Guias de Viagem e Arte

 
 
mar 04 2012

O que fazer em Machu Picchu

Quando subi o primeiro dia à Machu Picchu não tinha nem idéia da quantidade de atrativos que escondia o recinto arqueológico. Ao descer do trem Vistadome, deixei minha micro-mala com o pessoal do hotel e encontrei o guia da visita guiada que contratei muito antes de colocar os pés no Peru.

Acho que acertei por pura ignorância. O melhor é realmente começar com um guia. Primeiro, porque o lugar é enorme; segundo porque a interpretação do patrimônio é escassa, ou mais bem, inexistente; e terceiro, para evitar que você comece a visita estimulando e fortalecendo prejuízos do tipo, isto é só uma pedra em cima de outra pedra. Afinal, a maioria de nós não estudou arqueologia e não está obrigado a entender a complexidade da cultura inca assim sem mais aviso.
Machu Picchu - Peru
Subi com meu grupo e o guia, mas você também pode contratar um guia na entrada do recinto. A visita guiada não percorre a totalidade da cidade, até porque caminhar por tudo demanda certo esforço, já que falamos de subidas e descidas com fortes pendentes. Para quem contrata na entrada, o preço varia bastante, seguindo a lógica do mercado oferta x demanda, bem como tamanho do grupo. Estamos falando de R$ 10,00 a R$ 25,00/pessoa. Mesmo que se trate de uma viagem econômica, deixe para econcomizar em outro aspecto, subir e não entender nada do que vê, realmente é uma perda de tempo.
Machu Picchu - Peru

Agora bem, já manjando um pouco de Machu Picchu, caminhe a teu bel-prazer por cada esquina. Se vai estar apenas um dia, escolha 1 ou 2 caminhadas entre:
escanear0001

estrada-do-sol
Adorei, o caminho é gostoso, muito verde e você vai conseguir umas fotos dignas de National Geographic!
Tempo de caminhada: 2 horas (ida-e-volta)
Altitude: 2.760 metros
Perfeito para: ter a mesma visão que o pessoal que faz a Trilha Inca tem de Machu Picchu. E sem caminhar 4 dias em altas altitudes 😉
Dificuldade: média. Se estiver chovendo, as pedras são um pouco escorregadias, e isso em todas as caminhadas. Por isso, tente subir à cidadela de tênis de trekking, ou com um tipo de sapato que não tenha o solado liso. As subidas são leves, a trilha está bem marcada. Há locais para dar uma descansada. E a dificuldade em si é a distância.
Machu Picchu - Peru
Machu Picchu - Peru
Machu Picchu - Peru

montana-machupicchu
Quando subi a trilha tinha livre acesso, mas agora se paga à parte para subi-la. Fiz com um pouco de chuva, e tive que ir beeem devagar, em razão das pedras. Na cima, uma bandeira com as cores do arco-íris. Agora tem que reservar junto com a entrada!
Tempo de caminhada: em um ritmo normal, 3 horas (ida-e-volta).
Altitude: 3.000 metros
Perfeito para: se ter uma idéia de todo o recinto, uma espécie de vista aérea, já que é a montanha mais alta da cidade inca.
Dificuldade: média-alta, quando eu fiz faltava manutenção ao caminho, mas imagino que agora que cobram que a situação esteja melhor. Leve em consideração, que chove muito por lá, e que esta umidade dificulta os trabalhos de manutenção.
Machu Picchu - Peru

ponte-inka
Tempo de caminhada: 1 hora/1 hora e 15 minutos (ida-e-volta)
Perfeito para: se ter a real dimensão do entorno da cidadela, você vai se meter de cheio na “selva”, ver os terraços agricolas da cara leste e ver a hidoelétrica lá embaixo. Novamente ficar de boca aberta, sem entender como os incas conseguiram construir aquela ponte naquele precipício.
Dificuldade: alta. Na entrada do caminho que vai dar à ponte há uma fiscalização do parque, e todo visitante que vai até a ponte, deve escrever seu nome no caderno de registros e o horário em que começou a caminhada, e na volta seu horário de chegada. O caminho é muuuito escorregadio, em poucas partes há uma muretinha que separa o caminhante do precipício, e na parte final umas cordas junto ao paredão de rocha funcionam como corrimão. Não recomendo para quem sofre muito de vertigem.
Machu Picchu - Peru
Machu Picchu - Peru
Machu Picchu - Peru
Machu Picchu - Peru
Machu Picchu - Peru

waynapicchu
Foi o único trekking que não fiz. Estava sozinha e não me atrevi. Antes o pessoal madrugava para conseguir um dos 400 tickets diários da subida. Agora se compra comodamente o ticket de subida junto com a entrada da cidadela na Internet.
Tempo de caminhada: 2 horas e meia (ida-e-volta).
Para saber como é, leiam a crônica da Luisa, do Arquivo de Viagens: http://www.arquivodeviagens.com/huayna-picchu/
Machu Picchu - Peru Machu Picchu - Peru

PLANEJANDO sua viagem para o PERU

Veja todos nossos posts do PERU

Planejamento ViagemBusque e reserve seu HOTEL em: LIMA | CUSCO | AREQUIPA | PUNO | TRUJILLO | HUARAZ | ICA. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Planejamento ViagemLembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que, qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Posts relacionados:
Machu Picchu – Primeiras Impressões
Como chegar a Machu Picchu
Como comprar a entrada para Machu Picchu

Chamada video 2

fotos: turomaquia_2011

39 Comentários

  1. Bóia Paulista

    Oi, Pat! Tudo bem?

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem. Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia Paulista

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ulalalala,
      Bóia mil beijos e brigaduuuuuu

      responder
  2. Carmen

    Seu post é melhor do que qualquer guia de viagem, melhor do que o Lonely Planet.
    Pra considerar se vou para o Perú
    Bjs

    responder
  3. Ana carolina

    Ola, vou a CuZco, fico me perguntando se devo para dois dias em Lima, se realmente vale a pena, existem atracoes que me facam ficar dois dias la, porfa? obrigada

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ana, quantos dias vc terá em Cusco?

      responder
  4. Ana Carol Claro

    Ficarei 4 dias em Cusco, ai estava pensnado em dormir uma noite em lima. Obrigada

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ana, se você tem apenas 4 dias, fique todos em Cusco, e numa próxima viagem vá à Lima. Eu dormiria uma noite em Aguas Calientes para curtir bem Machu Picchu.

      responder
  5. Ana Carol Claro

    Junho e uma bo aepoca p ir ao machu pichu, porfA? bjs

    responder
    • Patricia de Camargo

      Juno é uma ótima época, chove no começo do ano por lá.

      responder
  6. Ana Carol Claro

    Na verdade os 4 dias ficarei mesmi em cusco goastaria d esaber se vale a pena, alem desses 4 dias, passar mais dois dias em lima?

    Em aguas claras, onde s ehospedar, porfa, fica a quanto tempo de cusco?

    bjsss

    responder
    • Patricia de Camargo

      Ana, vale a pena, a cidade é uma delícia, no sentido literal. Cada restaurante, vou te contar 🙂
      A próxima semana vou publicar um post sobre alojamento em Águas Calientes.
      Um abraço!

      responder
  7. Simone

    Oi Patricia!

    Gostei da sua dica sobre a Estrada do Sol, foi a trilha que mais me interessei em fazer, pelas vistas bonitas que citou e menor dificuldade. Acho que não vou me atrever nas montanhas, pois se já tenho uma tendência a falta de ar em subidas, imagina em alta altitude! Tb confesso que fiquei temerosa com alguns relatos e fotos que vi, me parece bem “instável” alguns pontos e sei que acidentes fatais ocorrem.

    Mas minha pergunta é: como faço para acessar esta Estrada do Sol estando lá? Preciso já iniciar a exploração do local por um caminho diferente? É sinalizado?

    Bom, é isso. Seus posts de Macchu Picchu e do Peru estão ótimos, e sendo uma mão-na-roda pra mim, brigadão por dividir sua experiência! 😀

    responder
    • Patricia de Camargo

      Simone, realmente esta trilha é linda, e está indicada nas plaquinhas no parque como “Puerta del Sol”, “Intipunku” ou “Estrada do Sol”. Chegando no recinto, esta trilha está subindo e a esquerda. Mas ñ se preocupe porque é fácil encontrá-la. Eu sou meio desorientada, estava sozinha e encontrei rápido com o desenho que o guia me fez e que publiquei no post 🙂
      Beijos

      responder
  8. Lu Malheiros

    Pat,
    Acabei de falar com a Natalie no twitter que não sei se voltaria a Machu Picchu. Agora, vendo os seus posts, não é que bateu uma vontade de voltar!
    Bjs,

    responder
  9. Fernanda

    Oi Pat. .

    Todos esses passeios e trilhas saem de águas calientes?

    Um abraço..

    Fernanda.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Fernanda, saem lá de cima, da própria Machu Picchu. Aguas Calientes fica embaixo, é a cidade base. Todos estes passeios e trilhas saem desde MP mesmo. Subi dois dias para poder realizar todos, mas sem pressa e sem madrugar. Quem sabe para quem durma e madrugue dê tempo para fazer tudo num dia.
      Um abraço

      responder
      • Rômulo

        Olá Patrícia. Parabens pelo post diferenciado sobre machu picchu (e olha que tenho lido muito).
        Estou indo agora em 19/06 pra Cusco, e a volta é dia 01/06. Considerando que vou pra Machu Picchu somente após o inti raymi (24/06), vejo que tenho bastante tempo de sobra depois deste dia e estou pensando em conhecer lá em dois dias tambem.

        Como funciona a entrada no parque para dois dias seguidos ? São dois ingressos separados ou está na validade ? Se tiver que comprar outro ingresso não tem nenhum desconto ?

        Se for pra eu planejar somente em um dia, estou pensando assim: dormir em aguas calientes e acordar bem cedo tipo umas 4 da madrugada.
        – 05:00 a 06:00 Entrada
        – 06:00 a 10:00 Visita guiada ruínas/cidadela (como antecipar a contratação de um bom guia?)
        – 10:00 a 13:00 Huayna Picchu
        – 13:00 a 13:30 Descanso
        – 13:30 a 15:30 Porta do Sol / Estrada do sol
        – 15:30 a 17:00 Ponte (vou ver se arrisco mesmo tendo muuuuita vertigem, vale a pena?)
        – 17:00 a 18:00 Volta a aguas calientes

        responder
        • Patricia de Camargo

          Oi Rômulo,
          tive que comprar duas entradas, e ñ tive nenhum desconto.

          Pode ser complicado conseguir contratar uma visita às 6 da manhã, só se você pegar um guia exclusivo pra você. Eu fiz a visita com um grupo (durou 3 horas), até porque estava sozinha e saía mais barato assim. Você sabe que para subir a Huayna Picchu e a Montanha Vieja há uma taxa, e que deve reservar junto com a entrada à ciudadela?

          No caso da ponte, vá até a parte que você se sentir cômodo. O mais legal é vê-la desde uma certa distância, eu gpostei bastante do caminho. Por estas bandas haverá pouca gente, assim poderá ir a teu ritmo e voltar quando achar que já deu para tua vertigem. Eu sou meio pata e como escrevi, fui me agarrando numa corrente o tempo todo 😉

          Um abraço!

          responder
          • Romulo

            Obrigado pela resposta.
            Eu ví que precisa comprar junto sim. A montanha vieja que você se refere é a que marca como “Machu Picchu + Montaña” no site né ? Como pra mim é só um dia e não tem “Macchu Picchu + Huayna Picchu + Montaña”, já era. hehe
            Essa é a que alguns dizem ser o que originou o nome da cidadela não ? O real Machu Picchu.

            Ainda estou pensando se faço Huayna Picchu. Você acha que essa euforia de “voce tem que subir huayna picchu” é por modinha, pela superação, ou realmente valem a pena essas 2 horas de subida e descida ? O que é que vale a pena lá em cima ? Pois pra mim a visão só vale se for das nuvens, porque da cidadela tem lugares muito melhores. Só estou pensando isso por causa do tempo mesmo, quero que o tempo seja aproveitado ao máximo e que sejam feitas coisas que valham o mesmo.

            Estou sendo realista e vendo que o roteiro de visitação que montei é bom, mas talvez seja impossível.

          • Patricia de Camargo

            Putis Rômulo, eu ñ subi Huayna, mas uma coisa posso te dizer, não deixe te fazer o trekking até a Porta do Sol, porque é muuuito bonito, e você tem uma perspectiva total da ciudadela. Vai amar 🙂 Eu te entendo quando diz “modinha e tal”, nem pense nisso e acho que ñ vale a pena a subida se te privar de ver mais detalhes de MP. Desde já te convido para escrever aqui para o Turo como foi teu dia em Machu Picchu 🙂

            E outra coisa, vá preparado para enfrentar chuva e/ou muito sol nas costas 🙂 eu tive dos dois, e claro que em ambas condições a gente diminui o ritmo da visita!
            Um abraço

  10. Teresa

    Olá! Eu tenho loucura para conhecer Machu Picchu mas morro de medo de altura, tenho dificuldade para andar por ser baixinha, gordinha e sedentária. Então minha pergunta é, tem como ver de longe, sem precisar subir e descer escadas, ter apenas uma visão geral? Tem algum caminho e mais fácil acesso? Estou querendo ir com meu filho de 21 anos, atleta. Então eu teria que ficar em um local agradável aguardando ele voltar do passeio. OBrigada.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Teresa, dá sim 🙂
      Vc sobe de ônibus e fica na parte superior do recinto. Eu acho que vc acaba de se animando e descendo e subindo algumas escadinhas!
      Não deixe de ir, vc vai amar. Outra coisa, e se você cansar pode almoçar no hotel que fica ao lado da entrada e aguardar seu filho por lá!
      Um abraço

      responder
  11. liz Martins

    Olá Pessoal ,tudo bem?

    Irei para Cusco no dia 30/04 e ficarei até o dia 05/05, vcs acham que é melhor comprar a passagem do trem e a entrada para Machu Picchu antes aqui no Brasil ou dá pra comprar na cidade de Cusco?
    Tb vi que o trem é bem caro …
    Compensa pegar o trem em Ollantaytambo?Me disseram ser mais barato, mas não sei se compensa, pq seria 1h e 30 de onibus a partir de cusco..

    Estou com muitas dúvidas
    Obrigada
    Liz

    responder
    • Patricia de Camargo

      Oi Liz, é melhor comprar antes tanto as passagens como as entradas. O problema é que eles controlam o número de pessoas que pode aceder por dia em MP, assim imagina se você cehga lá e bem naquela semana não tem mais entradas 🙁

      Eu acho legal sair de Ollantaytambo, mas da seguinte maneira. Pede para ficar por lá no final do Tour do Vale Sagrado, assim não é que vc vai andar 1 hora e meia de Ônibus, vai economizar este tempo e ainda $ 🙂

      Se tiver outras dúvidas, é só deixar outro comentário 😉

      Para ver todos os posts do Peru, clique em: https://turomaquia.com/tudo-sobre-o-peru/

      Um abraço

      responder
  12. Rômulo

    Citação: “encontrei o guia da visita guiada que contratei muito antes de colocar os pés no Peru”

    Como você fez isso ? Em Cusco, pela internet, com agencia ? Poderia me passar referencias ou onde posso encontrar uma lista de guias para machu picchu ?

    responder
    • Patricia de Camargo

      Rômulo, eu contratei vários passeios com a Setours, que é uma agência peruana que conheci na Feira de Turismo de Madri e que tinha ótimas referências. Estou até pensando em pedir para eles uma tabela com os preços que eles estão praticando neste ano.

      responder
      • Romulo

        Obrigado pela indicação. Vou entrar em contato com a agência.
        Desta forma você precisou fechar o pacote todo com eles então, ou só a contratação do guia ?
        Porque gosto de fazer tudo por minha conta (já reservei hospedagens e o trem, só falta o ingresso porque estou decidindo de Huayna)

        responder
        • Patricia de Camargo

          Romulo, não fechei um pacote com eles, apenas alguns tours, e fechei alguns hotéis porque eles tinham preço melhor.

          responder
  13. regina lise

    Patricia, parabéns pelo que você faz e, principalmente, como faz.
    Contribui muiiiitíssimo. Segui um link indicado por você e o que consegui foi respeitá-la ainda mais. Que horrível ler a experiência de uma pessoa, no mínimo, mal humorada. Já o que você traduz é bastante inspirador, claro e útil. Muito obrigada, ajudou sobremaneira.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Obrigada Regine 🙂

      responder
  14. Romulo

    Bobiei, dancei
    Acabei decidindo por comprar o ingresso com Huayna, mas pro dia que eu planejei
    (23/06. já comprei passagens de trem) não tem mais disponibilidade.
    Destino né. Fazer o que.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Nem fique triste, nestas horas eu penso: “má sorte, boa sorte, quem sabe?!”. Tem muita coisa para fazer por lá, você vai aproveitar e muito!

      responder
  15. Romulo

    Segue meu relato de viagem:
    http://www.mochileiros.com/relato-fotos-14-dias-peru-cusco-vale-sagrado-machu-picchu-e-choquequirao-t86961.html
    Obrigado

    responder
  16. Sonia Oliveira

    Patrícia,
    Adorei as informações que vc postou. Gostaria de saber o que vc pensa em conhecer MP agora em novembro, mas precisamente no inicio do mês

    responder
    • Patricia de Camargo

      Sonia, como MP está em montanha + floresta o clima sempre é inestável. Eu fui na época que seria (em tese) a pior e me diverti muito. O que eu te diria? Vá!!!! 😉 e depois me conta como foi!
      Beijos e desculpa a demora em te responder!

      responder
  17. Claudio Lemos

    Oi Patricia,
    eu havia visitado a cidadela em 2004 e tive a sorte de poder voltar agora em agosto a Machu Picchu para levar minha esposa que ainda não conhecia essa maravilha do mundo! É um lugar incrível mesmo né?

    Agora nas duas vezes, embora tenha tido um guia conosco durante a visita, achei que o visual é tão maior que as infos que eles passam que a figura do guia fica quase dispensável… acaba que passando o tempo a memória que fica mais fixada na cabeça mesmo é aquele visual inacreditável e único!

    abs

    responder
    • Patricia de Camargo

      Claudio, eu curti fazer o primeiro passeio com o guia. Acho que a gente nem lembra de tudo, mas acho que o lugar fica ainda mais impressionante com as informações que o guia aporta.
      Um abraço

      responder
  18. Susana Serra

    Ola,

    Pode-me dizer +/- quanto é que gastou na viagem? sem o voo para o Peru.

    Obrigado.

    Bjs
    Susana

    responder
    • Patricia de Camargo

      Susana do céu, eu tenho anotado os gastos, mas como terminei faz tempo esta série, esta caderneta está na minha casa no Brasil 🙁 Com alimentação, passeios e transporte em cada cidade, lembro que o gasto era baixo. O mais caro foram alguns hotéis, os bilhetes de avião internos e os trens.
      Beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao
  • Depois de ver a história escancarada diante dos seus olhos em Berlim. De sentir as feridas n’ alma causadas por um muro que separou famílias, amigos, amores. Talvez você necessite de um pouco de barroco e rococó para voltar a ver o lado rosa da vida. Pra isso passa lá no www.turomaquia.com e veja o guia completo para conhecer o palácio de verão de Frederico, o Grande. Um bate e volta perfeito desde BERLIM 🤩

#alemanha #berlinlovers #berlim #sanssouci #barroco #roteiroberlim
  • Não é necessário fé para se emocionar em locais de peregrinação como Fátima. Somente faz falta ter dentro do corpo algo que se acordou chamar empatia.

Vc já visitou algum grande centro de peregrinação? Qual?

Hoje no blog publiquei um guia completo de Fátima, um dos maiores centro de peregrinação mariana do mundo 🌎 
Para ler, guardar ou imprimir 😉 visite o www.turomaquia.com ou clique no link da bio 👀

#santuariodefatima #fatimaportugal #turismoreligioso #3pastorinhos #portugallovers #roteirosturo

Follow Me!