Guias de Viagem e Arte

 
 
dez 18 2009

Mochilão Europa chega em Paris

30 de maio
“Estou em Bruxelas. Acordei às 7:00, o café começa a ser servido às 7:30, troquei de blusa, a pretinha estava fedendo. O café é muito gostoso: 2 tipos de pães, margarina, geléia, 2 queijos cremosos e um chocolate dos deuses!

Paguei pelo quarto, a recepção é uma graça, com uma boutique muito fofa. Já deixei reservada duas noites para quando retorne na sexta-feira.

Sai para a estação, e agora achei o caminho com a maior facilidade. Como ainda tinha tempo, fui até o aeroporto e confirmei minha passagem. No trem a caminho do aeroporto encontrei um casal de Curitiba, que mora na Sete de Setembro em frente ao Supermercado Real, umas seis quadras da minha casa!

Na volta consegui pegar o trem para Paris às 09:45. Quase perdi, cheguei na estação às 09:42, ufa! Passamos por bonitas paisagens até chegar em Paris Nord, desci, fiz o câmbio e paguei um roubo de comissão: 25 francos.

Comprei um carnet do metrô = 41 FF, neste carnet vem 10 bilhetes, é mais vantajoso porque cada bilhete simples custa 7FF, e serve para tudo, não só metrô (funicular, metrô, RER, ônibus).

De início me bati um pouco, mas consegui chegar na Cidade Universitária, que tem uma bela entrada. Achei o metrô de Madri mais bonito, limpo e fácil de usar do que o de Paris. Bem, retornando aonde estava, me dirigi à Maison Internacional para perguntar como chegava na Maison du Brésil, quando perguntei, o rapaz me respondeu: “Você é brasileira”. Bem, era o João, que está fazendo doutorado e me levou gentilmente até a Maison. Peguei a chave do quarto com a Celeste, que é uma senhora portuguesa que administra o edifício. Subi, deixei as coisas e fui até o Museu D´Orsay, este museu é BÁRBARO!

Como tinha carteira de estudante paguei 24 FF. Ao entrar é difícil saber para onde olhar, porque o prédio em si já é uma obra de arte. Nele antigamente funcionava uma estação de trem. Vi Monet, Manet, Canova, Carpeaux, Van Gogh, Degas, Renoir, Toulouse-Lautrec, etc… O que mais me surpreendeu: Degas e Monet e claro: Toulouse-Lautrec e Van Gogh.


Le Toilette – Toulouse Lautrec
 

O quadro “O quarto de Van Gogh” tem umas cores super claras. Tinha que pedir licença para chegar perto desta obra. Sabe que eu nem gostava tanto assim do artista, mas a experiência de ver suas obras ao vivo e a cores mudou totalmente minha opinião.

O quarto de Arles, de Van Gogh

Fiquei emocionada ao ver “Le Dejeneur sur le Herbre”, de Manet e dois quadros gigantescos de Lautrec. Comprei um guia do museu e alguns slides, quer dizer, 60 slides.


“O almoço na relva” – “Le Dejeneur sur le Herbre” , de Manet.

Sai do museu porque ia fechar (risos) e fui andando pela Quai d´Orsay até a Tour Eiffel, que é surpreendente: 320, 75 metros. É muito maior do que eu pensava. Paguei 55FF e subi até o último andar. Até o segundo nível a subida é pelas “pernas” da torre, depois até o terceiro nível por um elevador comum no centro.

Primeiro vi Paris do 2º. nível, aquela cidade enorme esparramada na minha frente, aquele solzinho que dizia adeus. No 3º. nível fotos indicam o que temos diante de nossos olhos, e bandeiras marcam a distância da torre a outras cidades do mundo. Aí estava aí a distância até o Rio de Janeiro e a bandeira brasileira. Me entusiasmei, e tirei muitas fotos, o legal é que pude identificar várias coisas que tinha visto pelo caminho. Depois de um tempo admirando Paris do alto de uma torre que pesa menos que o cilindro imaginário de ar que a envolve?! desci e caminhei até o Trocadero, que fica em frente à torre. Deste lugar se tem uma bela vista de “corpo inteiro” da senhora Eiffel.


Desde o 2° nível


Desde o 3° nível

Dali voltei para a Cité Universitaire. Quando cheguei a Lúcia estava na sala do computador. Conheci o Raul (mexicano), o Zeca, a Carmen, a Ana e o Sérgio. Fizemos uma bela macarronada conjunta, e ficou combinado que amanhã o Zeca ia me mostrar Paris!”

 

Qual é teu quadro ou museu favorito?

Informação prática:
Para chegar em Paris, outras alternativas
Em certas Viagens para Paris o melhor é chegar voando, principalmente se a viagem de trem levar horas e horas, e você não tiver comprado o bilhete com antecedência. Desde a chegada das low-cost, é possível conseguir Voos baratos para Europa e desde Europa, já existem companhias que voam desde o velho continente até os Estados Unidos com esta mesma filosofia.

Com estas companhias, os Voos para Paris desde Madrid podem ser encontrados a 15 eurinhos ou R$ 37,50, e em duas horas vamos do flamenco ao pain au chocolat!

Museu D`Orsay
Acesso

Horários
De terça a domingo, das 09:30 às 18:00 horas, exceto quinta-feira que fecha às 21:45
horas.

Tarifa
9,50€
Para entradas a partir das 16:15, tarifa de 7€. Excepto na quinta-feira, quando a redução se aplica a partir das 18:00 horas.
Entradas combinadas:
Museu D`Orsay + Orangerie = 13€
Museu D`Orsay + Museu Rodin = 14€

Audioguia: 5€ (Idiomas: francês, inglês, espanhol, italiano, alemão, holandês, russo,
japonês e chinês).

Site: http://www.musee-orsay.fr
Fotos: archivo_turomaquia_1995
Mapa acesso Museu D`Orsay: http://www.musee-orsay.fr

2 Comentários

  1. Lee

    amei teu blog, elegante e bonito.

    responder
    • Patricia de Camargo

      brigaduu Lee 🙂

      responder

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Você está participando do #lendoarte2020? Se está, tenho uma baita novidade, a criação de um guia de leitura. Como o livro do Will Gompertz não traz muitas imagens, vou colocar nesse guia, as imagens das obras citadas e material extra para quem tiver a fim de saber mais sobre o tema tratado a cada capítulo. ⁣
⁣
O post está no www.turomaquia.com (coloque o link na bio) e nele pouco a pouco vão aparecer todos os capítulos. Hoje já pode consultar o material do capítulo1, mas até o final da semana, nesse mesmo link terão à disposição as imagens dos capítulos 2 e 3. Curtiu a ideia? Tem alguma sugestão de outras coisas que gostaria de ver nesse "Guia de Leitura do Isso é Arte"?⁣
⁣
Post: http://bit.ly/isso-e-arte⁣
⁣
#issoearte #willgompertz #historiadaarte #lendoarte #duchamp #elsa #afonte #artemoderna #arteconceitual
  • Me comportei muito bem, olha só o que os Reis trouxeram do Oriente 😜😜😜 #presentesdenatal #livrodemoda #livrodearte #maximhuerta #klimt #pullandbear #itcosmetics
  • O primeiro mangá da Editora Pipoca & Nanquim lançado em 2018. O personagem nos leva pelas salas do Louvre acompanhado por uma de suas divas. É uma edição linda e de grande formato. ⁣
⁣
O que eu achei mais legal foi que o autor fala de alguns artistas que não são aqueles mais buscados pelos turistas. É claro que Da Vinci aparece, mas também um pouco conhecido pelo grande público, Daubigny.⁣
⁣
O livro não se restringe ao Museu do Louvre, o personagem viaja a uma cidade próxima à Paris para se encontrar com outro grande artista ;)⁣
⁣
É uma leitura rápida. Daqueles livros para deixar na mesa da sala e rever os desenhos, bem como para  proporcionar às nossas visitas algo muito mais lindo e interessante do que uma revista de fofocas ;) #desafio1livropormês #livrosdearte #turolivros #mangaartist #louvremuseum #jirotaniguchi #pipocaenanquimeditora
  • Uma alegoria do sonho americano através da saga de uma família imigrante, os Levov. O personagem principal que parece ser e ter tudo, vê pouco a pouco como sua vida desmorona, ou melhor, a visão da perfeição que ele tinha de si mesmo e de todos aqueles que o rodeavam.⁣
⁣
Uma novela que fala sobre nossa humana debilidade em sempre tentar encontrar motivos, razões pelas quais coisas ruins, estranhas, sem sentido, acontecem em nossas vidas. E portanto, também é uma ode (de certa forma) à perda da inocência. ⁣
⁣
Philip Roth ganhou o Prêmio Pulitzer por essa novela  em 1998.⁣
⁣
Li o e-book e curti muito até os 70%, depois achei meio arrastado. Mas ninguém pode dizer que o final não é surpreendente.⁣
⁣
"Viver é entender as pessoas errado, entendê-las errado, errado e errado, para depois, reconsiderando tudo cuidadosamente, entender mais uma vez as pessoas errado. É assim que sabemos que continuamos vivos: estando errados. Talvez a melhor coisa fosse esquecer se estamos certos ou errados a respeitos das pessoas e simplesmente ir vivendo do jeito que der. Mas se você é capaz de fazer isso ... bem, boa sorte".⁣
⁣
"Ele aprendera a pior lição que a vida pode ensinar - que ela não faz sentido. E quando isso acontece, a felicidade nunca mais é espontânea. É artificial e, mesmo então, obtida ao preço de um tenaz alheamento de si mesmo e da própria história".⁣
⁣
"Quem é que está preparado para a tragédia e para o absurdo do sofrimento? Ninguém. A tragédia do homem despreparado para a tragédia - esta é a tragédia do homem comum".⁣
⁣
"O que o estava deixando espantado era como as pessoas pareciam correr para longe de si mesmas, correr para longe da matéria mesma, qualquer que fosse ela, que fizera dessas pessoas aquilo que eram e, assim drenadas de si mesmas, elas se transformavam no tipo de gente de quem, em outros tempos, elas mesmas teriam sentido pena". ▶️ Para comprar ou saber mais, clique no link da bio.

#booklover #philiproth #apastoralamericana #desafioumlivropormes
  • Fim da San Silvestre! Foto tirada por um amigo querido, Federico. Agora partindo para a casa da minha sogra e vc onde vai passar essa noite?

#sansilvestrelaspalmas #anonovo2020 #laspalmasdegrancanaria #running
  • Recomendo essa caminhada que começa no Castillo del Tostón e vai até a Playa del Esquinzo. Ida e volta são na verdade quase 14 km, mas é de nível 1. Fizemos uma parte caminhando pela praia 🏖 
#elcotillofuerteventura #fuerteventuraexperience #fuerteventurabeach #beachlife🌴

Follow Me!