Guias de Viagem e Arte

 
 
out 31 2017

Patinir – o pai da paisagem

Quem foi Patinir?

Planejamento ViagemQuem já ouviu falar de Joachim Patinir? Ele nasceu em por volta de 1480, no que seria atualmente o sudeste da Bélgica. Atualmente, é quase desconhecido do grande público, mas em seu tempo foi famoso. A história do seu êxito é inversamente proporcional ao que conhecemos de sua trajetória e vida pessoal.

É verdade que não se sabe ao certo onde nasceu, mas foi em Amberes que se filiou a um grêmio e onde alcançou sua fama. Naqueles tempos, Amberes era o lugar de abrigo de 50.000 almas. Um dos principais centros comerciais da Europa e também um dos principais mercados de arte. Exportava obras de arte para cidades como Espanha, França, Itália, Inglaterra, Escandinávia e Alemanha.

Patinir era conhecido por todos como pintor de paisagens e hoje como o pai deste gênero pictórico. Até então, este não era considerado um gênero. Era algo que se pintava no fundo das telas e sem muita importância. Mas com a chegada dos ideiais humanistas de apreciar o mundo, sua natureza, seus detalhes, estes fundos começaram a ganhar protagonismo. Nas telas de Patinir, a paisagem ganha em importância. Mas não apenas nas suas telas, outros pintores também começaram a explorar mais as paisagens. Então, por que Patinir é conhecido como o pai da dita cuja?

Porque foi um especialista. E pelo fato de viver em Amberes, sua pintura foi mais influente que as dos demais pintores.

Análise de obra de Patinir: “Paisagem com São Jerônimo”

Ele desenvolveu uma série de regras para colocar as formas e as cores nos seus quadros, ou seja, uma fórmula de composição. Quer saber como era? Enquanto observa este quadro, escute as regras e veja sua aplicação nesta pintura – “Paisagem com São Jerônimo”* (1516/1517), que mede 74 x 91 cm e se encontra no Museu do Prado, em Madrid/Espanha.
Patinir

Meus livros de arte

Madri - Guia do Prado
Guia Louvre
Guia de Museu | Guia Galeria degli Uffizi

Veja todos nossos posts de ARTE, clicando aqui.

Imagem: Museu do Prado
Icons made by Freepik from http://www.flaticon.com

* Em português, vi as duas grafias – Jerônimo e Gerônimo.

Siga o Turomaquia no Instagram

Instagram

  • Já viu o novo vídeo da Provence no YouTube - Patricia de Camargo? Estou chocada porque perguntei nos Stories quem tinha assistido o filme do Russell Crowe, “Um Bom Ano” e me senti muito velha 😂😂😂 70% não tinha assistido. E por que perguntei? Porque no novo vídeo aparecem cenários deste filme 😉

#provence #gordes #lugaresdecine #francelovers #russellcrowe
  • Vem “sextar” comigo junto à um dos cenários do filme do Russell 😉 “Um Bom Ano”. Onde? 👉🏽 No YouTube - Patricia de Camargo 😎

#provence #gordes #umbomano #cidadedecinema #francelovers
  • Uma das vistas possíveis de um atrativo mais amado por fora que por dentro, o Padrão dos Descobrimentos em #Lisboa 👉🏽 A entrada custa 6€. 💁🏽‍♀️ Combina com visita ao Mosteiro dos Jerônimo + Torre de Belém + lanche nos Pastéis de Belém e dependendo do horário, caminhada até o #Maat para ver o pôr do sol.

#roteirolisboa #lisboalovers #bairrobelem #padraodosdescobrimentos
  • “Traduzir uma pintura em uma fotografia era um desafio que queria alcançar. Queria respeitar a imagem e a sensação que produzem os mestres, mas necessitava dar uma volta conceitual que pudesse criar uma nova capa visual na imagem original”. 👀 Para saber mais sobre o fotógrafo Freddy Fabris que saltou à fama internacional com uma série de fotografias que ele intitulou: “Renaissance” veja o último post do www.turomaquia.com

#artecontemporanea #artistacontemporaneo #fotografiaartistica #freddyfabrisphotography
  • Por sol neste momento desde o escritório Turomaquia 🙏🏽 #sunset #sunsetlover #laspalmasdegc #grancanarialovers
  • Caminhando sobre uma reserva gigantesca de ocre no novo vídeo da road trip pela #Provence (Clique na bio ou visite o YouTube - Patricia de Camargo). Esta viagem foi genial e é difícil falar gostei mais disso ou daquilo, mas confesso que este dia foi muito especial 😉

#roadtripprovence #roussillon #sentierdesocres

Follow Me!