Guias de Viagem e Arte

 
 
ago 05 2012

O museu dos grandes do renascimento e do barroco em Berlim – Gemäldegalerie

Para quem não curte museu cheio, e é apaixonado por Renascimento e Barroco, acaba de encontrar um museu em Berlim para chamar de seu 🙂 – Gemaldegalerie. Coleção de primeiríssima qualidade, num ambiente super sereno. Estive vários minutos sozinha em muitas das salas.
Gemaldegalerie - Museu Berlim

Como a grande maioria dos grandes museus de arte europeus, seu acervo tem bases reais. Neste caso, da coleção do Rei Frederico, o Grande. Abre suas portas em 1830, muda de lugar e se incorporam novos trabalhos, até que ganha sua sede atual em 1998, dentro do gigantesco complexo – Kulturforum.

Gemaldegalerie – O que não devo perder

Aqui estão expostas obras da arte ocidental do século 13 ao 18. As obras estão divididas de forma cronológica e por escolas, mais didático: impossível! 🙂

O que não me perderia por nada deste mundo. Os melhores pré-renascentistas como Bosch (já que há poucas oportunidades de ver suas obras) e o homem que teria dado o “pistoletazo” de saída para o Renascimento – Giotto.
Gemaldegalerie - Museu Berlim
Gemaldegalerie - Museu Berlim

O Renascimento mais retumbante está presente por aqui com obras de Boticelli. Depois da Ufizzi acredito que seja o museu com mais obras do artista. A delicadeza da construção da figura feminina vale algumas babadas!
Gemaldegalerie - Museu Berlim Gemaldegalerie - Museu Berlim

Mas também tem Rafael Sanzio. Chegou a hora de cair de boca no barroco de Caravaggio, e numa seleção digna de medalha de ouro do barroco do norte, com representantes como Vermeer, Rembrandt e Rubens.
Gemaldegalerie - Museu Berlim
Gemaldegalerie - Museu Berlim
Gemaldegalerie - Museu Berlim

Seguindo este percurso: Bosch – Giotto – Boticelli – Rafael – Rembrandt – Rubens – Vermeer, vai precisar de 1 hora para encher de alegria teu corpo.

Gemaldegalerie – Quando ir

Fecha apenas na segunda-feira. De terça a domingo funciona das 10:00 às 18:00 horas, e na quinta faz serão até às 22:00 horas.

Gemaldegalerie – Como chegar

Está do ladinho do Tiergaten e a 450 metros do Sony Center, dentro do Kulturforum. Se quiser utilizar o transporte público, o metrô e o trem vão te deixar justamente no lugar que abriga o Sony Center, a Potsdamer Platz.
kulturforum-vista-aerea

Para ir de:
U-Bahn U2 (Potsdamer Platz)
S-Bahn S1, S2, S25 (Potsdamer Platz)
Ônibus: M29 (Potsdamer Brücke); M41 (Potsdamer Platz Bhf / Voßstraße); M48, M85 (Kulturforum); 200 (Philharmonie).

Gemaldegalerie – Quanto custa

A entrada geral custa 8€, a reduzida 4€. Pode ser comprada, por exemplo, por estudantes. Menores de 18 anos tem entrada gratuita.

Gemaldegalerie – Aceita algum passe

Um dos melhores passes europeus, o Museum Pass Berlin.

Gemaldegalerie – Que serviços oferece

O Kulturforum oferece um grande número de serviços, entre eles: guarda-volumes, café e livraria. Na frente da entrada principal uma espécie de lanchonete-café oferece lanches e bebidinhas. Provei uma deliciosa quichê.
Gemaldegalerie - Museu Berlim

Gemaldegalerie – Pode fotografar

PODE 🙂 sem flash!

End.: Matthäikirchplatz – Kulturforum
Tel.: 030 – 266 42 42 42
Site: http://www.smb.museum/smb/standorte/index.php?lang=en&p=2&objID=35

Veja todos nossos posts de BERLIM

Busque e reserve seu hotel em Berlim, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste 2016, coloque o código: AFILI2016. Para ver os descontos em outros anos, clique aqui

Escape das filas, compre antes da viagem e em português, as entradas para os principais ATRATIVOS DE BERLIM, clicando aqui.

Posts relacionados:
Ilha dos Museus em Berlim
Museum Pass Berlim – Vale a pena?
Museu de Pérgamo – Guia Prático (F.A.Q.)
Museu da Nefertiti – um pouco da história do edifício
Neues Museum em Berlim, para ir antes de morrer 😉
Bode Museum – museu do quê?
Hamburger Banhhof – Arte Contemporânea da boa em Berlim!

fotos: turomaquia_2010
Imagem Kulturforum: site oficial

4 Comentários

  1. helo

    Adorei Pat! Que dica preciosa. Agora preciso voltar a Berlim, urgente!

    responder
  2. Wanessa

    Eu passei rapidinho pela Gemaldegalerie quando estive em Berlim (fui achando que era um dia em que abria até mais tarde, mas estava enganada…) e foi uma ótima surpresa. Na época, eu tinha acabado de ter umas aulas de história da arte e minha impressão sobre a pintura do início do renascimento tinha mudado muito. Antes, eu achava as obras muito “primárias”, mas, depois de conhecer mais sobre a evolução da pintura, esses artistas ganharam a minha admiração. Adorei ver algumas obras ao vivo. Da próxima vez que for a Berlim, com certeza voltarei para uma visita com toda a calma que a Gemaldegalerie merece!

    responder
  3. Bóia Paulista

    Oi, Pat! Tudo bem? 😉

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Beijos,
    Natalie – Boia Paulista

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Naty, a equipe do Turo adora ser selecionada para a Viajosfera, valeuuuuuu
      Beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Pessoas, pessoas, pessoas ... mesmo num mundo polarizado, são os encontros que marcam nossa existência, enfim que nos fazem felizes. Hoje graças a minha amiga Leidinara do @curitidoce conheci a Kitsten do @travelandabroad que me fez essa foto, que revela como eu sou em dias em que os encontros deixam minha alma leve, leve ... Brigaduuuu Kitsten e Lola 🥰

#fotografamadrid #madri #museoreinasofia #photoshoot #hapiness
  • Olha a quantidade de pássaros no lago do  Parque del Retiro 😱

O clima está meio maluco. Choveu, fez sol, frio, nem tanto, tá parecendo Curitiba 😂

#parquedelretiromadrid #madridlovers❤️ #roteiromadri
  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes

Follow Me!