Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 16 2017

Arte bizantina e como se produziam os mosaicos

Lá pelos idos de 395, o Imperador Teodósio dividiu o império romano em dois: o do Ocidente e o do Oriente. O Império Romano do Ocidente sofreu diversas invasões bárbaras e acabou sucumbindo em 476. Já o do Oriente aguentou o tranco até 1453 e gerou uma arte que foi uma mistura da arte romana + arte grega + arte asiática.

Esta nova forma de se fazer arte denominou-se arte bizantina. Sabe por quê? Porque a capital do novo Império foi construída na antiga Bizâncio (então chamada de Constantinopla, e hoje de Istambul).

Como era a arte bizantina

A arte bizantina deixou de lado algumas inovações romanas por serem consideradas mundanas. Já que a nova religião oficial era o cristianismo. Mas tomou emprestadas algumas regras egípcias, entre as quais: a lei da frontalidade. Assim como, a forma de encarar o imperador como extensão de Deus na Terra. Tanto era assim, que o Imperador e sua esposa chegaram a ser representados com auréolas!

Um exemplo destacado desta arte são os mosaicos da Igreja de São Vital, em Ravena (norte da Itália). Mas como assim, na Itália que fazia parte do império do ocidente? Sim, porque antes desta parte do império sucumbir, aconteceram intercâmbios culturais.
arte bizantina
A Imperatriz Teodora (com sua auréola) acompanhada de todo seu cortejo. Do lado direito da imperatriz, estão a mulher e a filha do General Belisário, que havia conquistado Ravena dos bárbaros ostrogodos.

arte bizantina
O Imperador com sua auréola e seu séquito. Do lado esquerdo do Imperador se encontra o General Belisário.

arte bizantina

Esta Igreja é Patrimônio Mundial da Humanidade junto com outros sete edifícios de Ravena desde 1996. Para visitar quatro destes edifícios adquira o passe de um dia por 9,50€.

Como se construíam os mosaicos na arte bizantina

Os romanos foram grandes artistas dos mosaicos. Mas os artistas bizantinos realizavam os mosaicos de uma forma um pouquinho diferente, veja o passo a passo:
a. O artista aplicava primeiro uma substância para impermeabilizar a parede, por exemplo: resina. O número (1) da figura representa a parede.

b. Depois uma camada de argamassa* com alguns elementos para deixá-la mais forte como poderiam ser pregos (2).

c. A seguinte camada de argamassa era mais fina e com poucos elementos para fortalecimento (3).

d. A última camada de argamassa continha mais cal e somente se aplicava a cada dia de trabalho, porque deveria estar úmida para a colocação das pedrinhas de vidro ou barro (4).

e. Quando terminavam passavam uma solução de cal, areia e oleo para preencher os espaços vazios entre as peças.
arte bizantina
Corte transversal mosaico muralabertura lateral da parede

Perceba na figura que as pedrinhas (são os quadradinhos pretos) de de número 5 e 6 não estão totalmente assentadas na argamassa, e sim colocadas de forma inclinada, porque assim a imagem refletia mais luz e apresentava tonalidades diferentes. As de número 7 estão colocadas paralelamente à argamassa, com um resultado mais plano.

Fora isso, imaginem que os artistas tinham que ter em mente que os visitantes iam observar estas obras a uma grande distância. E antes de começar a construir o mosaico propriamente dito deveriam fabricar as pecinhas coloridas que iam utilizar.

Quando a peça era dourada, o artista depois que ela estivesse pronta deveria aderir a superfície uma fina camada de pão de ouro (imagine uma folha de papel fina feita de ouro). Para fazer um grande mural, um artista poderia levar de 3 a 4 anos!

Arte bizantina em Ravena

O vídeo mostra um pouco da cidade de Ravena e de suas capelas e igrejas com esta arte bizantina impressionante dos mosaicos.

Veja todos nossos posts de ARTE, clicando aqui.

Madri - Guia do Prado
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi
Guia Louvre

2 Comentários

  1. Carmen

    É incomprensible que a arte bizantino não tenha melhor difusão. Estuda-se pouco e divulga-se mau.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Carmen, o mundo seria bem mais interessante se a arte (de verdade!) estivesse mais presente na vida das pessoas 🙁 E as pessoas seriam bem mais felizes!
      Beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!