Guias de Viagem e Arte

 
 
jun 01 2011

Cueva Pintada: uma maneira divertida de entender a pré-história canária

Quem povou as Ilhas Canárias???
Quem respondeu – os espanhóis. Luz vermelha, errou! Os espanhóis conquistaram as ilhas. Tiveram que lutar 5 anos contra os aborígenes para anexá-las ao Reino de Castilha e Leão.

A pergunta que não quer calar, e de onde raios vieram estas pessoas? A lenda diz que chegaram voando desde o Norte de África, na forma de aves. Provavelmente vieram de lá mesmo, mas muito mais provável que chegassem de barco!
logo-cueva-pintada
O Museu e Parque Arqueológico Cueva Pintada, no norte da Ilha conta estas histórias e estórias . Se quer chamá-lo como os canários diga simplesmente Cueva Pintada. O lugar é muito  mais um parque arqueológico do que um museu. A caverna em si que dá nome ao lugar foi descoberta no século 19 quando um agricultor cuidava de suas bananeiras. Assim mesmo, sem querer! Apenas nos anos 1970 arrumaram a caverna para receber visitantes. Até então, basicamente entrava quem queria ou conhecia. O lance é que desarrumaram mais do que arrumaram , e ela ficou fechada por muito tempo. Quando resolveram que necessitavam realizar um trabalho sério para não perder aquele patrimônio, descobriram que não se tratava de uma caverna com uma pintura geométrica, mas de todo um povoado com mais de 70 casas! As casas estavam debaixo de quase 6 metros de terra.
Galdar - Gran Canaria

Com tanto descobrimento, o museu só abriu em 2006 e tem mais de 5.000m2. Para quem tá pensando, coisa arqueológica é um saco. Porfa, repite comigo: Pensamento nefasto abandona este corpo! O museu é bem divertido. Prá começo de conversa um video 3D, show de bola, que conta a lenda do início do povoamento canário e a dureza que foi a conquista! Um pequeno museu, e daí o video panorâmico com a evolução do lugar, e por fim, muita movimentação. Ninguém fica parado na frente de uma vitrine cheia de objetos que só Deus e o arqueológo sabem o que é! Você caminha por todo o sítio arqueológico e o guia vai te explicando o que eles comiam, como era sua casa, etc.

cueva-pintada1
videos-cueva-pintada
cueva-pintada-5

Além do que você terá acesso à Cueva Pintada em si. Outro momento mágico, lembre que foi pintada no século 12 por pessoas que ainda viviam como na Pré História! Genial! Quase no final, para que todo mundo saía de lá sabendo como eram realmente as casas, entramos em 4 casas construídas ao modo aborígene.  A visita dura de 1 hora a 1:15 minutos. Eles permitem realizá-la sem guia, mas custa o mesmo preço com guia e é muito mais interesante e produtivo. Oferecem visitas guiadas em espanhol, inglês, alemão e francês. A única coisa bem chata de todo este passeio, é que inexplicavelmente (na minha opinião) não dá para tirar foto de absolutamente NADA!!! Ok, realmente está provado: Não existe a perfeição!
cueva-pintada-7

Horários da Cueva:
De terça-feira a sábado, das 09:30 às 19:00 (só pode entrar até às 17:30)
No domingo, das 11:00 às 18:30 (só pode entrar até às 17:00)
Preço: 6€
Site: http://portal.grancanaria.com/portal/home.cueva

fotos: turomaquia_2011 y site oficial Cueva Pintada

6 Comentários

  1. Virginia Lucia

    Muito interessante mesmo o lugar e a história, Patrícia. Um dia, quem sabe, eu consiga conhecê-lo.

    responder
    • Patricia de Camargo

      Virginia, oxalá!!! Seria um prazer ter vc por aqui!
      beijos

      responder
  2. Isabel O., Portugal

    Olá P
    Eu realmente nunca tinha refletido bem no assunto mas interiorizei que as Canárias seriam desertas, como a Madeira ou os Açores…
    O museu pareceu-me bem interessante. A maior parte dos achados desta e de épocas mais antigas, está muitas vezes apresentado de forma anacrónica, face às teconologias atuais (viu – já estou a tentar escrever à Acordo Ortográfico, mas é difícil largar as consoantes mudas) que permitem fazer simulações e enquadramentos. Põem-nos umas “pedrinhas” à frente e pronto. Mesmo sendo desta área de saber confesso que já não me apetece muito ver os espaços do mesmo modo de quando era criança. Até porque a minha paixão é o século XIX…
    Bjnhos

    responder
    • Patricia de Camargo

      Isabel, ñ sabia que tua paixão era o 19. Então vc deve adorar o neoclassicismo?!!! Nem me fale neste acordo ortográfico, é um pesadelo!
      beijos

      responder
  3. Fernanda Becker

    Profe, confesso que nunca tinha visto seu site, mas adorei rever seus conceitos e experiencias por patrimonios…rsrs mas principalmente seu jeitinho de falar particular…ri demais, passando um filme na minha cabeca das aulas descontraidas e produtivas de patrimonio internacional… =) como ex: “Porfa, repite comigo: Pensamento nefasto abandona este corpo!” parece que vi vc falando isso..rsrs
    Parabens pelo trabalho Prof. e desejo a voce muito sucesso! Deus te abencoe imensamente… Saudades bjs Fer

    responder
    • Patricia de Camargo

      Fer, espero te ver + por aqui!!! Muito feliz em twer notícias tuas!
      beijos

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes
  • Fim da San Silvestre! Foto tirada por um amigo querido, Federico. Agora partindo para a casa da minha sogra e vc onde vai passar essa noite?

#sansilvestrelaspalmas #anonovo2020 #laspalmasdegrancanaria #running
  • Recomendo essa caminhada que começa no Castillo del Tostón e vai até a Playa del Esquinzo. Ida e volta são na verdade quase 14 km, mas é de nível 1. Fizemos uma parte caminhando pela praia 🏖 
#elcotillofuerteventura #fuerteventuraexperience #fuerteventurabeach #beachlife🌴

Follow Me!