Guias de Viagem e Arte

 
 
nov 05 2012

Museu Real de Belas Artes da Bélgica – o dia que fiquei frente a frente com Marat

Quando cheguei na frente do gigantesco edifício, só pensava num quadro. Que mostra um revolucionário assassinado. O exato instante em acaba de ser esfaqueado.

O revolucionário, Marat, encontrava-se em sua banheira, onde passava longas horas do dia para acalmar as erupções cutâneas de sua doença. Tanto era assim, que sobre a banheira se encontrava uma improvisada mesa de trabalho.

Claro que o quadro não retrata exatamente a cena do crime. Porque nele a morte é até bonita. Só nas mãos dos artistas, a morte tem este quê de belo e até sensual.
Museu Real de Belas Artes da Bélgica

Enfim, só pensava num dos meus desejos mais profundos. Enfrentar-me “A Morte de Marat”, obra do pintor da Revolução Francesa – David.

Quando sei que vou ver algo da minha bucket list de arte fico inquieta e excitadíssima. Mas mesmo assim, a recepção do museu me impactou. Um grande distribuidor, do qual se tem uma visão do primeiro andar. Emoldurado por umas colunas sólidas, e claro mega fotogênicas. De cara o primeiro contraste, na entrada uma obra contemporânea de um globo construído com pseudo-insetos, que divide o espaço com estátuas milenárias.
Museu Real de Belas Artes da Bélgica

Museu Real de Belas Artes da Bélgica – O que não devo perder

Uma das obras mais emblemáticas da história da arte ocidental – “A Morte de Marat”, de David. Na mesma sala, uma releitura (que é quando um artista reinterpreta a outro) de Magritte, de uma outra obra de David. O retrato da esposa de um banqueiro – Juliete Récamier (o quadro chama-se Madame Récamier). Mas aqui a releitura da pintura gerou uma escultura!
Museu Real de Belas Artes de Bélgica - Bruxelas
Madame Récamier - Magritte
Madame Recamier - David

Fora este momento estelar, há outros. Como a sala vermelha com os quadros do Rubens. Aquele que amava as mulheres com coxas rotundas e claro, muitas curvas. O artista que foi um pop star em seu tempo.
Museu Real de Belas Artes de Bélgica - Bruxelas

Uma coleção impressionante de obras de um pintor do norte. Do comecinho do Renascimento, Pieter Bruegel, o Velho. O homem dos quadros repletos de figuras hiper detalhadas. Suas paisagens e cenas são verdadeiras fotografias de um tempo em que todas as lembranças dependiam dos artistas.
Museu Real de Belas Artes de Bélgica - Bruxelas
Museu Real de Belas Artes de Bélgica - Bruxelas

Também abriga obras de Rembrandt e Bosch, e de um artista belga que eu não conhecia, mas me apaixonei, François-Joseph Navez (imagens abaixo).
Museu Real de Belas Artes de Bélgica - Bruxelas
Museu Real de Belas Artes de Bélgica - Bruxelas

Museu Real de Belas Artes da Bélgica – Como chegar | Quando ir | Quanto custa

Está no centro de Bruxelas, a 400 metros da Estação Central de Trem e a 800 metros da Grand Place. Se vier de metrô pare na estação: Gare Centrale. Se vier de bonde (tram) desça em Royale.
Abre das 10:00 às 17:00 horas. Fecha nas segundas e nos seguintes dias: 01/01, 01/05, 01/11, 11/11 e 25/12.
Museu Real de Belas Artes de Bélgica - Bruxelas

A entrada geral custa 10€. Menores de 26 anos pagam 2€, e maiores de 65 anos, 5€. Toda primeira quarta-feira de cada mês, na parte da tarde a entrada é grátis. Para quem vai visitar também o Museu Magritte, que fica no mesmo complexo, vale a pena comprar o Combo, que inclui os dois museus, por 15€. Aceita o Brussels Card.
Tem uma lojinha beeem legal, com objetos relacionados tanto ao Museu de Belas Artes como ao Magritte. Dá para entrar direto pela rua sem ir a nenhum dos dois museus, o que não é muito comum nos museus europeus.

Oferece uma espécie de café e uma brasserie. Não tive tempo para provar o lugar, porque bem neste dia fiz uma maratona museística 🙁

O guarda-roupa é gratuito, o que vem a calhar durante o inverno europeu. Já que dentro do museu não dá para ficar com o super abrigo, sob pena de criar sua própria sauna móvel 🙁

Museu Real de Belas Artes da Bélgica – Pode fotografar?

Pode, sem flash e sem tripé.

Um esclarecimento. Na verdade todo o complexo é conhecido como Museus Reais de Belas Artes de Bélgica. Esta parte que visitei é o Museu de Arte Antiga. A parte de arte moderna está em obras.
End.: Rue de la Régence 3
Site: http://www.kmskb.be/

Planeje aqui sua viagem para BÉLGICA

Planejamento ViagemPara ver tudo que já foi publicado sobre a Bélgica, clique aqui.

Planejamento ViagemBusque e reserve seu HOTEL em BRUXELAS | BRUGES | GENT | ANTUERPIA (AMBERES) | CHARLEROI. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste ano de 2017, coloque o código: 2017AFL. Para ver os descontos em outros anos, clique aqui

 Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?

Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

Guia Louvre

Imagem “Madame Récamier” de Jacques-Louis David (Museu do Louvre) – http://www.wga.hu/index1.html

3 Comentários

  1. helo

    nao vejo a hora de voltar pra bruxelas so pra ver esse David!

    responder
  2. Carmen

    ¡Qué maravilla poder contemplar en directo, el cuadro “La muerte de Marat” de David!
    Me gustaría ir a ese museo sólo por poder ver en vivo esa magnífica obra de Bruegel, el Viejo.
    Un buen museo, Patrícia, desde luego hay que tenerlo en cuenta.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Carmen, para mí fue una buena sorpresa, me ha encantado.
      Una cosita, me estou volviendo loca con tu serie de Creta, ¡increible!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Já viu o novo vídeo da Provence no YouTube - Patricia de Camargo? Estou chocada porque perguntei nos Stories quem tinha assistido o filme do Russell Crowe, “Um Bom Ano” e me senti muito velha 😂😂😂 70% não tinha assistido. E por que perguntei? Porque no novo vídeo aparecem cenários deste filme 😉

#provence #gordes #lugaresdecine #francelovers #russellcrowe
  • Vem “sextar” comigo junto à um dos cenários do filme do Russell 😉 “Um Bom Ano”. Onde? 👉🏽 No YouTube - Patricia de Camargo 😎

#provence #gordes #umbomano #cidadedecinema #francelovers
  • Uma das vistas possíveis de um atrativo mais amado por fora que por dentro, o Padrão dos Descobrimentos em #Lisboa 👉🏽 A entrada custa 6€. 💁🏽‍♀️ Combina com visita ao Mosteiro dos Jerônimo + Torre de Belém + lanche nos Pastéis de Belém e dependendo do horário, caminhada até o #Maat para ver o pôr do sol.

#roteirolisboa #lisboalovers #bairrobelem #padraodosdescobrimentos
  • “Traduzir uma pintura em uma fotografia era um desafio que queria alcançar. Queria respeitar a imagem e a sensação que produzem os mestres, mas necessitava dar uma volta conceitual que pudesse criar uma nova capa visual na imagem original”. 👀 Para saber mais sobre o fotógrafo Freddy Fabris que saltou à fama internacional com uma série de fotografias que ele intitulou: “Renaissance” veja o último post do www.turomaquia.com

#artecontemporanea #artistacontemporaneo #fotografiaartistica #freddyfabrisphotography
  • Por sol neste momento desde o escritório Turomaquia 🙏🏽 #sunset #sunsetlover #laspalmasdegc #grancanarialovers
  • Caminhando sobre uma reserva gigantesca de ocre no novo vídeo da road trip pela #Provence (Clique na bio ou visite o YouTube - Patricia de Camargo). Esta viagem foi genial e é difícil falar gostei mais disso ou daquilo, mas confesso que este dia foi muito especial 😉

#roadtripprovence #roussillon #sentierdesocres

Follow Me!