Guias de Viagem e Arte

 
 
maio 29 2017

Roteiro Tóquio – Ginza: o bairro do luxo

Começamos mais um Roteiro Tóquio, você já viu o primeiro? Para acessá-lo, é só clicar em: Roteiro Tóquio – Asakusa e Sumida.

Se tivesse que definir Ginza em uma palavra seria: luxo. O bairro que recebeu o primeiro poste de iluminação elétrica da cidade abriga as grandes marcas como Louis Vuitton, Chanel ou Prada. Mas nem pense que é daqueles lugares de nariz arrebitado. Nada mais longe disso, porque na frente da Yves Saint Laurent você vai encontrar a loja por autonomasia do fast shop japonês, uma Uniqlo gigantesca de 12 andares \o/
Roteiro Tóquio - Ginza

Roteiro Tóquio | Passo a passo em Ginza | Leilão de atuns

Se você estiver com jet lag, pode aproveitar para ir ao leilão de atuns no Mercado Tsukiji. Para conseguir contemplá-lo, deve chegar por volta das 2:00 e pegar uma senha, para integrar um dos dois grupos de 60 pessoas/dia que podem observar a diário o leilão.

Pegue a senha no Centro de Informação que fica no primeiro andar, perto da entrada junto a Ponte Kachidori na Rua Harumidori. Mas é uma baita espera porque os leilões acontecem entre às 5:30 e às 6:30 horas.

Outra opção é chegar por volta das 7 da manhã para ver o ambiente e começar o dia com um peixe ou fruto do mar fresco 😉

Ao redor do mercado, uma loucura de bares, restaurantes e lojas relacionadas com o comércio de peixe e frutos do mar.

Algumas recomendações junto ao Mercado Tsukiji

– para provar os bolinhos japoneses de arroz em forma triangular com recheio de salmão frito e outras coisinhas mais, algumas que eu realmente não sei de que se tratam 😉 – vá ao Onigiri-ya Marutoyo. É um posto que só vende estes bolinhos que são feitos de forma artesanal.

Para conhecer mais sobre este bolinho, leia este post: 10 fatos sobre os onigiris.

– para comer ramen com frutos de mar num local com mais de 70 anos de tradição: Yajima.

Depois passe no santuário xintoísta que é o guardião do mercado – Namiyoke Inari Jinja (Shrine). O nome do santuário singnifica “protetor das ondas”.

Fique de olho no site do Tsukiji antes de viajar, porque o mercado está para mudar de lugar: http://tsukiji.or.jp/english/index.html

Roteiro Tóquio | Passo a passo em Ginza | a parte mais antiga do bairro

Do templo xintoísta do mercado ao Templo budista Tsukiji-Hongwanji. Com o exterior semelhante aos templos da Antiga Índia. O lugar fica aberto de abril a setembro das 6:00 às 17:30 e de outubro a março das 6:00 às 17:00 horas.
Site oficial: www.tsukijihongwanji.jp/eng/

Depois ao menos passe na frente do único teatro do mundo especializado em Kabuki . Que conta mais de 125 anos de idade, o Kabukiza.
Para ver a programação: www.kabuki-bito.jp/eng/

Roteiro Tóquio | Passo a passo em Ginza | Almoçar o tonkatsu

Em Ginza você verá muitos restaurantes mais carinhos. Mas no Ginza Bairin você pode provar o tradicional tonkatsu, que é a costeleta de porco empanada e frita. E sabe o melhor? No Ginza Bairin esta delícia tem um preço ótimo!

Eu pedi o tonkatsu, que vem acompanhado da sopa misho, gorran (o arroz branco japonês) com gergelim negro, umas verduras e uma espécie de macarrão ao sugo. Quando a gente chega já começam a servir um chazinho forte (que eu adorei) e não vão deixar teu copo vazio até o final da refeição. Eles falam bem pouco inglês, mas são amáveis e oferecem um menu em inglês. Na vitrine da entrada do restaurante, você pode ver os pratos de plástico e entender o que leva cada um deles.

Gastei 1000 ienes, por volta de 8,50€. Um ponto de referência para encontrá-lo é a Salvatore Ferragamo na avenida principal de Ginza. O restaurante fica na rua perpendicular a esta loja.
Roteiro Tóquio - Ginza
Roteiro Tóquio - Ginza
Roteiro Tóquio - Ginza

Roteiro Tóquio | Passo a passo em Ginza | Lojas lindas demais

Vale a pena passear pelas lojas, tem tanta coisa diferente, que mesmo sem comprar nada, você se diverte. Para ver as últimas novidades da Sony, vá ao prédio lindo branco, que parece um tecido trançado e que fica na avenida principal.
Roteiro Tóquio - Ginza
Não deixaria de visitar a Itoya. Uma papelaria enorme, com uns preços um pouco mais puxadinhos. Mas para você ter uma ideia, tem um andar exclusivo para cartões para datas especiais e postais. Isso mesmo, um andar inteiro!
End.: Ginza, 2 Chome | De segunda a sábado das 10:00 às 20:00 horas (café até 22:00 horas). Domingos e feriados das 10:00 às 19:00 horas (café até 21:00 horas).
Site: http://www.ito-ya.co.jp
Itoya Ginza - Tóquio

Para babar com tanta coisa legal, vá até o Shiseido Ginza Building e aproveite para fazer alguns tratamentos. Para tomar um café ou comer uma bela sobremesa, passe na Shiseido Parlour.
Shiseido Ginza
Shiseido Ginza
Claro que não dá para deixar de ir até a Uniqlo enorme, que também se encontra na rua principal.
End.: Japão, 104-0061 Tokyo, Ginza, 6 Chome | Abre todos os dias das 11:00 às 21:00 horas.
Dica Turomaquia: se você gastar 5.000 ienes, eles não vão te cobrar os 8% de imposto. Este imposto é adicionado na hora do pagamento.
Roteiro Tóquio - Ginza

Leve uns pãezinhos “imperiais” para o hotel, para isso vá até a Padaria Kimuraya. Os pães mais famosos tem recheio de doce de feijão. E lhes chamei de imperiais, porque é dessa padaria que saem os pães para a família imperial.

“A Primeira padaria foi inaugurada, em 1869. A padaria foi montada por Yasubei Kimura, um antigo samurai. Sua padaria se localiza em Tokyo e tem o nome de Buneidou (Hoje se chama: Kimura-ya)

O primeiro pão japonês genuíno, foi feito por Kimura, com nome de Anpan. Feito com fermento sakedane (de arroz) – que dá um aroma especial ao pão – e recheado com anko (pasta de feijão azuki, muito usada na confeitaria tradicional)”. Retirado do post: http://skdesu.com/um-pouco-das-padarias-e-paes-do-japao/, vale a pena entrar no blog e ler o post completo que fala dos pães mais famosos do Japão

A principal rua comercial, a Chuo Dori, tem seu trânsito fechado no domingo. Uma delícia, porque todas as lojas abrem.

Roteiro Tóquio | O Vlog de Ginza

Roteiro Tóquio | O Mapa para levar para sua viagem

Roteiro Tóquio - o mapa
Clique aqui, para aceder ao mapa completo.

Posts Tóquio

Roteiro Tóquio – Asakusa e Sumida
O que ver em Tóquio – Templo de Sensoji
Dica de Hotel em Tóquio – Richmond

Veja todos nossos posts do JAPÃO, clicando aqui!

Busque e reserve seu hotel em:
Tóquio| Kyoto. Assim você conseguirá ótimos preços, poderá cancelar sem taxas sua reserva (excepto em alguns casos quando se tratam de promoções!) e ainda ajudará a manter atualizado este blog. Obrigada

Lembre que o seguro de viagem é obrigatório para entrar na maioria dos países. Fora que qualquer problema lá fora pode te custar uma fortuna! A gente facilita as coisas, nosso parceiro Real Seguros, orça teu pedido em diferentes seguradoras e encontra a melhor prá você, seja por critério preço ou cobertura, para acessar clique aqui.

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Depois de ver a série sobre Chernobyl na HBO, decidi comprar o livro da bielorussa e ganhadora do Nobel da Literatura, Svetlana Alexiévich. 🌟Madre mía, que livro. Para quem assistiu a mini série, a história do bombeiro e sua esposa é uma das que aparece nesse conjunto de entrevistas que pouco a pouco conformam diante de nossos olhos a história das pessoas invisíveis e muitas delas “desaparecidas” graças ao acidente de Chernobyl.

Essas vozes vão desenhando o que verdadeiramente aconteceu naquele 26 de abril de 1986 e nos meses subsequentes. E no fundo, vamos compreendendo como se forjou o caráter soviético resignado de entregar à própria vida ao Estado.

Entramos na vida de pessoas que de crianças sofreram com o Cerco a Leningrado (atual São Petersburgo) e que por ironia do destino hoje vivem na enorme área afetada pelo desastre. ➡️ Mas que vivem, sobrevivem vendo crianças que sucumbem aos mais diversos tipos de câncer, mulheres e homens que não podem ter filhos e um desalento que lhes leva a viver de glórias  e tempos passados. Porque além do desastre, das casas que deixaram, dos seres amados que perderam, também viram como seu mundo inteiro desabava com a quebra do bloco soviético.

A escrita de Svetlana é brilhante e como o outro livro que comentei “Pátria”, devia ser outra leitura obrigatória no Ensino Médio. Daqueles livros que fazem com que saímos da zona de conforto do nosso próprio umbigo, porque nos revela um sofrimento que dificilmente quaisquer de nós poderia suportar. Uma zona do mundo onde reina a desesperança. (Link da edição em português na bio)

#chernobyl #svetlanaalexievich #turolivros #oqueler  #vozesdetchernobil #desafioumlivropormês #books📚
  • Nem só do mosteiro vive Alcobaça. Dá uma olhada nas primeiras fotos 🤪 Preparei um guia completo para você desfrutar muito da cidade e do seu Patrimônio Mundial da Humanidade. Link na bio 👈🏽 #alcobaca #portugalovers #foodlovers #ondecomeremportugal #centrodeportugal #restauranteportugal #patrimoniomundialdelahumanidad
  • A Grécia 🇬🇷 nos faz felizes 💙 Qual lugar enche tua alma de felicidade, carrega tuas pilhas?

#greecelovers #grecia #creta #happymoment #travel_captures
  • Coisas que só a Grécia faz por você! Não é só o por do sol claro 🤪 É ver no mesmo dia sítios arqueológicos, praias de águas cristalinas com tumbas romanas, cidades históricas e restaurantes de beira de estrada incríveis. E terminar a jornada com este panorama 💙🧡 Tudo isso é mais você pode ver no post sobre nossas 24 horas de carro em Creta. O link está na bio 👀

Você conhece Creta? Qual é teu lugar favorito dessa ilha?

#creta #rethymnon #greecelovers❤️🇬🇷 #roteirodecarro #grecia
  • Diz se essa avenida não é linda!? Fica na entrada de Telde, que é uma cidade do lado da minha e é também onde se encontra o aeroporto da ilha. 
#grancanarialovers #telde #canaryislands🌴 #beautifulstreet
  • Uma das igrejas mais surpreendentes que eu já visitei ☀️ olha a foto do exterior para entender um pouco a minha surpresa! 🌎 Tem roteiro com mapa no Turomaquia.com para vc curtir a cidade que abriga está belezura. Aliás, esse é um dos bate e volta clássicos desde Milão. ❓Qual foi a igreja que vc visitou que mais te surpreendeu?

#barroco #roteiroitalia #italialovers #bergamo #milao

Follow Me!