Guias de Viagem e Arte

 
 
mar 05 2007

Tempo de Turismo! (A Saga do Caminho 18)

Mansilla de las Mulas – León: 19,49 Km
Uiuiuiui … esta jornada foi bem fácil, nem chegamos aos vinte quilômetros. Mas por um motivo bem justo, alcançamos León, e esta cidade é tão bonita que não se pode apenas passar os olhos! A caminhada foi bem leve, e de dificuldade baixa. Saímos cedo porque queríamos fazer um pouco de turismo, tirar fotos na praça e sobretudo, conseguir um lugar no albergue do centro histórico da cidade. A chegada a León é bem mais agradável que a de Burgos, mas como é uma cidade relativamente grande para os parâmetros espanhóis, é meio confusa e uma boa parte se realiza em paralelo à estrada principal.

Primeiro objetivo alcançado, conseguimos lugar no albergue das Irmãs “Carbajalas”, uma albergue mantido por freiras. E com uma curiosidade, antigamente as irmãs separavam os homens e as mulheres, elas seguem com este costume, só que agora também oferecem um grande quarto de casais, sim senhor! Tudo evolui! As irmãs são super carinhosas e muitos voluntários ajudam a manter o lugar bastante organizado e limpo.

Neste ambiente tão puro tive uma idéia brilhante: doar meus tênis. O Tom estava carregando estes pesos mortos por mais de cem quilômetros, e só de pensar em calzá-los novamente, já me dava vontade de chorar. Já não havia volta atrás, não usaria mais este par de tênis. Liberando-se de meu espírito materialista absurdo, doei meus tênis caríssimos e quase novos para outra pessoa que pudesse fazer melhor uso deles. As irmãs mantém um espaço para guardar doações que são feitas para peregrinos menos afortunados que já chegaram a este albergue praticamente com os pés no chão ou morrendo de frio. Assim, se você carregou até aqui algo que até agora não usou, faz um favor para você mesmo e para o mundo: DOA!

Depois de deixar as coisas no nosso quarto de “parejas”, passamos ao exercício do tempo de ócio, e a primeira parada não podia ser outra, a Catedral de León. Por fora é bonita, mas por dentro é impressionante. Uma catedral de luz – uma catedral repleta de vitrais.
Caminho de Santiago Francês Caminho de Santiago Francês

Antes da catedral existiu neste espaço, umas termas romanas e depois um palácio, então se construiu a primeira catedral em estilo românico, e em 1205 iniciou-se a construção deste edifício gótico imponente. E já em 1274, a catedral estava aberta ao culto.

São cerca de mil e oitocentos metros quadrados de vitrais. Uma grande amiga e companheira do caminho quando entrou nesta igreja não aguentou a emoção e começou a chorar. É uma das mais belas igrejas que eu já entrei, uma mistura da Catedral de Colônia com a Saint-Chapelle parisiense. E você entra e fica pensando, como eles fizeram tudo isto, com esta altura, com estes vitaris no século XIII ? Entre em várias horas do dia, não paga nada para entrar na igreja.
Catedral de León. Vidrieras
Catedral de León

Mas esta não era a única surpresa do dia, depois de um almoço dos deuses, porque se come de maravilha em León. Se você não ficar no albergue das irmãs já que fecha cedo, e resolver ficar no albergue munciipal que não fecha pela noite, poderá “tapear” (petiscar) a noite toda no Bairro “Húmedo”. Aliás o albergue municipal é muito bom, mas fica afastado do centro histórico.

Bem, voltando a segunda surpresa do dia: Panteão Real, que é considerado a Capela Sistina do Românico. A coisa é a seguinte, dentro do conjunto da Basílica de San Isidro, você encontra uma igreja e na esquina esquerda (olhando para a entrada da igreja) um pouco escondido o acesso ao Panteão Real, que era o lugar aonde se enterravam os reis leoneses. Leão foi capital do Reino Astur-leonés. De forma milagrosa, apesar da invasões napoleônicas, este salão foi conservado intacto. Todo o teto aonde estavam as tumbas dos reis, infantes e infantas é pintado! (Os infantes são os filhos dos reis que por não serem primogênitos não encontram-se na primeira linha para herdar a coroa, e as filhas eram as infantas. Às filhas do Rei Juan Carlos são chamadas Infanta Cristina e Infanta Helena, e filho como é o primeiro na linha de sucessão é chamado de Princípe de Asturias). A entrada para esta maravilha pouco divulgada custa apenas dois euros, e a visita é guiada. Se você passar ou sair de León não deixe de visitar, é de babar!
escanear0020

Voltamos cedo ao albergue, às nove da noite, as irmãs oferecem uma missa na igreja do convento, é um momento fraternal e emotivo, e como diz o ditado: “Quem está na chuva, é prá se molhar”. Mesmo que você não seja o ser mais crente e devoto, você está no Caminho de Santiago, vivemos na aldeia global, dê uma chance para novas experiências. Permita-se …

fotos do interior da Catedral de León – Manuel Martín Vicente e Jorge Benayas

strong>Posts relacionados:
Tudo que é bom … (de Saint-Jean-Pied-De-Port a Roncesvalles)
Dificuldades … (de Roncesvalles a Zubiri)
Eu x Eu (de Zubiri a Cizur Menor)
Perdão e Reflexão (de Cizur Menor a Puente de la Reina)
Eu necessito … (de Puente de la Reina a Estella)
Da fonte de vinho a pocilga (de Estella a Los Arcos)
A chegada a La Rioja (de Los Arcos a Logroño)
Um lugar abençoado por Deus … (de Logroño a Ventosa)
O importante não é chegar … é ir! (de Ventosa a Santo Domingo de la Calzada)
O primeiro grande desafio (de Santo Domingo de la Calzada a Montes de Oca)
Divagações em Atapuerca (de Montes de Oca a Agés)
Os grandes tesouros (de Agés a Burgos)
Feliz na Aldeia Global! (de Burgos a Hontanas)
Gente de todas as cores e sabores … (de Hontanas a Boadilla del Camino)
Da obra gigantesca ao pequeno milagre da vida! (de Boadilla del Camino a Carrión de los Condes)
Simplesmente humanos! (de Carrión de los Condes a Sahagún)
Não estou louca, nem virei psico-autora, apenas tive vontade de me abrir ao mundo! (de Sahagún a Mansilla de las Mulas)

Imagens: turomaquia_2006

3 Comentários

  1. silvia oliveira

    ¡Hola!Não vai entrar nenhum post alternativo falando da boda?

    responder
  2. Clarissa Donda

    Lindo, lindo, lindo!!!
    Lindas fotos, lindos textos… To acompanhando (com água na boca, deixemos claro!) os seus posts sobre a caminhada… Tenho um desejo de fazer a peregrinação já alguns anos, a pé ou de bike, e sempre por algum motivo eu deixava a idéia para lá: ou porque não tinha companhia (o que é desculpa esfarrapada, porque isso nunca me impediu de viajar), ou por causa do tempo, ou por causa do preparo físico que atualmente não está lá essas maravilhas…
    Mas acho que, talvez, é porque simplesmente ainda não era hora… E fico feliz de ler os seus relatos, tanto do ponto turístico quanto da experiência e viagens particulares que esse tipo de peregrinação suscita… E é o melhor que eu li até agora (tem uns sites específicos falando das aventuras de peregrinos e tal, mas acho tão – me desculpe a sinceridade – chulé)…

    To viajando com vc… E espero voltar ao papo em breve para pegar ainda mais dicas…!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Clarissa, que presente receber este comentário numa sexta-feira! Muito obrigada 🙂 Tenho certeza que nos veremos em breve!
      beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!