Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 30 2014

Bate e volta desde Córdoba – Medina Azahara, a capital luxuosa do Al-Andalus

Cordoba - España
O que é a Medina Azahara/Madinat al-Zahra?
Um dos maiores sítios arqueológicos da época medieval em Espanha e no mundo. Durante boa parte do século 10 foi a capital política e administrativa do Al-Andalus. Que era como os conquistadores islâmicos chamaram ao território da Península Ibérica conquistado no século 8.

A Madinat al-Zahra (seu nome em árabe) foi uma verdadeira cidade onde o califa vivia e administrava seu reino. Apenas por isso já seria um lugar fascinante, mas o tema não fica por aí. Neste lugar Abderramán III colocou todos seus esforços para que fosse um reflexo do nível cultural e tecnológico islâmico. Para alcançar tal feito trabalharam no lugar aproximadamente 10.000 pessoas. E foi necessário um esforço de 25 anos para terminá-la- Sua construção teria se iniciado em 936/940, mas depois da morte de idealizador, tudo começou a ir mal para seu filho que foi perdendo poder, e entre 1010 e 1013 a Medina já entra em decadência.

Como chegar?
Para quem estiver de carro, é muito simples é só pegar a estrada A-431, a entrada está no km 5,5. São apenas 8 quilômetros de carro.
Madinat al-Zahra - Cordoba
Nós não alugamos carro e fomos com o ônibus que realiza este traslado com uma frequência e horários que depende da época do ano.
De 01/04/2014 a 15/06/2014
De terça a sábado você tem 3 opções:
Pegar o ônibus às 10:15 em Córdoba, e depois retornar da Medina Azahara às 13:30 horas.
Pegar às 11:00 e retornar às 14:15 horas.
Pegar às 17:00 e retornar às 20:15 horas.

Nos domingos:
Pegar às 9:30 e retornar às 12:45 horas.
Pegar às 10:15 e retornar às 13:30 horas.
Pegar às 11:00 e retornar às 14:30 horas.

A partir de 16/06/2014, os horários mudam. De terça-feira a domingo, você pode:
Pegar às 10:15 e retornar às 13:30 horas.
Pegar às 11:00 e retornar às 14:15 horas.

Compre os tickets pelo site do Turismo de Córdoba ou nos Postos de Informação Turística espalhados pela cidade, um deles fica em frente do Alcázar. E lá vem a chatice, mesmo comprando por Internet, tem que imprimir o voucher e trocar pelos bilhetes nos mesmos postos. Por Internet dão um desconto de 5%, para reservar clique aqui ou aqui. Este posto de informação que fiz referência abre todos os dias das 09:00 às 14:00 e das 16:30 às 19:00 horas. Na dúvida, compre por lá mesmo. Se chegar de trem, na estação também tem um posto.

O bilhete de ida-e-volta custa 8,50€, e inclui além do traslado desde Córdoba, o ônibus (lanzadera) que te leva do museu ao sítio arqueológico. Se for de carro, terá que pagar este ônibus de enlace, o bilhete custa 2,10€ (ida e volta). Os carros particulares não podem realizar o trajeto museu – sítio arqueológico.

Para quem pega o ônibus em Córdoba, há 2 paradas. Nós pegamos na primeira, no Paseo de La Victoria, junto à Glorieta Hospital Cruz Roja. Bem próxima da Porta de Cairuán e quase na frente do Hotel AC Córdoba Palacio. A outra fica no mesmo Paseo, mas um pouco mais adiante, na frente do Mercado Victoria.
Medina Azahara - Cordoba

Como é a visita
Chegando de ônibus ou de carro, a primeira parada é o museu/centro de interpretação que oferece um estacionamento enorme. A entrada ao museu custa 1,50€ (gratuita para cidadãos da UE).
Córdoba
Medina Azahara - Cordoba
Antes de mais nada, assista ao video que conta a história de nascimento e derrocada da Medina; e depois passeie pelas instalações do museu, assim quando chegar ao sítio arqueológico tudo fará mais sentido. Veja os horários do ônibus lanzadera para não ficar no sol, e apenas se dirigir à parada uns 5 minutos antes da saída.
Captura de pantalla 2016-03-19 a las 14.26.34
A chegada ao sítio arqueológico te dará uma ideia do que foi aquele lugar, porque o ônibus te deixa na parte de cima, basicamente um mirante natural da cidade. Depois é só caminhar pelo complexo, mas não esqueça de pegar o folheto no museu, normalmente entregam junto com o bilhete do ônibus (lanzadera). Nele há um itinerário recomendado e este mapa do conjunto arqueológico Madinat al-Zahra (nome árabe). Se for no verão leve um boné, água e vá de roupa e calçado cômodo.
Madinat al-Zahra - Cordoba
Fiquei de queixo caído, e isso que não pude visitar a parte que dizem ser mais impressionante, o “Salón de Abd al-Rahman III” também conhecido como Salão Rico, que estava fechado para manutenção. Dizem que nele havia tanto ouro, prata e pedras preciosas que deslumbrava totalmente aos visitantes.
Medina Azahara - Cordoba
Captura de pantalla 2016-03-19 a las 14.26.53
No ônibus de retorno à Córdoba, só ficava pensando num dado, que apenas 11% de toda cidade foi excavada até agora; e desta pequena porcentagem o que visitamos é tão somente 5% \o/
Medina Azahara - Cordoba

Leia também, 10 coisas para fazer em Córdoba, ou porquê não tratar a cidade como um simples bate-e-volta

Veja todos nossos posts da ANDALUZIA

Busque e reserve outro hotel em Córdoba, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Lembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países europeus. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia.

fotos: turomaquia_2013
mapas: folheto e site oficial

Postado por Patricia de Camargo | Marcadores:

2 Comentários

  1. Fernanda Scafi

    Show! Eu fiz um bate-volta pra Córdoba num domingo e pena que de domingo quase nada funciona direito na Europa (transporte é bem menos frequente e horário de abertura de tudo é mais restrito!). Era o único dia que podia ir e não ia deixar de visitar a mesquita, né? Então acabei perdendo essa medina… Já queria visitar naquela época (2006) e olha que nem tinha informação na internet sobre lá. Aliás até hj é super difícil de achar informação – o post é de utilidade pública!!!

    responder
    • Patricia de Camargo

      Brigaduuu Fernanda!

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao
  • Depois de ver a história escancarada diante dos seus olhos em Berlim. De sentir as feridas n’ alma causadas por um muro que separou famílias, amigos, amores. Talvez você necessite de um pouco de barroco e rococó para voltar a ver o lado rosa da vida. Pra isso passa lá no www.turomaquia.com e veja o guia completo para conhecer o palácio de verão de Frederico, o Grande. Um bate e volta perfeito desde BERLIM 🤩

#alemanha #berlinlovers #berlim #sanssouci #barroco #roteiroberlim
  • Não é necessário fé para se emocionar em locais de peregrinação como Fátima. Somente faz falta ter dentro do corpo algo que se acordou chamar empatia.

Vc já visitou algum grande centro de peregrinação? Qual?

Hoje no blog publiquei um guia completo de Fátima, um dos maiores centro de peregrinação mariana do mundo 🌎 
Para ler, guardar ou imprimir 😉 visite o www.turomaquia.com ou clique no link da bio 👀

#santuariodefatima #fatimaportugal #turismoreligioso #3pastorinhos #portugallovers #roteirosturo
  • O Belvedere é um dos atrativos incluídos no Vienna Pass e foi minha primeira visita no dia que utilizei o passe.

Na verdade só visitei um dos edifícios, o Upper Belvedere, para viajar no mundo de Klimt. 
Tinha lido que não se podiam tirar fotos, agora está permitido desde que seja sem flash 😍

#vienalovers #belvedere #viennapass #klimt
  • Porque a vida é feita de detalhes 😘

#goult #provence #roteiroprovence #francelovers

Follow Me!