Guias de Viagem e Arte

 
 
mar 24 2015

Museu era um músico?! – De onde vem a palavra museu




Você sabe de onde vem esta palabra: MUSEU? Sinceramente, eu não era muito curiosa sobre a acepção das palavras, mas daí casei e o Tom adora este tema, e acabei “contaminada” por ele.

A palavra vem do latim que deriva de uma palavra grega – MOUSEION, cujo primeiro significado não tinha nada a ver com um edifício. Mouseion era um personagem da mitologia grega, parente ou amigo de Orfeu, educado pelas ninfas, que se converteu num grande músico capaz de curar doenças com suas melodias \o/

Incrível, né? Quando comecei a estudar o tema nem passava pela minha cabeça este significado. Mas a coisa não para por aí e começa a se aproximar mais do que entendemos atualmente por museu. Ainda na Grécia começaram a chamar os templos das musas de Mouseion. As musas eram as deusas da poesia e da música. O primeiro mouseion foi construído no século III a.C. e ficava junto à famosa Biblioteca de Alexandria.

Já em Roma utilizaram estes templos para expor aos cidadãos tudo aquilo que pilhavam durante as guerras da conquista. Papel que na Idade Média assumiu a Igreja. Tanta coisa chegava das Cruzadas que começaram a construir templos especialmente para guardar as relíquias dos santos, como no caso da Sainte-Chapelle em Paris.
Paris Paris

Junto às obras de arte e às relíquias, chegaram na Europa uns objetos considerados exóticos, e algumas pessoas começaram a colecionar estes objetos. Algumas coleções eram tão geniais, que seus donos deixavam que certas pessoas visitassem seus gabinetes para apreciá-las, isso nos séculos 16 e 17. Estas “salas de exposição” ficaram conhecidas como “wunderkammer” ou gabinetes de curiosidades. O mais famoso foi o de Olaus Wormius, que era médico, antiquário e fez até um catálogo de sua coleção, que era tão importante que foi comprada pelo Rei da Dinamarca – Frederico III. O legal é que fizeram gravuras do gabinete de Wormius, então a gente pode ter uma ideia da loucura que eram estes espaços!
Como nasceram os museus
Os primeiros gabinetes que abriram ao público em geral foram os londrinenses, e um destes gabinetes (o de Elias Ashmole) foi doado à Oxford University, e dado origem ao primeiro museu do mundo, o Ashmolean Museum, isso em 1683!
Como nasceram os museus
A grande maioria dos museus superstar de arte que visitamos nasceram das coleções reais, e tiveram a função de legitimar algumas monarquias e em outros casos os novos governos que surgiam com a queda destas mesmas monarquia, como em França. Tanto uns como outros vão tentar educar seus cidadãos através destes novos museus, e estamos falando do Louvre/Paris (1793), Prado/Madri (1819), Alta Pinacoteca de Munique (1836), Hermitage/St. Petersburgo (1852), Kunsthistorisches de Viena (1891).
site louvre 4
nuevo_louvre
Se as obras de arte dos monarcas foram o germe dos Museus de Belas Artes; os gabinetes de curiosidades são os avós dos Museus de História Natural e Ciências.

Agora não pense que abriam como atualmente, nada disso, por exemplo o British Museum permitia a visita das 11:00 às 12:00; e o Louvre abria 3 vezes por semana 🙂 Ainda bem que isso mudou prá caramba!

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Viaje com a gente no Google+ – google.com/+TuromaquiaViagens
Inscreva-se no nosso canal no YouTube, e seja o primeiro a ver nossos videos Turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.
Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

4 Comentários

  1. Deb do Segredos de Londres

    Patricia,
    Adorei!!!
    E me amarro na “Enlightenment gallery” do British Museum, que é praticamente uma coleção de vários gabinetes de curiosidades da época do Iluminismo.

    responder
  2. virginia mari de camargo

    Simplemente fantastico adorei

    responder
  3. Beatriz Vilela

    Adorei o post! Eu adoro saber como surgiram as coisas, palavras, ideias… Muito bom, Patricia!!!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuu Beatriz e Virginia!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes
  • Fim da San Silvestre! Foto tirada por um amigo querido, Federico. Agora partindo para a casa da minha sogra e vc onde vai passar essa noite?

#sansilvestrelaspalmas #anonovo2020 #laspalmasdegrancanaria #running
  • Recomendo essa caminhada que começa no Castillo del Tostón e vai até a Playa del Esquinzo. Ida e volta são na verdade quase 14 km, mas é de nível 1. Fizemos uma parte caminhando pela praia 🏖 
#elcotillofuerteventura #fuerteventuraexperience #fuerteventurabeach #beachlife🌴

Follow Me!