Guias de Viagem e Arte

 
 
jun 11 2013

Minha aventura na Sky Tower | O que ver em Auckland

O que ver em Auckland

Depois muitos quilômetros pelo interior da Nova Zelândia, chegamos à metrópole Maori, Auckland. Algumas particularidades saltam aos olhos. A primeira é que voltamos a ver trânsito pesado, muito concreto e pessoas em todas as direções, afinal, dos aproximadamente 4 milhões de habitantes do país, 2 vivem nessa cidade.

Porém, logo em seguida, a parte mais bonita da cidade grande toma conta da chegada, é a Sky Tower. Torre panorâmica de comunicação e observação de 328 metros, construída na década de 1990. Além de muito imponente, a torre conta com um complexo de entretenimento. De posse dos nossos, sempre amigos, folders e mapas turísticos, decidimos ir direto conhecer o local.
O que ver em Auckland

Chegando lá, compreendemos melhor a dimensão da construção, a torre tem 12 metros de diâmetro na base e toda estrutura conta com restaurantes, cassino, hotel, bares, entre outros atrativos.

Debatemos sobre o que fazer primeiro, como o restaurante não era para o nosso padrão mochileiros, que passam dias almoçando meat pies (torta de carne), resolvemos ir direto para o alto da torre e desfrutar da vista panorâmica.
O que ver em Auckland

Lá em cima, uma vista sensacional da cidade em 360 graus. Aquela cidade gigantesca parecia uma maquete. A primeira sensação é de ficar olhando e girando por todos os lados, para procurar o melhor ângulo. Passado o primeiro momento, fomos dar uma olhada na estrutura da torre. Quando me dei conta que boa parte do chão, que está a 328 metros de altura, é de vidro, dei um passo para o lado e voltei a ficar em cima de um bloco de concreto. Foi nesse momento que o anão leu um aviso na parede: “Queridos visitantes o vidro é mais resistente que o concreto”. Então, lá fui eu dar um passo de volta para o vidro. 😀 😀
Sky Tower - Nova Zelândia
Sky Tower - Nova Zelândia

Após um tempo vendo a vista e tirando fotos, mesmo que algumas armadas para parecerem naturais. Como por exemplo, a que olhamos pela luneta que só funciona pagando e ainda de quebra a toalha secando durante o passeio, descemos para conhecer o resto do complexo.
Sky Tower - Nova Zelândia

Próximo atrativo que chamou a atenção foi o cassino. Na porta de entrada havia muitos seguranças, pois não se pode tirar fotos nesse local. Além disso, tinha muitas luzes e milhares daquelas maquininhas que se pode jogar com poucas moedas. Demos uma circulada e jogamos as moedas economizadas no almoço. Também, só por curiosidade, fomos dar uma olhada na parte dos jogos mais caros.
Sky Tower - Nova Zelândia

Não ganhei nem um dólar no cassino, mas tomei uma cerveja e vi uma cena inusitada. A história começou quando paramos para ver um jogo, que parecia um pôquer no escuro ou algo do gênero, até hoje não sei bem que jogo era, mas a parte legal é que tinha um casal de velhinhos jogando, e de repente a mesa começa a piscar e todas as luzes brilharam. A croupier começa a ficar tensa, eis que a senhora ganha 11 mil dólares. Depois de confirmado que ela ganhou, a croupier tremia mais que vara verde, e em meio minuto vieram supervisores e gerente conferir o jogo e parabenizar o casal. Foi aí que entrou a minha cerveja. O tiozinho ganhador ficou tão empolgado que pagou uma rodada para todos que estavam olhando o jogo, ele perguntava o que cada um estava bebendo e mandava vir outra.

Demos parabéns ao casal, brindamos com todos, tomamos a cerveja e fomos embora. Tínhamos marcado com uns amigos de ir jogar sinuca em um bar que tinha rodada dupla até determinada hora, vejam o resultado dos últimos 5 minutos, antes de terminar a rodada dupla. 😉
Sky Tower - Nova Zelândia

Para ler todos os posts do Daniel, clique aqui.

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 25% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto.

Busque e reserve seu hotel em Auckland, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada!

texto, fotos e argumento: Daniel Portella

Chamada video 2

1 Comentário

  1. Rafael Carvalho

    Uau, que demais! Adoro torres e prédios com vistas panorâmicas!

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O que é isso? Uma estação de trem basiquinha 😂😂 Qual foi a estação de trem mais bonita que você já conheceu?

#atocha #trem #madrilovers #tremEspanha
  • O entardecer da janela do nosso quarto de hotel. Como alguém abandona esse lugar? 
Mas amanhã não tem jeito, porque uma cidade monumental nos espera no sul 🙆🏼‍♀️ #madridview #madrilovers #hotelview #hotelesdeensueño #madri
  • Pelas ruas de Madri 💁🏽‍♀️ #street_photography #madrilovers #madrid🇪🇸 #espana🇪🇸
  • Desfrutando de uma visão 360 graus de Madri, onde? No nosso hotel. Para descobri-lo, clique no link da bio 💁🏽‍♀️ #viewmadrid #madrilovers #espanha🇪🇸 #hotelcomvistas
  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad

Follow Me!