Guias de Viagem e Arte

 
 
set 08 2016

Nápoles, visitar ou não visitar?




Nápoles, visitar ou não visitar, e lá vem a questão 🙂

A cidade é simplesmente barroca. Tudo é teatral. Nada é politicamente correto, o que conforta e alivia.

No quartieri spagnoli, o peixe fresco é vendido em caixas diretamente na rua, entre motos que aceleram, “matronas” que enchem suas cestas de compra e turistas que esbugalham os olhos diante de um espetáculo de cores e aromas.

Ao lado do peixe, aparecem os tomates, ah, os tomates, que nasceram para serem consumidos de forma lenta, preferencialmente entre mordiscos de lábios como só Sophia Loren sabia fazer, diva que passou parte de sua vida em Nápoles.

Do lado dos tomates mais inesquecíveis que já provei, estão aqueles limões gordos que até nome próprio possuem, tal sua majestuosidade, são Sicilianos. Para entender porque merecem tal tratamento, peça numa trattoria uma pasta al limone.

Os peixes, limões e tomates convivem em ruelas pequenas coroadas por grandes lençois e muita roupa. Realmente, a cidade toda é um grande palco, com vários atos.

Neste primeiro ato estamos no bairro mais temido a tempos atrás pelos locais e turistas. Mas caminhamos pela noite sumidos na escuridão e em nenhum momento sentimos sequer algo de medo.

Para o segundo ato passamos à região ao redor da Duomo. A devoção é tamanha, virgens (principalmente elas!) aparecem nos lugares mais insuspeitados. Rainhas do lado de outras rainhas, que exalam um perfume difícil de resistir.
visitar Nápoles
Confesso que pensava que as pizzas nem seriam grande coisa, marketing esbravejava. Ledo engano, elas são Rainhas Absolutas, leves como nunca podia ter sequer imaginado. E para os napoletanos são coisa seríssima, com massas que descansam por mais de 10 horas e fornos a temperaturas dignas do mais profundo inferno de Dante.
visitar Nápoles
Dá prá passar 1 semana só visitando as pizzarias históricas, que levam mais de 70 anos abertas, que foram cenários de filmes ou que receberam presidentes americanos. E esta é apenas uma pequena parte do cenário gastronômico mais alucinante que já visitei na Itália, e com uma relação custo x benefício que converte Nápoles na melhor cidade para viver o mais profundo e amado “dolce far niente”.

Não é prá menos que o “Grand Tour” terminava por aqui e que no começo do século 17 era a maior cidade da Europa com 300.000 habitantes, até que a peste de 1656 acabou em 4 meses com 3 quartos da população.

Toda a história da região é barroca demais, com altos e baixos de vertigo. É só visitar Pompéia e Herculano para compreender o “trem de vida” daquela gente. Tal era a riqueza, que o chão dos mais ricos era todo de mosaicos, conformados até por 1 milhão de pedrinhas, como um dos exemplares expostos no grandioso Museu Arqueológico. E claro, você sabe como acabou esta história.
visitar Nápoles
visitar Nápoles

Coincidências da vida, se você acredita nelas, Caravaggio fugiu para Nápoles após uma briga em Roma. Não conheço outra cidade que combine tanto com suas obras, e por dio santo várias permaneceram em seu habitat natural.

visitar Nápoles
Caravaggio se ama ou se odeia, não existe lugar para bonitinho ou interessante. A mesma coisa passa com Nápoles, que se vende sem maquiagem desde o primeiro encontro, como dizendo: ame-me ou deixe-me.

O napoletano também é assim, do nada te ajuda, do nada de pé no ônibus te conta todos seus planos de férias, do nada senta a teu lado em uma estação de trem e entrega toda a família, da irmã mal amada ao seus primeiros anos de vida.
visitar Nápoles
Em Napóles todas as histórias parecem fazer sentido, do senhor que vende gibis de segunda mão na praça ao dono do restaurante mais alucinante da viagem. Ninguém precisa ter fãs no raio que partiu, basta com soltar o vozeirão e saber olhar prá si mesmo com a doçura ou a pérspicácia de um romancista, para tirar o melhor partido do singelo, do enloquente dia a dia.
visitar Nápoles
Ser barroco afinal é isso, saber ver com os olhos de Caravaggio até a beleza de um pé sujo ou de uma fruta que já passou desta para melhor.

Uma cidade que te permite sonhar com os olhos abertos só pode ser maravilhosa, você não acha?
visitar Nápoles

Planeje sua viagem para ITÁLIA

Veja todos nossos posts da ITÁLIA

Planejamento ViagemBusque e reserve seu hotel em: NÁPOLES | CAPRI | POSITANO | SALERNO | SORRENTO | AMALFI | ROMA | FLORENÇA | MILÃO | BÉRGAMOAssim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Planejamento ViagemLembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Seguro viagem europa 728x90
Chamada video 2

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

5 Comentários

  1. Leidiane Marinho

    Que delícia de post! Nápoles deve mesmo ter seus encantos! Abs.

    responder
  2. Leonardo Oliveira

    Olá “minha amiga” (com o carinho de quem já ‘lhe acompanha’ a alguns anos). E então, essa Napoli não tem sujeira, nem meliantes e violência urbana? Se for assim, na próxima ida à Basilicata, onde vive meu filho, vou retornar a Campana, para além de Salerno…

    responder
    • Patricia de Camargo

      Leonardo, fui em alta temporada, andei com 3 câmaras por todos os lados, e não tive nenhum problema. Sujeira, achei normal, até menos do que outras cidades européias. Vai lá e depois me conta, please 😉 Ah, também fui para Salerno, para conhecer Paestum, em breve vou postar.
      Um abraço

      responder
  3. Luciana Rodrigues

    Fiquei sinceramente emocionada com esse texto. Poucos souberam compreender, interpretar e aceitar a natureza de Nápoles. Meu muito obrigada 🙂

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuuuu Lu 🙂

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao
  • Depois de ver a história escancarada diante dos seus olhos em Berlim. De sentir as feridas n’ alma causadas por um muro que separou famílias, amigos, amores. Talvez você necessite de um pouco de barroco e rococó para voltar a ver o lado rosa da vida. Pra isso passa lá no www.turomaquia.com e veja o guia completo para conhecer o palácio de verão de Frederico, o Grande. Um bate e volta perfeito desde BERLIM 🤩

#alemanha #berlinlovers #berlim #sanssouci #barroco #roteiroberlim
  • Não é necessário fé para se emocionar em locais de peregrinação como Fátima. Somente faz falta ter dentro do corpo algo que se acordou chamar empatia.

Vc já visitou algum grande centro de peregrinação? Qual?

Hoje no blog publiquei um guia completo de Fátima, um dos maiores centro de peregrinação mariana do mundo 🌎 
Para ler, guardar ou imprimir 😉 visite o www.turomaquia.com ou clique no link da bio 👀

#santuariodefatima #fatimaportugal #turismoreligioso #3pastorinhos #portugallovers #roteirosturo
  • O Belvedere é um dos atrativos incluídos no Vienna Pass e foi minha primeira visita no dia que utilizei o passe.

Na verdade só visitei um dos edifícios, o Upper Belvedere, para viajar no mundo de Klimt. 
Tinha lido que não se podiam tirar fotos, agora está permitido desde que seja sem flash 😍

#vienalovers #belvedere #viennapass #klimt

Follow Me!