Guias de Viagem e Arte

 
 
jun 07 2016

O que fazer no Porto |Ficar de boca aberta com a talha barroca e o ouro da Igreja de São Francisco

Igreja de São Francisco | Porto

Dentro do Centro de Informações Turísticas na frente da Sé vejo uma foto do interior de uma igreja que me alucina, entro na fila para perguntar à senhora detrás do balcão como faço para ver aquele lugar. Ela pega um mapa e me mostra a localização exata da Igreja de São Francisco.

Saio de lá e duvido que o lugar seja tão lindo quanto na foto, porque nunca tinha visto até aquele momento nenhum guia ou blog que desse destaque a esta igreja. Eu sei me portei como São Tomé (risos!) e de lá, adivinha prá onde fui? Direto para aquela igreja, que mais tarde descobri que se encontra inserida na zona histórica do Porto catalogada pela Unesco em 1996 como Patrimônio Mundial da Humanidade.
Igreja Sao Francisco do Porto

Como é a visita à Igreja de São Francisco ou Igreja do Ouro

A igreja já não funciona como lugar de culto, agora é um espaço cultural, onde se oficiam apenas duas “missas” ao ano e concertos de música clássica. Compro minha entrada que dá direito a casa do despacho (onde está o guichê) e a igreja em si, mas estou tão curiosa, que parto imediatamente para a igreja. Curiosidade, MATA!

Ponho o pé, e … MORRO! Na verdade todo o dourado da talha barroca me golpeia os sentidos e o corpo. Para uma apaixonada pelo barroco aquilo tudo significa entrar em êxtase, ver as pernas tremerem, enquanto sofre imediatamente a “Síndrome de Stendhal”.
Porto - Igreja de São Francisco
A igreja em si é gótica, sua construção que tinha tudo para começar em 1245, se arrastrou por anos pela maldita burocracia até 1383. A talha dourada é bem posterior, começou a ser criada no século 17 e os trabalhos se estenderam até o século seguinte. Quando terminaram, a igreja reluzia com uma quantidade entre 400 e 600 quilos de ouro, atualmente se estima que daquele ouro sobrou aproxidamente 1/3.

E como todo lugar lindo e maravilhoso que se viu submetido a guerras ou invasões, sofreu atrocidades, mas lembre que naquela época ainda não se valorizava o patrimônio como agora. Quando os franceses invadiram o Porto, usaram esta igreja como cavalariça, e parte da madeira da talha queimaram para se aquecer 🙁

Depois disso, foi por 10 anos armazém da alfandega e quase foi demolida \o/ Graças a uma irmandade esta coisa linda continua firme e forte para encher teus olhos de tanta beleza. Além de se deixar levar, não deixe de prestar uma atenção especial:
* na Árvore de Jessé, que é a árvore genealógica de Jesus a partir de Jessé, que seria o pai de David. Eu nunca tinha me percatado destas árvores antes, mas vi um historiador da arte comentando que existem várias espalhadas pelo mundo. Esta da Igreja de São Francisco é de madeira e pintada de dourado, obra de Filipe da Silva e António Gomes entre os anos de 1718 e 1721.
* num dos afrescos mais antigos ainda conservados, é do renascimento (século 15) e mostra a Senhora da Rosa ou das Graças.

Fiquei uma hora e meia, sentada, de pé, por um momento em êxtase, em outros em choque, até que muito sem querer me dirigi à porta, e fui visitar a Casa dos Despachos, onde se pode fotografar, nela se visita a Sala de Sessões, a Sala do Tesouro (eucarístico), a Sala de Exposição e o cemitério catacumbal com ossadas, mas já sabia que tudo isso era em vão, minha cabeça tinha ficado lá junto às curvas da madeira e o brilho do ouro 😉
Igreja Sao Francisco do Porto
Igreja Sao Francisco do Porto
Igreja Sao Francisco do Porto

Quando ir, quanto custa e como chegar à Igreja de São Francisco do Porto

A igreja abre todos os dias, mas os horários dependem da época do ano:
– de novembro a fevereiro das 9:00 às 17:30 horas
– de março a outubro das 9:00 às 19:00 horas
– julho, agosto e setembro das 9:00 às 20:00 horas.

A entrada custa 3,50€, vale cada centavo! Fica do ladinho das margens do Douro, um pouco acima da região conhecida como Ribeira e junto ao Palácio da Bolsa (tema do seguinte post!). Se estiver pelo Setor Histórico, algumas subidinhas e descidinhas te levarão facilmente até a Rua do Infante Dom Henrique, 4050-297. Na frente fica a parada final do Eléctrico Histórico que vai até a Foz do Douro (que também vai render post!).

Planeje sua viagem a Portugal

Igreja Sao Francisco do Porto

Veja todos nossos posts do Porto

Planejamento ViagemBusque e reserve seu hotel em: LISBOA | PORTO | SINTRA | ALGARVE | COIMBRA | BATALHA | FÁTIMA. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Planejamento ViagemLembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que, qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

imagens: turomaquia_2014; de dentro da igreja pertencem ao Visit Portugal e ao blog: http://blogue-do-joao5907.blogspot.com.es/2014/07/oportos-cultural-wekend.html (quando realizei a visita não permitiam fotos na igreja).

6 Comentários

  1. Janne Goulart

    Pois é….já visitei inúmeras igrejas pelo mundo afora , porém algo aconteceu comigo ao adentrar esta Igreja de São Francisco, eu fiquei em estado de choque , deu tremedeira , eu chorei feito criança…meus olhos não acreditaram em ver tanta beleza, força e magia num único lugar. Eu super indico !
    Parabéns pela máteria , adorei.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Te entendo perfeitamente Janne 😉
      Um grande abraço!

      responder
  2. Ilma Madureira

    Salve Patrícia!
    Nossa! Amei esse post e estou curiosíssima para conhece-la (estarei no Porto em setembro agora).
    Eu amo o barroco, e essa sua dica “me sacudiu”. Nao terei muitos dias na cidade, mas com certerza alguma coisa deixarei de fazer para conhecer essa jóia.
    Mais uma vez obriga e
    Abraços de viajante

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ilma, e vale a pena combinar a visita com o Palácio da Bolsa, que eu postei hoje 🙂
      Um grande abraço

      responder
  3. Luciana Silva

    Essa Igreja é muito linda por dentro. Surpreende tanto ouro trabalhado. Fui lá em outubro do ano passado e seu post me fez recordar do deslumbramento ao entrar nesse local. Também adorei a árvore de Jessé ( esse nome?). Suas postagens são ótimas, cheias de informações corretas. As usei muito na viagem de 2017 por algumas cidades de Portugal e Itália. Parabéns. Um abraço.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuuu Luciana 🙂

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!