Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 15 2016

Parque Histórico de Sukhothai |Tailândia

Um dos sítios arqueológicos mais lindos que já visitei, este bem que podia ser o título alternativo deste post. Mesmo com tudo que li e vi antes de viajar, chegar a Sukhothai foi impactante, desde o aeroporto, passando pelo hotel, pelas pessoas e dando de cara com o Parque Histórico tombado pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade.
IMG_9031
Tal qual Ayutthaya, Sukhothai foi capital de um império, do Reino de Sukhothai entre 1238 e 1438, quando foi absorvida pelo super reino de Ayutthaya. Ou seja, estamos falando de uma cidade com passado imperial, que hoje tem cara e jeito gostoso de interior (ao menos a parte que está integrada ao Parque Histórico).

Só que à diferença de Ayutthaya, aqui se podem visitar muitos templos a pé, porque estão mais concentrados e ainda permeados por lagoas que dão um charme e uma fotogenia especial ao que restou dos edifícios.

O Reino de Sukhothai é considerado o primeiro reino tailandês, lugar de criação do alfabeto tailândes e onde se estabeleceu o budismo como religião oficial.
IMG_9057
IMG_9168

Como visitar o Parque Histórico de Sukhothai

A entrada custa 100 baths por zona (R$ 10,75), se for visitar apenas a parte rosa é isso que vai pagar, para as demais zonas terá que desembolsar mais 100 bahts x 2 zonas = 200 bahts, estas zonas estão mais afastadas e irá precisar de uma bicicleta ou de um tuk-tuk.

O audio-guia custa 300 bahts (R$ 32,27), o aluguel de uma bici sai 50 bahts por dia e de uma moto, 200 bahts/dia. Um tuk-tuk pelos dois setores custará 500 bahts (R$ 53,75) por 4 horas de passeio.

Para visitar só parte central você levará umas 2 ou 3 horas, sem parar muito pelos cerca de 4 km2. Já se quiser conhecer os dois setores, precisará de um dia completo. Saindo do setor central, vale a pena conhecer o Wat Phra Phai Luarg, com o grande buda com a mão dourada e Wat Sarasak com seus elefantes em alto relevo.

Nós estivemos no setor central onde se vêm várias placas de interpretação do patrimônio, as quais contam um pouco da história de cada edificação.
IMG_9128
As entradas do parque são vendidas numa casinha branca, onde também se pode alugar o audio-guia. Junto com a entrada eles fornecem este pequeno mapa abaixo.
IMG_9012
sukhothai_historical_park_map
Da bilheteria ao parque em si você passará em meio a uma espécie de mercado com artesanato e comidinhas, o lugar idôneo para fazer uma boquinha durante a visita. Vá de sapato cômodo, o lugar não combina com altas produções, leve boné/chapéu e muito protetor solar.
PicMonkey Collage1

Detalhes e curiosidades do Parque Histórico de Sukhothai

– o maior e mais importante dos templos é Wat Mahathat
– Wat Si Sawai está bem conservado levando em consideração que é um templo hindu anterior à época em que Sukhothai foi capital do reino.
– Na zona oeste/sul os templos estão em colinas, o que significa algumas subidinhas 😉
– Sukhothai significa “Amanhecer da Felicidade”
– somando todos os setores o parque conta com 70 km quadrados.
PicMonkey Collage7
IMG_9086
PicMonkey Collage9
IMG_9149
IMG_9163

Planejando a Viagem para a Tailândia

Planejamento ViagemVeja todos nossos posts da TAILÂNDIA


Planejamento ViagemBusque e reserve seu hotel em: BANGKOK | SUKHOTHAI | CHIANG MAI | PHUKET | KRABI | PHI PHI | RAILAY | AO NANG
Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Planejamento Viagem Lembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que, qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Canal YouTube Turomaquia
fotos: turomaquia_2014 e Luciana Malheiros

12 Comentários

  1. Bóia

    Oi, Pat. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

    responder
    • Patricia de Camargo

      Obaaaa Nat 🙂 Brigaduuuuu

      responder
  2. Carmen

    ¡Desde luego que si amaneces allí, ya tienes la felicidad asegurada para todo el día! Es un lugar mágico, para el disfrute de todos los sentidos!!!
    Las fotos son una gozada. Parabéns!

    responder
  3. Lu Malheiros

    Pat, querida, lindo post!!! Saudade enorme de ti e dessa viagem!
    cuide-se bem bjs

    responder
  4. Rafael

    Boa noite
    Parabéns pelo post.
    Duvida: é possível fazer boa parte e um dia de bicicleta?
    Estou pensando em passar o dia e a noite ir para Bangkok de onibus.
    Obrigado

    responder
    • Patricia de Camargo

      Rafael, esta parte do parque histórico dá sim para fazer em um dia de bici, mas vá preparado para o calor: protetor, repelente, boné, agua e lanchinho 🙂
      Um abraço

      responder
  5. nivea

    Qual o meio de transporte que vc usou pra chegar á Sukhotai? Estou pensando em ir de avião, mas estou achando salgado o preço. Queria saber se de trem ou carro não seria perrengue. Grata

    responder
  6. Marta Redondo

    Boa tarde 🙂 não dá para entender muito bem no mapa uma questão, a zona rosa é o que está demarcado com o solo . Os monumentos que surgem com outra cor não estão incluídos?
    As fotografias que aqui pública são de todas as zonas ou só visitou a zona rosa ?
    Vale a pena visitar todas as zonas , tendo em conta que há templos em toda a parte pela tailandia:)?

    Obrigada antecipadamente

    responder
    • Patricia de Camargo

      Marta,
      as fotos são referentes à parte rosa. No dia seguinte fomos a um outro recinto, que está bem longe (https://turomaquia.com/parque-historico-de-si-satchanalai-o-que-fazer-em-sukhothai/). Hoje eu teria voltado ao Parque de Sukhothai e visitado as zonas exteriores (em branco!). E sim, vale a pena visitar as duas partes, Sukhothai é muuuito impressionante. Dormiria no mínimo 2 noites por lá.
      Um abraço

      responder
  7. Cinthia

    Pat, fomos para Tailândia e suas dicas foram ótimas! Adoramos os posts e seus vídeos! A Tailândia é linda mesmo!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Cinthia, que delícia de feedback!!!!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Pessoas, pessoas, pessoas ... mesmo num mundo polarizado, são os encontros que marcam nossa existência, enfim que nos fazem felizes. Hoje graças a minha amiga Leidinara do @curitidoce conheci a Kitsten do @travelandabroad que me fez essa foto, que revela como eu sou em dias em que os encontros deixam minha alma leve, leve ... Brigaduuuu Kitsten e Lola 🥰

#fotografamadrid #madri #museoreinasofia #photoshoot #hapiness
  • Olha a quantidade de pássaros no lago do  Parque del Retiro 😱

O clima está meio maluco. Choveu, fez sol, frio, nem tanto, tá parecendo Curitiba 😂

#parquedelretiromadrid #madridlovers❤️ #roteiromadri
  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes

Follow Me!