Guias de Viagem e Arte

 
 
jun 02 2011

Misturando chorizo, camarão e tâmara – Los Paraguitas

O que você me diria de um prato onde se mistura: chorizo, camarão e tâmara? Vamos somar a isso que todos os ingredientes são servidos quase a milanesa. Melhor dito, no estilo da fritura de um tempura japonês. E mais: colocados num palitinho?!!!
Galdar - Gran Canaria
Este prato existe. São os famosos “pinchitos sierra y mar” de um restaurante que está na mesma cidade do Museu da Cueva Pintada – Gáldar. É simplesmente m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!
Mistura inusitada que agrada, e mais do que isso apaixona! Sei lá, quando você morde a tâmara quentinha e depois dá uma mordida no camarão o mundo parece um lugar tão gostoso 😉
Galdar - Gran Canaria

Eles tem outra especialidade, que eu também adoro: batatas fritas com berbigão e limão. Também se pode pedir o prato que é hiper ultra canário, las papas arrugadas. Na foto das papas, você vê um refrigerante da África do Sul que o Tom é loucão – Appletiser. É de maçã verde, peça com gelo e limão!
Galdar - Gran Canaria Galdar - Gran Canaria
Endereço: Calle El Moral, 13 – Galdar – Gran Canaria
Tel.: 928-551077
Especialidade: Pinchitos sierra y mar – 8€ a porção

Veja todos nossos posts de Gran Canaria

Busque e reserve seu hotel em Gran Canaria, clicando aqui. Assim você conseguirá ótimos preços e poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!).

Nem pense em viajar sem seguro, a gente facilita as coisas te oferecendo um desconto de 15% \o/ Clique aqui, e para ganhar o desconto neste mês de dezembro/2015, coloque o código: FESTAS2015 . Para ver os descontos em outros meses, clique aqui.

Posts relacionados:
Cueva Pintada – uma maneira divertida de entender a pré história canária
Pozo Izquierdo – a meca do windsurf
Passeio em Gran Canaria – a volta à ilha

Quer ficar sabendo quando saem os próximos posts?
Então curta nossa página no Facebook, clicando aqui.
Siga a gente no Google+
Siga o nosso Twitter @turomaquia.
Veja nossas fotos no Instagram – Turomaquia
Veja nosso dia dia nas Canárias e as viagens em tempo real no Snapchat – Turomaquia. .

fotos: turomaquia_2011

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O que é isso? Uma estação de trem basiquinha 😂😂 Qual foi a estação de trem mais bonita que você já conheceu?

#atocha #trem #madrilovers #tremEspanha
  • O entardecer da janela do nosso quarto de hotel. Como alguém abandona esse lugar? 
Mas amanhã não tem jeito, porque uma cidade monumental nos espera no sul 🙆🏼‍♀️ #madridview #madrilovers #hotelview #hotelesdeensueño #madri
  • Pelas ruas de Madri 💁🏽‍♀️ #street_photography #madrilovers #madrid🇪🇸 #espana🇪🇸
  • Desfrutando de uma visão 360 graus de Madri, onde? No nosso hotel. Para descobri-lo, clique no link da bio 💁🏽‍♀️ #viewmadrid #madrilovers #espanha🇪🇸 #hotelcomvistas
  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad

Follow Me!