Guias de Viagem e Arte

 
 
abr 10 2012

Para comer em Cusco – de comidinhas a chef internacional

Come-se bem no Peru. Um fato. Misturas inusitadas. Pratos com lindos acabamentos. Até nos lugares que em outras cidades apenas florescem os “pega-turistas”, por aqui se ve um serviço correto e um montão de locais misturados com estrangeiros dos mais diferentes cantos deste mundão.
Cusco - Peru

Bem diante da praça mais transitada de Cusco, de frente para sua catedral, encontramos um destes lugares atípicos, até mesmo no nome: Trotamundos. Que na Espanha é sinônimo de editora de guias para aventureiros, por aquelas bandas é uma lanchonete esperta, que até o famoso sinal wi-fi oferece grátis para seus frequentadores. Sem contar, que quando o sol se põe, das janelas se vislumbra toda a super catedral cusqueña iluminada. Mas o que cautiva definitivamente, é que serve comida comida reconfortante, típica de lanchonente, num ambiente o mais distante deste conceito. À noite, come-se quase à luz de velas.
Cusco - Peru Cusco - Peru

É barato, tanto pelo que oferece, como pelo lugar em que se encontra. Estávamos em umas 7 ou 8 pessoas, e gastamos 87 nuevos soles (uns 60 reais). O que mais me surpreendeu, o sanduíche que levava pedaços de abacate. Na verdade, quase um abacate inteiro. Mas devo dizer que o abacate é diferente do que estamos acostumados no sul do Brasil, é bem menos doce. Nem dá para comer amassado com açucar 🙁 É como o abacate que se come aqui na Espanha.

Olha que coisa mais triste, a Clarissa do Viagem e Viagens acaba de me avisar por Twitter (15/09/2013) diretamente de Cusco, que o Trotamundos fechou há uns 3 meses 🙁
Cusco - Peru

Outro que provei foi o Chicha, uma das marcas levadas pelo chef Gastón Acurio. Fui bem cedo porque ia participar de um tour, e consegui uma mesa sem reserva. Mas para jantar, recomendo reservar.
Cusco - Peru

Próximo da catedral, e diante de uma outra praça, a do Recocijo. Instalado na parte de cima de uma “casona” tradicional. O lugar é chique sem ser esnobe. Dois ambientes distintos. Cada um deles, dominado por um bar. De entrada servem pãezinhos quentinhos, com uma manteiga de ervas e um molhinho delicioso. Aliás, não cobram por este couvert.
Cusco - Peru
Cusco - Peru

A carta tem várias delícias, eu a “louca do nhoqui”, não resisti. Mas acho que meu pedido foi “meia boca”. Os nhoquis eram feitos com uma batata chamada compis e recheados de pesto, estavam gostosos, mas eram bem pesadinhos. Na saída, umas bolachinhas recheadas, amodo de macarrons, que estavam para comer de joelhos, e que também não cobraram. Para beber, o tradicional suco de tumbo. A relação custo x benefício não podia ser melhor, gastei 35 nuevos soles (uns 24 reais).
Cusco - Peru
Cusco - Peru
Cusco - Peru

Para ver mais opções de lugares para comer em Cusco, visite o blog Sundaycooks da Nat e do Fred – Dicas de restaurantes em Cusco: Dicas para rechear seu roteiro

E você, recomenda algum restaurante, café ou algo do gênero em Cusco?

Trotamundos
Portal Comercio 177 – 2º. Andar – Plaza de Armas

Chicha
Plaza Regocijo 261, 2do. nivel
Cuzco – Perú
Tel.: (51) (84) 240520
http://www.chicha.com.pe/

Posts relacionados:
Boleto turístico de Cusco
Como é o Tour do Vale Sagrado Inca
Hotel Boutique em Cusco – Maytaq

fotos: turomaquia_2011

9 Comentários

  1. Flora

    Oi Pat, faz tempo que não comento por aqui, mas estou guardando todas as dicas maravilhosas. Bjs

    responder
  2. Natalie

    Oi, Pat!
    Como prometi, passei aqui para contar a nossa terrível experiência no Chica. Tentamos jantar uma vez, mas a casa estava lotada. Deixamos uma reserva feita para o dia seguinte, afinal esse restaurante tinha sido indicado pelo Edu Luz e como se tratava de mais um restaurante da marca Gastón, nossa expectativa era alta, ainda mais depois do almoço fabuloso que tivemos no Tanta em Lima.

    Logo que nos acomodamos, senti uma certa pressa por parte do garçom para tirar o pedido completo do nosso jantar. Como estávamos em dúvida, pedi uma entrada para dividirmos enquanto escolhíamos os outros pratos do jantar. A bebida demorou, a entrada então nem se fala… depois de servir a entrada (que deixou muito a desejar, por sinal) o garçom nunca mais voltou para a nossa mesa e nenhum dos outros garçons fez menção ou tentou nos atender. Fizemos contato visual, chamamos, levantamos o braço e eles simplesmente passaram a nos ignorar. Foi uma das situações mais desagradáveis que já passei em um restaurante e olha que o serviço aqui na região de Campinas nem é dos melhores… o único rapaz que foi nos atender depois de um certo tempo era um auxiliar que só retirava os pratos, reclamei da entrada e expliquei porque não estava a contento e pedi a conta já que ninguém fazia questão de nos atender ou se quer dirigir a palavra para a nossa mesa.

    Sem exageros, a conta demorou 45 minutos para chegar. Possessa, fui reclamar com o gerente do péssimo atendimento da casa e o gerente me acusou de não conhecer as normas e condutas de um restaurante tão refinado quanto aquele. Essa demorar era normal e esperada.

    Discuti por alguns momentos com o gerente dizendo que ele não me conhecia para afirmar aquilo e mesmo se eu não estivesse acostumada, eles deveriam ter me atendido corretamente como qualquer outra cliente.

    Muita raiva define 🙁

    responder
  3. Júlia Pinagé

    Natalie,

    eu realmente não conheço as normas e condutas de um restaurante deste e por seu relato, passarei bem longe!

    responder
  4. Matheus

    Oi, parabens pelo blog!
    Fiquei 30 dias em Cusco em um voluntariado, e um restaurante que gostei é o Fallen Angels, conhece?
    ótima decoração e pratos diferentes, como carne de alpaca, por exemplo!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Matheus, brigaduuu pela dica!!!

      responder
  5. Lourdes Martins

    OLa Patricia! Adoro seu blog! estou indo em abril para o Peru e vou aproveitar muito suas dicas. Como vc disse que é louca por “nhoqui” vou te dixar uma dica de Sao Paulo mesmo: Patagrano, um pastificio artesanal, com o melhor da cidade. nao deixe de experimentar. bjs

    responder
    • Patricia de Camargo

      Lourdes, brigaduuuuu. Já anotei a dica 🙂

      responder
  6. Luiza

    Quando estive em Cusco, gostei muito de comer no Pachapapa em San Blás e comi também no Chicha.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Luiza, brigaduuu pelo feedback!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes
  • Fim da San Silvestre! Foto tirada por um amigo querido, Federico. Agora partindo para a casa da minha sogra e vc onde vai passar essa noite?

#sansilvestrelaspalmas #anonovo2020 #laspalmasdegrancanaria #running
  • Recomendo essa caminhada que começa no Castillo del Tostón e vai até a Playa del Esquinzo. Ida e volta são na verdade quase 14 km, mas é de nível 1. Fizemos uma parte caminhando pela praia 🏖 
#elcotillofuerteventura #fuerteventuraexperience #fuerteventurabeach #beachlife🌴

Follow Me!