Guias de Viagem e Arte

 
 
dez 25 2009

Paris + Voos Low Cost = Vitória

Uma escadaria enorme, naquele mesmo momento lembrei de um antigo filme com Audrey Hepburn. Respirei fundo, não porque a subida era difícil, mas para aumentar ainda mais o prazer de me aproximar daquela mulher alada. Nada de pressa, já nem escutava a multidão ao meu lado. O meu papo era só com ela. Queria contar-lhe como me apaixonei por ela à primeira vista. Tinha apenas 14 anos, mas o slide projetado naquela sala do antigo segundo grau fez meu coração acelerar. Perdi a cabeça por ela. E como ela, era só coração.

Quando cheguei a cume, já não podia me conter. Esperei anos por aquele momento, por isso ele era ainda mais intenso. Não foi por negligência que havia deixado Paris para a última escala da viagem. Sabia que depois de estar com ela, seria difícil sentir uma emoção com esta intensidade. Esperei, e saber esperar, tornou aquele encontro ainda mais delicioso. Estive com ela sei lá como meia hora, primeiro sem ver a nenhuma outra pessoa, e depois escutando as impressões dos demais, que estavam como eu, a caça de emoções tão poderosas que fazem palpitar o coração, e dobrar os joelhos.

Audrey Hepburn no Louvre

Sua obra do coração também está no Museu do Louvre? Você nem sabe porque gosta dela tanto assim, e isso lá importa!? Pois bem, já não é necessário deixar o sangue, o suor e as lágrimas para conseguir estar tete-a-tete com ela! Março e abril são meses de baixa estação na Europa, seleciona um dos Voos baratos que seguramente estarão à tua espera, e começa a tornar realidade esta vontade louca de ver arte “in locu”. Conseguiu um voo até Madrid ou Barcelona, perfeito, por que? Nestas cidades há companhias que juntam três palavrinhas bem importantes – Low cost Paris. Ou seja, operam muitas companhias que não vão te oferecer lanchinho, mas vão te aproximar de uma das tuas resoluções de Ano Novo! Isso sim é uma bela resolução, bater um papo ao vivo e a cores com algo, com alguém que te fez palpitar o coração, o resto é balela!

Vitória de Samotrácia
Eu nos idos de 1995 com minha paixão: a Vitória de Samotrácia, no meu primeiro Mochilão Europa. A foto já está meio velhinha hahaha

Leia também:
Mochilão Europa chega em Paris
Passeio de bicicleta por Paris
Museu Paris – Musée des Arts e Métiers
O castelo do desenho em quadrinhos
Vale do Loire: a terra dos reis e nobres

foto antigua: archivo_turomaquia_1995

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O que é isso? Uma estação de trem basiquinha 😂😂 Qual foi a estação de trem mais bonita que você já conheceu?

#atocha #trem #madrilovers #tremEspanha
  • O entardecer da janela do nosso quarto de hotel. Como alguém abandona esse lugar? 
Mas amanhã não tem jeito, porque uma cidade monumental nos espera no sul 🙆🏼‍♀️ #madridview #madrilovers #hotelview #hotelesdeensueño #madri
  • Pelas ruas de Madri 💁🏽‍♀️ #street_photography #madrilovers #madrid🇪🇸 #espana🇪🇸
  • Desfrutando de uma visão 360 graus de Madri, onde? No nosso hotel. Para descobri-lo, clique no link da bio 💁🏽‍♀️ #viewmadrid #madrilovers #espanha🇪🇸 #hotelcomvistas
  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad

Follow Me!