Guias de Viagem e Arte

 
 
ago 08 2010

Exposições únicas e inesquecíveis: seu momento de pisar o tapete vermelho da arte (Grand Palais)

A cada esquina Paris oferece um museu. Sem contar que por lá estão os fantásticos e gigantes: Louvre, D´Orsay, Pompidou e os dedicados a Picasso e Rodin. Isto só para nomear alguns, deixando de lado preciosidades como Orangerie, Marmotan e Cluny.

Mas em muitos casos, a surpresa da viagem pode estar fora destes museus ou em salas especiais destas instituições! Como assim?

Já virou moda um calendário de exposições temporais nas grandes cidades. Mas não de quaisquer exposições. São mega-montagens dedicadas a um tema ou artista, que costumam reunir peças de diferentes museus do mundo e até de particulares. Que você apenas terá a possibilidade de vê-las ali todas juntinhas durante 1 ou 2 meses. E quando digo mega-montagens, pense em paredes de cor, audiovisuais, palestras e cursos especiais, sem contar todos os produtos vendidos na lojinha do evento, que vão fazer você se sentir na Disney das Artes! Fico até emocionada só em pensar.

Grand Palais Site

Em Paris, não é diferente. O espaço que normalmente recebe as temporais mais espetaculares é o Grand Palais. Um edifício enorme construído para a Exposição Universal de 1900. Durante todo o ano a programação é frenética, e literalmente navegam por todos os temas, de exposições sobre dinossauros a Turner, passando por raves e apresentações de cavalos.

Grand Palais - Paris - NoctamBulle_208 Grand Palais - Paris

Para os sortudos que tem Voos para Paris marcados para o segundo semestre e início do próximo ano, poderão ver neste espaço a Monet, a França de 1500 ou Bulgari! Não são exposições exatamente baratas, mas pense que reunem obras de diversas partes do mundo e que você verá algo realmente especial e único! Eu ainda lembro do último autorretrato de Picasso que tive a oportunidade de ver em uma destas expos temporais no Prado. Uma obra que pertence a uma empresa japonesa, e que dificilmente poderei ver outra vez!

Grand Palais - Paris
Olha o tamanho do Grand Palais!!!

Exposições temporais 2010/2011 no Grand Palais
De 22/09/2010 a 24/01/2011 – Monet. O mestre do impressionismo vai ganhar sua monográfica nas Galerias Nacionais do Grand Palais. Com obras vindas diretamente da Australia, Brasil, Estados Unidos, Holanda e Rússia. Sem contar a coleção francesa.
Tarifa: 12€, com visita guiada: 18€
Para esta exposição, é possivel comprar uma entrada combinada com o Orangerie por 18€.

Claude Monet no Grand Palais

De 06/10/2010 a 10/01/2011 – França 1500: Entre a Idade Média e o Renascimento. Uma exposiçao realizada com o Art Institute de Chicago, contará com 200 obras provenientes de Chicago, França, Munique e Bruxelas.
Tarifa: 11€
Audioguia: 5€ (em francês, inglês e espanhol). Também é possível descarregar um tour em francês pelo site a 3€.

Francia 1500 - Grand Palais

De 10/12/2010 a 12/01/2011 – Bulgari: 125 anos de maginificência italiana, contada através de 500 peças. Esta exposição acontecerá no espaço – Nave (La Nef).

Dicas Turomaquia
O Grand Palais é uma ótima opção para visitar à noite, depois que todos os outros museus e monumentos já estão fechados. Normalmente as exposições ficam abertas até as 22:00 horas e em datas especiais até às 23:00 horas.

Para evitar filas, compre pelo site, a entrada fica apenas 1€ mais cara: http://www.rmn.fr/english/purchase/a-ticket/

Antes da visita, vale a pena dar uma olhada no site de cada exposição:
Monet
França 1500

Em suas próximas Viagens para Paris, não deixe de ver a programação do Grand Palais:
http://www.grandpalais.fr/en/News/Current_programme_in_full/p-468-Current_programme_in_full.htm

Para chegar
Metrô – Linhas : 1, 9, 13 – Paradas: Champs-Elysées Clémenceau ou Franklin-D. Roosevelt
Ônibus : 28, 32, 42, 72, 73, 80, 83, 93
RER : Linha C / Parada : Invalides
Vélib : estações n° 8029 e 8001

Gran Palais

Posts relacionados:
Guia prático do Museu do Louvre – F.A.Q.
Guia prático para visitar o Pompidou – F.A.Q.
Guia prático do Museu D´Orsay
Guia Prático do Museu de L´Orangerie – F.A.Q.
Guia prático do Museu de Cluny – F.A.Q.
Guia Prático do Museu Rodin – F.A.Q.

Imagens: http://www.grandpalais.fr
http://google.earth.fan.free.fr/reperes/grand-palais.jpg
http://www.bc.edu

3 Comentários

  1. Magrineli

    É minha cara, vou chegar na cidade luz dia 04/09 e pelo jeito não tem nada significativo no Grand Palais no período. Vou ficar com água na boca por causa da exposição do Monet. "C'est la vie"!

    responder
  2. Ali

    Ah seu eu tivesse visto esse post antes da minha viagem…Fica para a próxima!

    responder
  3. Claudia Beatriz - Aprendiz de Viajante

    Eu quero Monet!!!! Só digo isso!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!