Guias de Viagem e Arte

 
 
out 09 2014

7 lugares para comer ou ver a vida passar em Paris

1. Restaurante com vistas de enfarto: Le Saut du Loup

É o restaurante do Museu de Artes Decorativas. Comi no pátio ar ar-livre, e tinha o Louvre nas minhas costas, na minha frente a Torre Eiffel, o Jardim des Tuileries e o Carrossel. Vale a pena na hora do almoço (de segunda a sexta-feira) quando oferecem um menu de dois pratos, a escolher entrada + prato principal ou prato principal + sobremesa por 25€. Nos finais de semana o menu sobe a 36€. O menu infantil custa 14€. Melhor reservar para poder sentar fora: http://www.lesautduloup.fr/articles/nos-menus.php
End.: 107 Rue de Rivoli, 75001 Paris, França
Restaurantes em Paris
Seguro viagem europa 728x90

2. Leon de Bruxelles

É uma rede belga com vários endereços em Paris. Vá para comer mexilhões, que vem sempre acompanhados de batatas-fritas, no estilo pode repetir sem custo, as batatas 😉 Comemos na Champs-Elysees durante o verão e sempre havia fila, sem contar que é um pouquinho mais cara que as outras filiais. Ficamos uns 20 minutos na fila, evite sentar junto às primeiras mesas, melhor esperar um pouco mais e sentar mais para dentro. Os mexilhões que levam o nome da casa são fabulosos, com um molho que é a alma do negócio. Também pedimos os gratinados, e não gostamos, o queijo e o tomate mascaram o sabor do fruto do mar, e os mexilhões vieram bem bagunçados. Gastamos em duas pessoas, 49,90€.
Site: http://www.leon-de-bruxelles.fr/
End.: 63 Avenue des Champs-Élysées
Restaurantes em Paris

3. Le Restaurant

Este restaurante já tinha aparecido por aqui, minha amiga Mesi já havia recomendado no Turomaquia. Ele fica dentro do Museu D´Orsay. Salão lindo de morrer, perfeito prá se sentir uma mulher poderosa. Na hora do almoço oferece um menu com entrada + prato principal por 22€. Não reservam, a fila era grande, mas estivemos apenas uns15/20 minutos esperando. Comi o peixe do dia com polenta, e achei uma combinação estranha quando pedi, mas estava divino. Gastamos com 2 menus e 2 copos de vinho, 53€. Do lado do “Le Restaurant” para quem comer uma saladinha ou um sanduíche, se encontra o moderno e de babar Café Campana, obra dos irmãos brasileiros.
Site: http://www.musee-orsay.fr/es/visita/servicios/restaurantes.html
Restaurantes em Paris

4. Café da Amelie | Cafe de 2 moulins

O famoso café do cult movie fica em Montmartre, mas bem na entrada do bairro. Sentamos no balcão para sentir o clima e pedimos café. Cafezinho ótimo e um dos mais baratos que tomei na cidade, 1€ (lembre que tomamos no balcão!).
End.: 15 Rue Lepic, 75018 Paris, França
Restaurantes em Paris

5. Le Progrès

Tem muito lugar ruim em Montmartre, este bistrô fica na entrada da parte mais mega blaster turística. Entramos para um café (sim, somos viciados!) e ficamos observando os pratos que iam e viam e a cara do pessoal a provar, e mesmo sem fome veio aquela gula, que foi devidamente mantida à raia 😉
End.: 7 Rue des 3 Freres, 75018 Paris
Restaurantes em Paris
Os dois próximos lugares não pudemos provar porque estavam fechados por férias, o que é bem comum em agosto 🙁 Mas resolvi contar prá vocês, se alguém passar por eles, please deixa aqui seu depoimento, desde já agradeço de coração.

6. Boucherie Les Provinces

Um açougue-restaurante que você pode escolher a carne que vai ser assada para sua refeição. Descubri este lugar no Le Fooding, dá uma olhada: http://lefooding.com/en/restaurants/restaurant-boucherie-les-provinces-paris. Só abre para almoço, e fecha na segunda-feira.
End.: 20 rue d´Aligre 7012

7. Blé Sucre

Muita gente diz que servem as melhores madalenas de Paris, mesmo prá que não gosta tanto assim de doce, estas afirmações chamam atenção, né?! Para saber mais, dá uma olhada: http://parisbymouth.com/ble-sucre/
End.: 7 Rue Antoine Vollon, 75012 Paris

Veja todos nossos posts de PARIS

Busque e reserve seu hotel em PARIS, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Lembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países europeus. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Para comprar as entradas dos principais atrativos da cidade, clique aqui, e evite filas de até 2 horas de pé \o/

Guia Louvre

fotos: turomaquia_2014

Nenhum Comentário

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!