse ano… (ainda). Falando em escapadinhas, amanhã vou com a sogra e marido comer barreado em Morretes. Morra de vontade… e com direito a caipirinha (vou lembrar de vc nessa hora). Beijos

    responder
  8. Patricia de Camargo

    Carol, tô pensando em dar um pulo em agosto, seria pouco tempo, mas o maridão também quer muito!Fiquei com água na boca do teu cardápio de domingo!Beijos

    responder
  9. Patricia

    Olá Patricia de Camargo…é a Patricinha lembra?Então,,,já que está evidenciando tanto a Ilha do Mel,,,dá uma forcinha divulgando o meu site http://www.casadumel.com.br e quando puder venha com o maridão passar uns dias na Casadumel em Encantadas. Aguardamos vcs!!!BeijoPatricinha

    responder
  10. Patricia de Camargo

    Patricinha, me manda umas fotos, e tabela de preços no turomaquia@gmail.combeijos, legal ter notícias tuas!

    responder
  11. Érica França

    Oi, Patrícia. Seus posts de Curitiba foram um achado para mim. Adorei todos. Vou para a cidade semana que vem. Queria uma opinião – é muita loucura fazer o passeio até Morretes com uma bebê de 4 meses? Não tô me aguentando, mas não sei se devo…:P Bjos.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Érica,
      o único problema que vejo é a serra. Caso decida realizar o passeio, a dor de ouvido pode ser amenizada com a chupeta. Leve em consideração que o passeio dura 3 horas! De resto, quem sabe seja melhor comprar um bilhete com um vagão de maior conforto, quem sabe o litorina.

      Como você vem à Curitiba, talvez lhe interesse nosso Guia “O que fazer em Curitiba” – https://turomaquia.com/o-que-fazer-em-curitiba-novo-guia-turomaquia/

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Dica Madri: como prometi hoje lhes deixo a dica de um hotel econômico na cidade. Queria fazer um vídeo como o de Londres, mas acontece que perdi várias imagens dessa última viagem, só me sobrou essa foto de "look do dia" no quarto 😂⁣
⁣
Peguei umas fotos de divulgação, mas lhes comento que são de quartos duplos, o meu era individual e era bem menor. Mas tinha janela para o pátio interno do hotel, mas por exemplo não havia porta do quarto para o banheiro. Em contrapartida era ótimo porque tinha ducha efeito chuva, cafeteira e cápsulas de café, madalenas de cortesia, ar-condicionado, pisos e madeira, televisão, espaço para trabalhar, mas tudo isso bem condensado 😉⁣
⁣
O hotel está num edifício antigo mas com elevador ao lado do Museu do Romanticismo, ou seja, a localização é fantástica! Duas paradas de metrô estão próximas: Alonso Martínez e Tribunal.⁣
⁣
👁‍🗨 Para ver mais fotos e outras opiniões, clique no link da bio 🤟🏽⁣
⁣
#hotelMadri #madrilovers #hotelBBBEuropa #hotelBBB #hotelemMadri #turoMadri
  • Dica Londres: caminhada recomendada inclusive para sedentários 😂 1,3 km entre o Southbank Centre a Tate Modern junto às margens do rio. Essas imagens são de janeiro, imagina num dia lindo de sol e com um calorzinho?!⁣
⁣
Almocei com a @helorighetto no Ping Pong do Southbank e de lá fui sozinha demoradamente até essa meca da arte moderna e contemporânea. lembrando que a entrada no museu é gratuita, exceto para as exposições temporárias. Mas sempre sugiro uma doação por mínima que seja, já que a união faz a força e manter um centro de arte como esse é caro prá dedéu.⁣
⁣
E aí, qual é tua caminhada favorita em Londres? É apta para todas as idades? Conta prá mim na caixa de comentários 😘⁣
⁣
#londonlovers #caminhadaLondres #oquefazeremLondres #turoLondres #mapadelondres
  • Paguei 60 libras a diária nesse hotel localizado do lado da Abadia de Westminster #londonlovers #hotelbbblondon #hotellondres
  • Publiquei a última parte do guia de leitura desse mês. Lembre que nosso bate-papo sobre ele vai rolar no dia 27 de fevereiro às 19:30 horas no YouTube - Patricia de Camargo. Ah, é o guia vc encontra no www.turomaquia.com 🤓

#lendoarte #seurat #nationalgalleryoflondon #pontilhismo #historiadaarte #artemoderna #issoearte
  • Sentados no chão do café da Galeria degli Uffizi tomando um aperol spritz após a visita. E você acha que a gente tá com cara de infeliz?! 😂😂 Esse é um baita museu, mas que tem um café minúsculo, então não tivemos muita alternativa e estávamos mortos depois de 6 horas entre obras 🤷🏽‍♀️ Qual foi o café ou restaurante que você mais curtiu dentro de um museu?

#galeriadegliuffizi #firenzelovers #artmuseum #museu #italyart
  • Mostro pouco minha cidade por aqui. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é resolver essa pendência 🥳 
#laspalmasdegrancanaria #vegueta #grancanarialovers🖤 #canaryislands

Follow Me!