Guias de Viagem e Arte

 
 
out 27 2010

A Dublin Moderna em um passeio a pé pelo Rio Liffey

Chove muito em Dublín. Por isso aproveite o dia que sol mostre seu esplendor para conhecer a parte moderna da cidade em um passeio delicioso pelas margens do rio Liffey. Se estiver pela região de Temple Bar se dirija às margens do rio e caminhe para direita ou para a ponte super moderna branca que se vê a distância. Fique atento, a calçada ao lado do rio reserva surpresas. Sem contar a mistura entre edifícios históricos e modernos que povoam esta parte da cidade.

Mapa-Roteiro-Rio-Liffey

siga nosso snapchat
O primeiro edifício histórico que se vê na outra margem é a antiga Custom House. O porto ficava nesta área, e portanto era necessário um prédio que fizesse as vezes de alfândega. Foi o primeiro edifício público da cidade! A construção é do século 18, em estilo neoclássico, ou seja, inspirado nos edifícios greco-romanos. Atualmente é sede de alguns departamentos do governo.

Passeio pelo Rio Liffey - Dublin

Passando a Custom House, pela calçada verá uma escultura muito interessante que nos lembra que o porto chegava até esta área. A próxima ponte é apenas para pedestres e leva o nome de um dramaturgo: Sean O´Casey Bridge. Construída em 2005 para ligar as duas margens do rio que estavam sendo remodeladas.

Passeio pelo Rio Liffey - Dublin

Continue em direção à última ponte inaugurada em 2009 – Samuel Beckett. Obra do arquiteto espanhol, Santiago Calatrava. O perfil da ponte representa uma harpa, que é o símbolo de Dublin. Ela mede 124 metros de altura e gira em 90 para a horizontal permitindo a passagem de navios. Cruze para o outro lado por esta ponte que custou 60 milhões de euros!

Passeio pelo Rio Liffey - Dublin
Passeio pelo Rio Liffey - Dublin Passeio pelo Rio Liffey - Dublin
Passeio pelo Rio Liffey - Dublin

Quando chegue à outra margem estará frente a frente com o Centro de Convenções de Dublin. Inaugurado em setembro deste ano, um mega projeto que conta com um auditório para 2.000 pessoas, 4.500 m de espaço para exposições, instalações para realizar banquetes para até 3.000 pessoas, ufa! Interessante o video promocional do CCD, com a música do U2 – Beautiful Day.

Passeio pelo Rio Liffey - Dublin

Vá retornando para o centro da cidade andando por esta margem do rio. Encontrará um dos armazens do antigo porto que foi conservado e atualmente abriga um espaço com lojas, bares e restaurantes, “The CHQ Building”. Construído no século 19 para armazenar na parte de cima tabaco e na inferior, vinho. Ficou célebre como o lugar do banquete de homenagem aos soldados irlandeses que voltavam da Guerra de Crimea, depois de lutar junto às Forças Britânicas. Naquele 23 de outubro de 1856, 3.000 soldados passaram por aqui, consumindo um mundareu de comida, só para citar algo, 200 perus, 3 toneladas de batatas e 3.500 pintas, isso foi só o começo!

Passeio pelo Rio Liffey - Dublin

Quase em frente nos encontramos com o triste grupo escultórico – “Famine Sculpture”. Uma homenagem a todas aquelas famílias que no século 19 tiveram que emigrar de Irlanda para escapar da fome que assolava o país. Uma obra do artista Rowan Gillespie. Ao lado, em um barco atracado está o “Famine Ship Museum”.

Passeio pelo Rio Liffey - Dublin - Famine Sculpture
Passeio pelo Rio Liffey - Dublin - Famine Sculpture Passeio pelo Rio Liffey - Dublin - Famine Sculpture

Caminhe em direção a O´Connell Street para dar de cara com o gigantesco “Spire” ou Monumento da Luz. Uma escultura de aço inoxidável de 120 metros de altura, que dizem ser a mais alta do mundo. Construída no lugar da Coluna de Nelson que foi destruída por uma bomba colocada por IRA em 1966. Nela terminamos nossa caminhada pela Dublin Moderna. Se o corpo estiver pedindo “ir de lojas” aproveite a própria O´Connell Street ou sua perpendicular, a Henry Street.

Pelas ruas de Dublin

Veja todos nossos posts dA IRLANDA

Busque e reserve seu hotel em DUBLIN, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste mês de janeiro/2016, coloque o código: 15%2016. Para ver os descontos em outros meses, clique aqui

Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

imagens: turomaquia_2010

5 Comentários

  1. lu

    amei as fotos de Dublin

    responder
  2. Guta Vambora!

    Eu sempre tive a sensação que eu jea morei em outras vidas na Irlanda, mas esse post me surpreendeu! A cidade está se remodelando de uma maneira incrível! Adorei ver essas novidades!bjus

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Lu, e ainda tem muita coisa por vir de Dublin e da Irlanda em geral!Guta, que coisa louca! Beijos

    responder
  4. Carmem Silvia

    Dublin acaba de entrar pra minha wishlist.Gostei de tudo!

    responder
  5. Patricia de Camargo

    Carmem, a cidade e aliás o País tem um astral ótimo!beijos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Dica Madri: como prometi hoje lhes deixo a dica de um hotel econômico na cidade. Queria fazer um vídeo como o de Londres, mas acontece que perdi várias imagens dessa última viagem, só me sobrou essa foto de "look do dia" no quarto 😂⁣
⁣
Peguei umas fotos de divulgação, mas lhes comento que são de quartos duplos, o meu era individual e era bem menor. Mas tinha janela para o pátio interno do hotel, mas por exemplo não havia porta do quarto para o banheiro. Em contrapartida era ótimo porque tinha ducha efeito chuva, cafeteira e cápsulas de café, madalenas de cortesia, ar-condicionado, pisos e madeira, televisão, espaço para trabalhar, mas tudo isso bem condensado 😉⁣
⁣
O hotel está num edifício antigo mas com elevador ao lado do Museu do Romanticismo, ou seja, a localização é fantástica! Duas paradas de metrô estão próximas: Alonso Martínez e Tribunal.⁣
⁣
👁‍🗨 Para ver mais fotos e outras opiniões, clique no link da bio 🤟🏽⁣
⁣
#hotelMadri #madrilovers #hotelBBBEuropa #hotelBBB #hotelemMadri #turoMadri
  • Dica Londres: caminhada recomendada inclusive para sedentários 😂 1,3 km entre o Southbank Centre a Tate Modern junto às margens do rio. Essas imagens são de janeiro, imagina num dia lindo de sol e com um calorzinho?!⁣
⁣
Almocei com a @helorighetto no Ping Pong do Southbank e de lá fui sozinha demoradamente até essa meca da arte moderna e contemporânea. lembrando que a entrada no museu é gratuita, exceto para as exposições temporárias. Mas sempre sugiro uma doação por mínima que seja, já que a união faz a força e manter um centro de arte como esse é caro prá dedéu.⁣
⁣
E aí, qual é tua caminhada favorita em Londres? É apta para todas as idades? Conta prá mim na caixa de comentários 😘⁣
⁣
#londonlovers #caminhadaLondres #oquefazeremLondres #turoLondres #mapadelondres
  • Paguei 60 libras a diária nesse hotel localizado do lado da Abadia de Westminster #londonlovers #hotelbbblondon #hotellondres
  • Publiquei a última parte do guia de leitura desse mês. Lembre que nosso bate-papo sobre ele vai rolar no dia 27 de fevereiro às 19:30 horas no YouTube - Patricia de Camargo. Ah, é o guia vc encontra no www.turomaquia.com 🤓

#lendoarte #seurat #nationalgalleryoflondon #pontilhismo #historiadaarte #artemoderna #issoearte
  • Sentados no chão do café da Galeria degli Uffizi tomando um aperol spritz após a visita. E você acha que a gente tá com cara de infeliz?! 😂😂 Esse é um baita museu, mas que tem um café minúsculo, então não tivemos muita alternativa e estávamos mortos depois de 6 horas entre obras 🤷🏽‍♀️ Qual foi o café ou restaurante que você mais curtiu dentro de um museu?

#galeriadegliuffizi #firenzelovers #artmuseum #museu #italyart
  • Mostro pouco minha cidade por aqui. Mas uma das minhas resoluções de ano novo é resolver essa pendência 🥳 
#laspalmasdegrancanaria #vegueta #grancanarialovers🖤 #canaryislands

Follow Me!