Guias de Viagem e Arte

 
 
jun 11 2013

Melendi e suas “Lágrimas desordenadas” | O que se ouve por aqui

Tenho uma relação de amor e ódio com este cantor/compositor espanhol, o Melendi. Até porque invoco com o cabelo do cara. Eu sei que esta é uma observação ridícula, mea culpa 🙁 Mas este último Cd do hombre está muito bom. Chama-se “Lágrimas desordenadas”, acho o título o máximo. Sou meio melodramática, e isto das lágrimas sem ordem me chamou atenção desde o primeiro momento. E imagina quando ouvi parte do estribilho da canção que dá título ao disco:

“Y puse tus recuerdos a remojo
y flotan porque el agua está salada
salada porque brotan de mis ojos lágrimas desordenadas.”

melendi

A letra é pesada, como outras canções do novo trabalho, mas quem quer doçura compra um cookie na esquina não é mesmo? Música prá mim é catarse, como toda arte.

Também cai de amores pela “Cheque ao portamor”; dá uma olhada na letra:

Educadamente te daría un consejo,
que probablemente todavía no sabes,
el demonio sabe mucho más por viejo
que por ser el rey de todos nuestros males.

Con la realidad te vas a dar de bruces
si piensas que un euro es mejor que un detalle,
porque una ventana que da a un patio luces
puede brillar más que una que da a la calle.

Y ahora vete en busca de aquella cartera
que sostenga tus tratamientos de belleza, mientras tengas,
porque sabrás que eso no dura eternamente, amiga mía.

Así que vete en busca de cada delirio de grandeza
y si la vida te endereza y tu caballo ganador se te despeña
recuerda que tú rechazaste ser la flor para mi vida,
por ser sólo un pétalo en la de ese tipo.

Que pena me das niñita consentida,
con tu cheque falso al portamor vencido…

Aunque pensándolo bien:
¿Cuál sería nuestro futuro?
Tú que prefieres un peso que un beso
y yo no tengo ni un puto duro.
Tú que sólo comes hojas
y yo sólo carne roja.
Yo vivo en un cuento chino
y tú en una peli de Almodóvar.
Tú que presumes de atea
mientras yo vivo de la marea
que un dios puso en mi garganta.

Y ahora vete en busca de aquella cartera
que sostenga tus tratamientos de belleza, mientras tengas,
porque sabrás que eso no dura eternamente, amiga mía.

Así que vete en busca de cada delirio de grandeza
y si la vida te endereza y tu caballo ganador se te despeña
recuerda que tú rechazaste ser la flor para mi vida,
por ser sólo un pétalo en la de ese tipo.

Que pena me das niñita consentida,
con tu cheque falso al portamor vencido…

Yo sólo espero que esto no señale el broche
pero cuando no te quede techo que alcanzar
te sentirás vacía y como un jarro de agua fría será
cuando mires atrás.”

Ele cantou esta música num programa de talentos aqui na Espanha (La Voz), e ficou legal o duo, escute clicando aqui.

foto: site oficial Melendi

2 Comentários

  1. José Luiz

    Adoro Melendi… e esse último disco dele tá mais pop mas mesmo assim está ótimo!

    Gosto muito também de Tu jardín con enanitos… só uma pena que ele saiu do La Voz…

    responder
    • Patricia de Camargo

      José Luiz, também curto “Tu jardín con enanitos” 🙂

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O que é isso? Uma estação de trem basiquinha 😂😂 Qual foi a estação de trem mais bonita que você já conheceu?

#atocha #trem #madrilovers #tremEspanha
  • O entardecer da janela do nosso quarto de hotel. Como alguém abandona esse lugar? 
Mas amanhã não tem jeito, porque uma cidade monumental nos espera no sul 🙆🏼‍♀️ #madridview #madrilovers #hotelview #hotelesdeensueño #madri
  • Pelas ruas de Madri 💁🏽‍♀️ #street_photography #madrilovers #madrid🇪🇸 #espana🇪🇸
  • Desfrutando de uma visão 360 graus de Madri, onde? No nosso hotel. Para descobri-lo, clique no link da bio 💁🏽‍♀️ #viewmadrid #madrilovers #espanha🇪🇸 #hotelcomvistas
  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad

Follow Me!