Guias de Viagem e Arte

 
 
jan 27 2011

As boas surpresas da Fitur 2011

Um convite a um mundo de sonhos. Um convite a guardar um segredo. Cruzei a entrada daquele stand branco repleto de travesseiros. Travesseiros com imagens de céu, de bosques, de mar. Afinal viajar é cumprir o sonho de estar frente a frente com aquela praia de água azul-esverdeada, de ser abraçado pelo frio mar do Pacífico, de sentir na língua aquele chocolate belga perfeito se derretendo.

Fitur 2011

Neste clima de sensações, Galícia me oferecia seus mais recônditos segredos, e ao mesmo tempo pedia que eu mantivesse a boca fechada. Tem coisa mais gostosa do que ter a impressão que um lugar que você vai é único, é só teu!

Fitur 2011

O stand tinha lá seus problemas de acabamento, mas o conceito surpreendia. Totalmente diferente do ano anterior, em que tudo girava em torno ao Xacobeo, ao Ano Santo.

Nem tão longe, outro mundo de fantasia. A fantasia de um homem de carne e osso: Cervantes. Era como se entrasse no mundo de sua criação universal, de seu Dom Quixote. Na entrada, um cartaz estilo “procurados de filme de faroeste”, anunciava: Buscam-se Quixotes, Dulcinéias e Sanchos. Um convite a realmente formar parte de tudo aquilo. De moinhos de vento que pareciam derreter-se; de nuvens em formatos de cabras. O stand era aconchegante,  talvez pela meia-luz, talvez porque dentro todos temos um louco genial, e a identificação era imediata.

Fitur 2011
Fitur 2011 Fitur 2011

A terceira surpresa veio da mão dos portugueses. A estrutura do stand era a mesma do ano anterior, mas a idéia deu um giro. Saíram os famosos como Cristiano Ronaldo, e entraram fotografias de bacalhau, de pastéis de belém. Só de relembrar me dá água na boca. Pisando na calçada que lembra Copacabana, desfruto do “Taste Portugal”. A cada duas horas a apresentação de um novo manjar. Só que não é o dar comida por dar. Presentes estão os donos dos vinhedos, que comentam seu produto, respondem perguntas. Como na degustação que participei dos vinhos verdes do Norte de Portugal.

Fitur 2011
Fitur 2011
Fitur 2011 Fitur 2011
Fitur 2011

Cada detalhe remete ao tema principal, e ao slogan: “O melhor peixe do mundo”. E como todo mundo está cansado de saber: “O diabo mora nos detalhes”. Precisa dizer mais?!

Fitur 2011

Posts relacionados:
Quero ver meu Brasil Brasilerio, não um estereótipo fake – Fitur 2011
E por onde vão os tiros no turismo mundial? – Reflexões sobre a Fitur 2011
Bilbao: a história de uma transformação

fotos: turomaquia_2011
Para ver os videos dos stands, clique no nome de cada destino: Portugal, Castilla-La Mancha e Galícia.

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

3 Comentários

  1. Anonymous

    Obrigado pelo carinho com que vocêescreve sobre Portugal.Boas viagensManuel Pacheco

    responder
  2. Luciana Bordallo Misura

    Muito legal esse estande da Galicia! Genial. E as comidas portuguesas…ai…amo! Como pode o Brasil que tem tantos talentos na publicidade e design ter um estande tao fraco? Nao da pra entender…

    responder
  3. Patricia de Camargo

    Manuel, foi um país que me cativou, e em termos d epromoção turística nos últimos anos estão trabalhando de uma forma inovadora, o que é difícil nesta tão competitiva "indústria"!Luciana, realmente é difícil de entender a falta de criatividade do setor público brasileiro!beijos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Pessoas, pessoas, pessoas ... mesmo num mundo polarizado, são os encontros que marcam nossa existência, enfim que nos fazem felizes. Hoje graças a minha amiga Leidinara do @curitidoce conheci a Kitsten do @travelandabroad que me fez essa foto, que revela como eu sou em dias em que os encontros deixam minha alma leve, leve ... Brigaduuuu Kitsten e Lola 🥰

#fotografamadrid #madri #museoreinasofia #photoshoot #hapiness
  • Olha a quantidade de pássaros no lago do  Parque del Retiro 😱

O clima está meio maluco. Choveu, fez sol, frio, nem tanto, tá parecendo Curitiba 😂

#parquedelretiromadrid #madridlovers❤️ #roteiromadri
  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes

Follow Me!