Guias de Viagem e Arte

 
 
ago 02 2010

Bienvenue a Montreal – Welcome to Montreal

No ano passado, a Betina Abrão escreveu 2 textos para o Turomaquia. Ela acabava de imigrar para o Canadá, e todo mundo sabe que o período de adaptação e ajustes toma bastante tempo e paciência. Mas depois de um ano vivendo por terras canadenses ela está de volta. A cada 15 dias com uma coluna nova.

Bienvenue a Montreal
Welcome to Montreal

Quase um ano sem dar noticias (desculpa Pati pelo sumiço), mas agora estou de volta para dividir com vocês um pouco mais das minhas experiências como imigrante no Canadá. Dia cinco de Agosto já vai fazer dois anos que estou morando aqui. E cada dia que passa tenho mais certeza de que fiz a escolha certa. Eu já tinha feito algumas viagens antes, mas nunca tinha tido o sentimento de: acho que nesse lugar eu moraria para sempre. Agora eu tive. Faz uns três meses me mudei de Quebec para Montreal. Como estou trabalhando com fotografia, sabia que Montreal, a maior cidade da província de Quebec, teria muito mais a me oferecer. E é verdade. Estou apaixonada pela cidade, e para quem ainda não conhece, fica ai uma bela dica!

Enquanto na cidade de Quebec já estava totalmente acostumada com o domínio do francês, em Montreal já pude notar a diferença. A maioria da população possui como idioma materno o francês, mas ainda existe uma grande parte da população que é anglófona, e ainda muitos imigrantes que vem e acabam ‘’sobrevivendo’’ só com o inglês. Mas o ideal mesmo é falar as duas línguas.

Depois eu posso escrever um outro texto falando mais sobre essa influencia das duas línguas que é realmente muito interessante, mas hoje vou falar um pouco mais da vida cultural de Montreal, que é uma das coisas que mais me encantou nesse lugar!

Aqui é assim, começou a esquentar, não existe a opção ficar em casa. É sair todos os dias e aproveitar os festivais, os parques, os bares. As principais ruas perto dos festivais são fechadas e só podem passar pedestres.

Montreal é a cidade dos festivais no verão. Começa com o FrancoFolies de Montreal, festival que traz mais de 1.000 artistas francófonos do mundo inteiro. Os festivais são realizados na Praça das Artes, onde são montados vários palcos. É legal porque há espetáculos de artistas locais que estão começando, outros bem famosos e novidades de outros lugares. Conheci vários artistas maravilhosos.

Festival em Montreal


Logo após o FrancoFolies, começa o principal festival da cidade: o Festival de Jazz de Montreal. É conhecido como o maior festival de jazz do mundo, com mais de 3.000 artistas do mundo todo. E mais uma vez a cidade está em festa, e dessa vez em clima total de jazz! Ruas fechadas, muitos, mas muitos turistas, bares lotados, música por todos os lados durante 10 dias! Eu não conheço muito (quase nada) sobre jazz, mas agora posso entender porque tantas pessoas são apaixonadas…a musica é muito boa! Este prédio que aparece na foto fica no local do festival, nele se projetam em cada janela fotos de nomes famosos que já passaram pelo festival, como Ray Charles e Aretha Franklin. Reconhecem alguém?? Um brasileiro? Sim! É o Tom Jobim, que tocou no festival em 1986!

Festival em Montreal
Festival em Montreal
Festival em Montreal

Apos o Festival de Jazz é a vez do Festival ‘’Juste Pour Rire’’, festival de comédia. Diferente dos outros dois festivais, nesse a maioria dos shows são pagos, pois são em teatros com artistas de ‘’stand up comedy’’. Mas ainda assim a programação nas ruas continua intensa.  Esse festival dura quase um mês, e ao mesmo tempo também acontece o Festival Internacional ‘’Nuits d’Afrique’’  e o Festival Internacional de Percussão Espanhola. Meu Deus…é muita opção hein?? Não tem mesmo como não aproveitar 100% o verão.

Agora vem a minha parte favorita! Quando começa a esquentar, todos os domingos no parque Mont Royal, principal parque da cidade, acontece o Tam Tam Jam. O parque fica lotado e acontece um verdadeiro show de batuque, maravilhoso. Aqueles que tocam tam tam levam seus instrumentos, e o clima é indescritível. Tem gente de todos os tipos, famílias com crianças pequenas, velhos, jovens, tudo que você imaginar. É uma energia muito boa.

Festival em Montreal
Festival em Montreal
Festival em Montreal

O que eu mais gosto de tudo isso é que, eu olho para trás e vejo o quanto eu já absorvi de novo. O quanto eu já aprendi sobre novas culturas e sobre as pessoas. E me sinto alguém melhor por isso, sinto que estou fazendo algo da minha vida. O fato de acordar todos os dias e saber que eu não vou estar falando a minha língua, e que pelo meu caminho vou encontrar pessoas completamente diferentes de mim, com uma cultura
totalmente diferente da minha, isso me traz uma alegria enorme de viver. E espero viver assim por um bom tempo!

Texto e fotos: Betina Abrão

Posts relacionados e para conhecer melhor a Betina:
Quebec por Betina Abrão
Imigrando ao Canadá

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • La Duquesita⁣
⁣
É uma das “docerias” mais antigas de Madri. Abriu suas portas em 1914 e ficou apenas 9 meses fechada. Quando todo mundo já dava por perdido esse emblemático lugar, veio Oriol Balaguer e reabriu suas portas.⁣
⁣
Oriol Balaguer é um dos mais famosos “chocolateiros” da Espanha, ou como se diz por aqui, “maestros chocolateros”.⁣
⁣
A loja é linda, mas não é só aparência. Os doces são gostosos e nem preciso falar dos bombons, tendo em vista quem é o dono do estabelecimento 😉⁣
⁣
Ele manteve o doce mais famoso da casa, como não, La Duquesita. Um doce de morango.⁣
⁣
Nessa época se passar pela loja, vale a pena comprar um dos panetones premiados do “chef”. Tem o tradicional, o de chocolate e o gianduia (pasta de chocolate com 30% de pasta de avelãs). E este ano também tem panettone de framboesa!⁣
⁣
#madrilovers #foodmadrid #oriolbalaguer #panettone #panettoneMadrid #doceemmadri #ondecomeremmadri

Fotos próprias e de divulgação.
  • Qual é seu drink favorito?⁣
⁣
Na foto estou com o “pear mule”, o novo drink do @200gramos. Leva vodka, pera, suco de limão e ginger beer.⁣
⁣
Beeeem gostoso!

#drinks🍹 #restaurantelaspalmas #laspalmasdegrancanaria🌴 #grancanaria
  • Paris sera Toujours Paris⁣
⁣
É um guia realmente diferente de Paris. Não vai te ajudar a pegar o metrô ou programar o dia a dia da sua viagem. E mesmo assim é incrível para quem busca compreender a cidade.⁣
⁣
Màxim Huerta nos mostra Paris através de seus personagens como Colette ou Joséphine Baker; de seus ofícios, um exemplo? Os “bouquinistes”, os vendedores de livros das “caixas verdes” das margens do Sena.⁣
⁣
Também fala do croissant, da Torre Eiffel, mas sempre trazendo um dado inusitado, contando uma história, porque afinal Màxim é um grande contador de histórias, já falei de outro livro dele no #turolivros⁣
⁣
O livro é lindo, graças as histórias e as ilustrações de Maria Herreros, que são pura arte.⁣
⁣
Dá para ler com um espanhol intermediário.⁣ Não tem edição em português.
⁣
#parislivro #parisbook #oqueler #bookaddict #turolivros #desafioumlivropormes #bookphotos
  • Bar-restaurante (Achado em Madri)⁣
Não estou exagerando, é realmente um achado em Malasaña. ⁣
⁣
Na verdade é um bar-restaurante com um armazém que vende frios, vermut e outras delícias.⁣
⁣
Típico lugar de bairro, frequentado pelos moradores e que oferece boa comida, excelentes vermuts e um atendimento amável.⁣
⁣
Levei meus pais e eles amaram. No final de semana tem que chegar cedo para sentar porque o local é pequeno. ⁣
⁣
Durante a semana, oferecem um prato do dia por 5,50€. Nós fomos de garbanzo con bacalao. Grão de bico com bacalhau. Na Espanha se prepara o grão de bico como a gente faz feijoada. ⁣
⁣
Se quiser acrescentar ao prato do dia, bebida e pão, o valor sobe a 8€. O pão é mara e o vermut muuuito bom, por isso vale a pena acrescentá-los.⁣
⁣
Para ir com amigos e petiscar, há tábuas de frios, colmadas (sanduíches) e conservas. ⁣
⁣
Veja o cardápio inteiro com preços no site oficial: http://lacolmada.com ⁣
⁣
Destaque: atendimento 5 estrelas.⁣
⁣
#madri #madridlovers #madridfood #restaurantesmadri #restaurantesmadrid #foodphoto #foodporn #foodpic @lacolmada
  • Hotel maravilhoso em Madri⁣ 🔝
Gente do céu, apaixonei por um dos hotéis que testei nessa última viagem para Madri. ⁣
⁣
Na verdade, também gostei de outro, que vou postar mais para frente. ⁣
⁣
Mas voltando a esse 4 estrelas incrível que me hospedei em 2 noites diferentes, uma com minha sogra e outra com meus pais.⁣
⁣
Ocupa um edifício histórico que foi o maior arranha-céu da Espanha na década de 1950. Foi remodelado totalmente pela rede RIU e reabriu nesse último verão.⁣
⁣
Mas o que quero destacar é o atendimento prestado por todo o staff, desde a recepção ao senhor que abre a porta. Passando pela senhora que retira os pratos da mesa no café-da-manhã. De tirar o chapéu!⁣
⁣
Os dois quartos que me hospedei tinham uma vista incrível de Madri, com Palácio Real incluído.⁣
⁣
Os hóspedes tem livre acesso a um dos melhores mirantes da cidade. E ainda conta com um piscina (bem pequena), academia, café da manhã com show cook e uma localização fantástica!⁣
⁣
Para ver preços e outras opiniões, clique no link da bio. Por que estou fazendo dessa forma? Se alguém resolver reservar, recebo uma comissão que não onera para nada meu seguidor, mas que é importantíssima para manter o Turomaquia e o Arte 365 navegando! ⁣
⁣
Desenvolver conteúdo de qualidade é caro e demanda muito tempo. Por isso, pequenos gestos como esse, permitem que os criadores mantenham seu trabalho. Não permita que apenas os conteúdos lixo sobrevivam nessa selva digital! É uma compromisso de todos nós!⁣ Vou mostrar o quarto nos Stories!
⁣
#hotelmadri #ondedormiremmadri #hotelmadricentro #hoteldesign #madrilovers #madrid #mirante
  • ⁣
Palmeritas Original, novidade em Madri.⁣
⁣
O dono de uma das melhores confeitarias de Madri e do melhor croissant de framboesa abriu essa “porta” no coração da Gran Via, praticamente na frente da Primark. ⁣
⁣
O responsável? Alejandro Montes e sua casa insígnia? Mama Framboise. ⁣
⁣
Eu escrevi porta porque está pensado para atender o pessoal na rua. Mas também dá para entrar no hotel Hyatt e saboreá-las desde dentro com um cafezinho quente!⁣
⁣
Loja de um único produto, a palmerita, conhecida no Brasil como palmier ou ainda como orelhas de elefante 😋⁣
⁣
Um doce de massa folhada que Alejandro deu um giro de 180 graus criando 12 sabores diferentes, uma mais legal que o outro. Eu provei a “castiza”, ou seja, a palmerita com mais sabor a Madri que leva geléia de morango, chocolate de amoras e pétalas de violeta cristalizada. ⁣
⁣
Crocante, fresca e de sabores surpreendentes. Meus pais também adoraram. ⁣
⁣
💶 O preço? 1,70€⁣
⁣
⏰ Abre de segunda a quarta-feira das 8:30 às 22:00 horas. Quinta e sexta-feira das 8:30 à meia-noite. No sábado das 9:30 à meia-noite e no domingo das 9:30 às 22:00 horas.⁣
⁣
📫 End.: Calle Gran Vía 31, 28013⁣
⁣
Fotos próprias e de divulgação

Follow Me!