Guias de Viagem e Arte

 
 
out 23 2009

Mônaco: a Costa Azul mais exclusiva

21 de maioAgora é quando estou me acostumando com a vida na Europa e com os albergues. Acordei cedo, tomei o café da manhã sentada ao sol. Em uma mesa com duas canadenses e um sueco.

Sai, peguei o ônibus 15 que parou na frente da Gare, e depois o trem para Mônaco. Faltavam apenas 10 minutos para o trem partir quando cheguei à estação. É rapidinho até Mônaco, uns 20 minutos, passando por praias e túneis. A Estação de Mônaco é bem pequena, somente duas plataformas. Uma em direção à Nice e outra a Vintimilla.

Sai da estação e subi uma rampa. Dei na praça onde ocorre a troca da guarda. Meu Deus, que visão! Mônaco é maravilhosa! Todos aqueles predinhos encravados nas colinas, em tons de terra, vermelho e bege. Aqueles iates branquinhos atracados. E para minha surpresa o circo da Fórmula 1 estava montado. No próximo domingo é a corrida. Comprei camisetas e adesivos oficiais para todos os homens da minha vida. Desci para ver o percurso do GP, até eu que não gosto muito de Formula 1, fiquei arrepiada ao percorrê-lo. Estou escrevendo sentada na arquibancada R de frente para a baia. Antes de sentar, passei por uma piscina ao lado do mar. Quase todas as mulheres sem a parte de cima do biquini, em pleno centro de Mônaco!

MônacoMônaco

Os selos daqui são tão bonitos, o que eu coloquei nos meus postais tem a cara da Grace Kelly. Aproveitei e mandei logo 8 cartões postais, a 5FF cada um. Subi em direção ao cassino, passei pelo Hermitage, e depois desci beirando o Mediterrâneo. No caminho passei por uma praça muito chique com o chão todo de mármore. A água do mar é muito limpa e de uma cor deslumbrante. Mônaco, realmente, é uma graça!

Hotel Hermitage, MônacoMônaco, Formula 1CÔte D´Azur, Mônaco

Passei novamente pelos pontos da Fórmula 1 e voltei à estação decidida a conhecer um pouco de Cannes. No caminho, o trem passou por várias praias, entre elas: Biot, Antibes, Juan Les Pins. Constatação, 80% das mulheres adotam o topless!

Cannes

Chegamos em Cannes, a estação super cheia. Vejo fotos sendo vendidas de atrizes e atores, claro estava acontecendo o Festival de Cinema. Fui até o Palais des Festivals et des Congrès. É bonito, gigantesco. Dei uma volta pela beira-mar, a praia em si não é tão bonita quanto às outras, mas é um agito só! Pessoas fazendo todo tipo de apresentação artística, cartazes dos filmes concorrentes, e gente, gente e + gente.

Voltei ao Palais e fiquei junto à passarela por onde entram os artistas. No lugar onde estavam os fotógrafos com aqueles máquinas gigantescas. Vi um artista americano e outros franceses. Uma delícia quando os artistas estão chegando, música, aquele tapete (mais para o magenta do que para o vermelho), mil guarda-costas, telefones celulares. Foi uma experiência diferente!

Nice

Peguei o trem de volta à Nice, aproveitei para passear pelas belíssimas fontes da Place Masséna. Outra vez no ônibus 15 voltei ao albergue, cansada e feliz. Amanhã: Toulouse – 6 horas de trem …

Este dia foi espetacular, Mônaco inteira é um mirante. E você, se tivesse que escolher o mirante mais espetacular que já esteve, qual seria?

Informação prática:
Em Cannes, um passeio bem interessante é conhecer um pouco das Ilhas de Lérins. As duas mais importantes são: Sainte-Marguerite e Saint-Honorat. Na primeira você pode: caminhar por um roteiro botânico, visitar uma abadia do século IV ou quem sabe o local onde esteve preso o famoso homem da máscara de ferro. Ele esteve aqui por 10 anos, mas até hoje não se sabe sua identidade e a razão de sua prisão. Lembra do filme com o Leonardo Di Caprio?

Ilha de Sainte-Marguerite
Ilha de Sainte-Marguerite
Ilha de Saint-Honorat, Cannes
Ilha de Saint-Honorat

A empresa Trans Côte D´Azur te leva até esta ilha, e também a Mônaco por mar, em 1 hora e 15 minutos. O traslado de ida e volta a Sainte-Marguerite custa 11€, e o passeio até Mônaco, 44€ (ambos ida e volta).

Para saber mais, visite: Cannes Travel

Destaque post:
Mônaco
Cannes

fotos ilhas: http://www.cannes.travel/
fotos: archivo_turomaquia_1995

9 Comentários

  1. SÍLVIA OLIVEIRA

    Espetacular??? Hummm, xá ver… Não sei se é espetacular… mas o mirante do castelo São Jorge, em Lisboa é lindo (de lá se vê toda a cidade, o rio Tejo…).

    responder
  2. Patricia de Camargo

    Legal, estou indo para Lisboa dia 27 de dezembro, e vou conferir!Beijos

    responder
  3. Paula*

    Para mim é o Cristo Redentor no Rio de Janeiro! Acho lindo D+ a vista de lá (cidade + natureza). Mas, fora do Brasil ( e para não ser bairrista) no quesito natureza – Cabo da Roca em Portugal, quesito cidade – Arco do Triunfo em Paris.PS: Confesso que fiqeui doida pra conhecer Mônaco depois desse post! 😉

    responder
  4. Patricia de Camargo

    Paula, no Rio mais do que o Cristo, eu prefiro a vista do Pão de Açucar. Meu marido é espanhol, quando estivemos lá, ficou fascinado, estivemos três horas admirando a cidade deste ponto.Já anotei a dica do Cabo da ROca, estou indo passar o Ano Novo em Portugal, e parece que tem uma caminhada de Sintra ao Cabo da Roca!Beijos

    responder
  5. Luisa

    Mirante espetacular? Vc faz perguntas muito dificeis! 🙂 Acho que o mirante que mais me marcou foi a janela do meu quarto no hotel em Moscou: a Praça Vermelha inteira só pra mim e com a Igreja de Sao Basilio em primeiro plano!Em Portugal, o meu mirante preferido é a do shopping center Forum de Coimbra. Adorava ficar ali curtindo a cidade ao longe enquanto tomava um café.Mas quando o assunto é mirante, nao tem jeito, o primeiro que me vem em mente é a Torre da Telepar em Curitiba! Adoro!

    responder
  6. Viniart

    kkk Ta loco em Patrícia você só vai pra lugares "feios" rsrsrsrs.Essa baia de Mônaco é de cair o queixo.Que coisa linda essa Saint-Marguerite !Se tiver um cannes dos blogs tu estaria lá com certeza no tapete vermelho ! kkkkkAbração !

    responder
  7. Patricia de Camargo

    Luisa, eu também adoro o da Telepar, e vocês estão me deixando mais animada com a viagem a Portugal, porque já tenho 3 mirantes citados em terras lusas! Tudo anotadinho!Vini,muito obrigada pelo teu carinho, ganhei o dia!Beijos aos dois

    responder
  8. Carla

    Patrícia,adoro essa sua viagem-mochilão antiga…fico imaginando você escrevendo num caderninho na arquibancada…Beijos,CarlaZ

    responder
  9. Patricia de Camargo

    Que legal Carla que você está gostando. O diário de viagem me ajudou muitas vezes a sobrelevar esta solidão inerente de certos momentos, neste tipo de viagem!Beijos

    responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • O que é isso? Uma estação de trem basiquinha 😂😂 Qual foi a estação de trem mais bonita que você já conheceu?

#atocha #trem #madrilovers #tremEspanha
  • O entardecer da janela do nosso quarto de hotel. Como alguém abandona esse lugar? 
Mas amanhã não tem jeito, porque uma cidade monumental nos espera no sul 🙆🏼‍♀️ #madridview #madrilovers #hotelview #hotelesdeensueño #madri
  • Pelas ruas de Madri 💁🏽‍♀️ #street_photography #madrilovers #madrid🇪🇸 #espana🇪🇸
  • Desfrutando de uma visão 360 graus de Madri, onde? No nosso hotel. Para descobri-lo, clique no link da bio 💁🏽‍♀️ #viewmadrid #madrilovers #espanha🇪🇸 #hotelcomvistas
  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad

Follow Me!